Pular para o conteúdo

Sal Mineral e Pasto tem Lucro Certo em tempos de crise

Sal Mineral E Pasto Tem Lucro Certo Em Tempos De Crise
Sal Mineral - Pode Ser Usado O Ano Inteiro
Sal mineral – Pode Ser Usado o Ano Inteiro

Sal Mineral e Pasto tem Lucro Certo em tempos de crise

Interação entre pasto e suplementação mineral determina desempenho dos bovinos nas fazendas

Suplementar adequadamente os animais garante lucratividade para a atividade pecuária

Para falar em suplementação, supõe-se que a base da dieta do gado a ser suplementado seja o capim.

Em condições de pastagem tropical, o gado tem dificuldade em obter todos os nutrientes essenciais das plantas forrageiras para um bom desempenho produtivo e reprodutivo.

Isso se deve ao fato de vários fatores modificarem a qualidade e quantidade desse alimento, sendo a fertilidade do solo e o clima da região em questão, a época do ano e o manejo adotado na forrageira.

A falta de pastagem continua sendo a maior dificuldade na produção pecuária, seja por erros de manejo ou por fatores derivados da natureza sazonal da forragem.

Se não houver matéria seca de capim para os animais se alimentarem, os resultados da suplementação ficam comprometidos.

“A solução para esse problema, ao contrário do que muitos produtores pensam, não será a suplementação para o consumo de até 0,5% do peso vivo do animal, por exemplo.

As opções ficam restritas ao conceito de forragem complementar para bovinos criados a pasto, como silagem, bagaço de cana e cana moída in natura com uréia pecuária”, explica Letícia de Souza Santos, Gerente Técnica da Minerthal.

A suplementação bovina é uma prática com resultados mais do que consolidados na produção animal.

Consiste em fornecer nutrientes através de uma mistura de ingredientes, com o objetivo principal de complementar o atendimento de suas necessidades diárias, visando melhor desempenho zootécnico e manutenção da saúde.

A forma de iniciar a suplementação é entender a necessidade do animal e o déficit de nutrientes presente no pasto.

Sal Mineral e Pasto tem Lucro Certo em tempos de crise

Sal Mineral E Pasto Tem Lucro Certo Em Tempos De Crise
Sal Mineral e Pasto tem Lucro Certo em tempos de crise

“A suplementação é importante porque fornece nutrientes essenciais para o correto desenvolvimento das funções vitais dos animais, tendo relação direta com a saúde, auxiliando na prevenção de doenças, deficiências e melhorando a imunidade do rebanho”, diz Letícia.

Além disso, a suplementação da dieta do gado ajuda a facilitar o manejo do gado e melhorar o desempenho reprodutivo da bezerra e aumentar o ganho de peso durante a engorda, segundo o Gerente Técnico da Minerthal.

“Para alcançar esse ótimo resultado, alcançando altas taxas de ganho de peso no crescimento e engorda, é necessário fornecer suplementação adequada aos animais.

Isso também reduz as mudanças comportamentais que eles podem apresentar, facilitando o gerenciamento.”

Fatores para determinar a suplementação

Complementar adequadamente, gerando retorno econômico positivo para os produtores, depende, inicialmente, do conhecimento da interação entre as necessidades dos animais nas diferentes fases do ciclo, a raça, o sexo do animal e a meta de desempenho. com a fertilidade do solo.

composição, disponibilidade e manejo de pastagens.

Essa interação permite determinar quais nutrientes estão limitando o aproveitamento máximo das pastagens, considerando a meta de produtividade proposta e, portanto, estimando a ingestão de nutrientes exigida pelo animal.

Sal Mineral E Pasto Tem Lucro Certo Em Tempos De Crise
Sal Mineral e Pasto tem Lucro Certo em tempos de crise

Isso significa que a maior ingestão de nutrientes nem sempre impacta em melhores rendimentos, uma vez que essa maior ingestão pode não ser do nutriente que está limitando a produção.

“Para escolher qualquer estratégia de suplementação a ser utilizada com animais em pastejo é necessário um bom planejamento, entendendo os benefícios, o capital investido e o tempo de recuperação.

Além disso, a estrutura societária deve ser adequada e os funcionários treinados para as rotinas que serão implantadas”, finaliza Letícia.

Fonte: Comunicação Atual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.