cuidados basicos 3(retenção de placenta ).

Bovinocultura Bovinos doenças bovinas
RETENÇÃO DA PLACENTA
 
Normalmente, as secundinas (placenta e anexos) são expulsas dentro de 12 horas após o parto do vitelo. Caso contrário, pode-se constatar que uma parte das membranas está pendurada da vulva, de modo que se produz uma secreção de mau cheiro. No início, possivelmente a vaca tem a aparência de estar bem mas, após alguns dias, comerá menos e a sua produção leiteira declinará. Ainda não se conhece a causa da retenção da placenta. As infecções e também a alimentação desempenham um papel na sua ocorrência.
Para reduzir a sua incidência, evitar que as vacas fiquem demasiadamente gordas no período do parto. Ter muito cuidado com as intervenções durante o parto. Uma ordenha ou o aleitamento pelo vitelo mesmo depois do parto também tem efeitos positivos. Para além disso, pode ser útil aplicar vacinações contra doenças como seja a brucelose. Não remover a placenta à força. Pode-se inserir no útero um comprido especial com antibióticos para o tratamento de infecções.
FERIDAS
Sempre podem ocorrer acidentes. Para além do próprio tratamento da ferida, é muito importante verificar qual é a causa e, depois, eliminá-la.
O edifício, o equipamento, os cercados, outros animais, predadores e parasitas, podem todos constituir a causa de se produzirem feridas. A higiene e a proteção contra às moscas constituem os fatores mais importantes no tratamento de feridas. O equipamento, o vestuário, as mãos e os estábulos devem estar limpos. Devem-se aparar os pêlos ao redor da ferida e remover qualquer sujidade. Lavar com um desinfetante ligeiro e tentar parar a hemorragia. Aplicar tintura de iodo, azul de metileno ou spray para feridas. Se o problema for grave, deve-se recorrer à assistência dum especialista.
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *