Pular para o conteúdo

Compensa fazer adubação de pastagem em qualquer tipo de solo?

Produto Foto1 9212006 Compensa Fazer Adubação De Pastagem Em Qualquer Tipo De Solo?

Engenheiro agrônomo ponderou que embora os solos brasileiros respondam à adubação de pastagem, os tipos de fertilizantes usados variam conforme regiões e cultivares

No Giro do Boi desta quarta, 05, o agrônomo Samuel Bortolin, gerente de produtos da Mosaic Fertilizantes, falou sobre avanços na adubação de pastagem no Brasil. Segundo informou Bortolin, dentro da própria companhia a linha de pastagem é a que mais cresce em percentual, o que indica uma mudança de perfil do setor.

“Atualmente o Brasil consome em torno de 800 mil toneladas de fertilizantes especificamente para pastagem. Se a gente considerar um número total de vendas […] entre todas as culturas, ainda é muito baixo. […] Mas o percentual de crescimento está mudando”, confirmou.

De acordo com o especialista, a mudança ocorre também para pecuaristas de pequeno e médio porte. “Eles viram que o ativo mais caro que eles têm realmente é o solo. E esse solo precisa ser fertilizado para entregar a nutrição para as plantas, que depois vai entregar para os animais”, relacionou.

ADUBAÇÃO DE PASTAGEM SEMPRE COMPENSA?

Tecnologia No Agro Compensa Fazer Adubação De Pastagem Em Qualquer Tipo De Solo?

Em sua entrevista ao Giro do Boi, o agrônomo respondeu uma dúvida enviada por José Meire, de Presidente Prudente-SP. O telespectador perguntou se vale a pena fazer adubação de pastagem em qualquer tipo de solo.

Conforme esclareceu Bortolin, estudos realizados pela Mosaic Fertilizantes comprovaram que todos os solos brasileiros respondem de alguma forma à adubação de pastagem. “Atualmente não existe uma área no Brasil que não tenha resposta de fertilizante em pastagem. Todas têm respostas positivas”, constatou.

No entanto, o que muda é o tipo de fertilizante usado para este fim. “Você realmente precisa fazer uma análise de solo para poder entender qual o fertilizante correto para aplicar naquela área. Não é o mesmo fertilizante para todas as áreas, mesmo pensando que é tudo em pastagem”, ponderou.

Em seguida, o especialista lembrou das diferenças de temperatura, solos, climas e cultivares usadas no país de dimensões continentais. Nesse sentido, Bortolin orientou que o pecuarista consulte um profissional, como um engenheiro agrônomo ou zootecnista, para que indique a melhor adubação de pastagem.

PERFIL DO SOLO BRASILEIRO

Thumb Compensa Fazer Adubação De Pastagem Em Qualquer Tipo De Solo?
Compensa fazer adubação de pastagem em qualquer tipo de solo? 4

Em suma, o agrônomo ressaltou quais as necessidades gerais dos solos brasileiros na adubação de pastagem.

“O Brasil, de forma geral, tem solos ácidos.

E os solos ácidos precisam ser corrigidos também com calcário para elevar o pH para deixar aqueles nutrientes mais disponíveis para a planta. Então é uma sequência. Análise de solo, calcário para elevar o pH”, indicou.

Além disso, Bortolin recomendou que, se possível, o pecuarista use gesso agrícola para criar o perfil de solo. “Ou seja, para as raízes crescerem mais”, justificou.

Em conclusão, o especialista lembrou que a adubação de pastagem deve estar aliada ao manejo do pasto. “A boa nutrição do solo, que vai nutrir a planta, é um dos pontos que vai levar a isso (aumento de desfrute). A outra é o manejo. Por isso é que se trata de uma jornada. Não é somente o fertilizante. É um fertilizante dentro de um contexto”, salientou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.