Noticias do Jornal do campo Soberano
Boa leitura!
“Se você deseja se manter atualizado sobre as últimas notícias do agronegócio brasileiro, não pode deixar de acompanhar o Canal Rural Mato Grosso. Somos uma fonte confiável de informações e estamos sempre em busca das principais novidades do setor para trazer em primeira mão para você.

Neste artigo, vamos abordar um tema muito relevante: o estado de Mato Grosso e sua posição de destaque no cenário nacional quando se trata do número de bovinos. Através de dados confirmados pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (INDEA), podemos constatar que o estado vem liderando o ranking pelo sexto ano consecutivo. Com um rebanho de 34,3 milhões de animais, Mato Grosso detém aproximadamente 14,08% do rebanho bovino nacional.

No ano de 2022, o crescimento no estado foi de 4,66%, um número expressivo que evidencia a importância do agronegócio para a economia local. Além disso, destacam-se os municípios de Cáceres, Vila Bela da Santíssima Trindade, Juara, Juína e Alta Floresta, que lideram o ranking de cidades com maior número de animais. Juntos, eles possuem 5,1 milhões de cabeças de gado. E não podemos deixar de mencionar os municípios de Colniza, Cáceres, Juína, Nova Bandeirantes e Alta Floresta, que possuem a maior quantidade de propriedades rurais dedicadas à pecuária.

Um fato importante a ser destacado é a última etapa da vacinação contra febre aftosa, realizada em novembro de 2022. Nessa ocasião, foram vacinados 33,5 milhões de bovinos e bubalinos em todo o estado, com exceção da Zona Franca de Febre Aftosa sem Vacinação. O controle rigoroso da saúde animal em Mato Grosso permitiu que o estado recebesse autorização do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) para suspender a vacinação contra a febre aftosa. Isso demonstra o comprometimento e cuidado do estado com a saúde dos animais e a qualidade dos produtos pecuários.

Patrocinadores

É importante ressaltar que Mato Grosso continua trabalhando para obter a certificação de livre de febre aftosa sem vacinação. Essa certificação é um objetivo de grande importância para o estado, pois traz vantagens competitivas e abre portas para a exportação de carne bovina, impulsionando ainda mais o agronegócio e a economia local.

Para ficar por dentro de todas as novidades do agronegócio em Mato Grosso e no Brasil, acompanhe o Canal Rural Mato Grosso. Não perca a oportunidade de receber em primeira mão as principais notícias do setor e se manter informado sobre todas as tendências e avanços no agronegócio brasileiro.

Conclusão:
Mato Grosso se destaca como um dos principais estados do país quando se trata do número de bovinos. Com um crescimento constante e estratégias eficientes de controle sanitário, o estado está no caminho para se tornar livre de febre aftosa sem vacinação. A pecuária desempenha um papel fundamental na economia mato-grossense e é responsável por impulsionar o agronegócio local.

Perguntas com respostas:
1. Qual é o estado brasileiro com o maior número de bovinos?
– Mato Grosso.

Patrocinadores

2. Quais são os municípios mato-grossenses com maior número de animais?
– Cáceres, Vila Bela da Santíssima Trindade, Juara, Juína e Alta Floresta.

3. Qual foi o crescimento do rebanho bovino em Mato Grosso em 2022?
– 4,66%.

4. Mato Grosso já recebeu autorização para suspender a vacinação contra febre aftosa?
– Sim, o estado recebeu autorização do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) para suspender a vacinação.

5. Qual é o objetivo de Mato Grosso em relação à febre aftosa?
– O estado busca obter a certificação de livre de febre aftosa sem vacinação.

Patrocinadores

Acompanhe o Canal Rural Mato Grosso para obter essas e outras informações relevantes sobre o agronegócio brasileiro. Não perca a oportunidade de se manter atualizado e se tornar um especialista no setor.”

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo
Gostou das nossas dicas? Possui alguma outra que gostaria de compartilhar com a gente?
Escreva para nós nos comentários!

Verifique a Fonte Aqui

Mato Grosso venceu recorde pelo sexto ano consecutivo e continue liderança entre os estados com maior número de bovinos. Os dados são confirmados pela pesquisa do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (indiano). Atualmente, o rebanho conta com 34,3 milhões de animais.

Em 2022 o crescimento no estado foi de 4,66%. Comparando com o panorama geral do país, Mato Grosso detém 14,08% do rebanho bovino nacional.

Patrocinadores
Foto: Tchélo Figueire | Se com

Cáceres, Vila Bela da Santíssima Trindade, Juara, Juína e Alta Floresta lideram o ranking de municípios mato-grossenses com maior número de animais. Juntos, eles possuem 5,1 milhões de cabeças de gado. Colniza, Cáceres, Juína, Nova Bandeirantes e Alta Floresta são os municípios com maior número de propriedades rurais dedicadas à pecuária.

Última etapa da vacina contra febre aftosa

Em novembro de 2022 33,5 milhões de bovinos e bubalinos foram vacinados contra a febre aftosa em Mato Grosso. Nesta fase, era obrigatória a vacinação de bovinos e bubalinos de todas as idades, nos estabelecimentos rurais de todas as regiões do Estado, exceto na Zona Franca de Febre Aftosa sem Vacinação.

Este ano, o estado não precisará vacinar o rebanho contra a febre aftosa. Como resultado do rigoroso controle da saúde animal, o Estado recebeu autorização do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) suspender a vacinação. E continua a tomar medidas para receber a certificação como livre sem vacinação.

Patrocinadores

Editado por: Ana Moura, de Cuiabá (MT)

Clique aquientre na nossa comunidade de WhatsApp no ​​Canal Rural Mato Grosso e receba novidades em tempo real

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here