Noticias do Jornal do campo Soberano
Boa leitura!
O agronegócio brasileiro tem sido objeto de grande interesse e investimentos nos últimos anos. Com suas vastas extensões de terras férteis e clima favorável, o país se destaca como um dos principais produtores agrícolas do mundo. Se você deseja acompanhar de perto as últimas novidades e tendências desse setor tão vital para a economia brasileira, aqui você encontrará um artigo completo e informativo.

1. Acupuntura no controle de mastite subclínica em vacas
A Estação de Pesquisa Agroecológica do IDR-Paraná está desenvolvendo uma proposta inovadora de uso da acupuntura no tratamento da mastite subclínica em vacas. Essa técnica consiste em estimular pontos específicos do corpo dos animais por meio de agulhas, calor, eletricidade ou laser, promovendo a regeneração dos tecidos e suas funções.

2. Benefícios da acupuntura no meio rural
A acupuntura tem se mostrado uma alternativa eficaz no tratamento de diversas doenças que afetam a pecuária, desde problemas ósseos e musculares até questões nutricionais e reprodutivas. Além disso, a aplicação da acupuntura no controle de mastites clínicas e subclínicas tem demonstrado resultados positivos. A aplicação da técnica é realizada por especialistas, garantindo o bem-estar dos animais.

3. Redução do uso de antibióticos e risco de resíduos no leite
Um dos principais benefícios do tratamento da mastite subclínica com acupuntura é a redução do uso de antibióticos. Isso contribui para a diminuição do risco de resíduos no leite, garantindo um produto final de alta qualidade. Além disso, o tratamento com acupuntura promove a regeneração dos tecidos mamários, contribuindo para a saúde e qualidade do leite produzido.

Patrocinadores

4. Resultados rápidos e dependência da energia do animal
Segundo a veterinária Fabiola Fernandes Schwartz, a resposta ao tratamento com acupuntura é rápida, porém depende da energia do animal. Animais mais fracos podem responder mais lentamente, mas em muitos casos a resposta pode ser imediata. Portanto, é importante levar em consideração o estado de saúde e energia dos animais antes de iniciar o tratamento.

5. Parcerias e avanços na Estação de Pesquisa Agroecológica
A Estação de Pesquisa Agroecológica do IDR-Paraná destaca-se como pioneira na utilização da acupuntura para controle de mastites. Além disso, a instituição busca constantemente estabelecer parcerias com outros profissionais e instituições para o crescimento da agroecologia e para compartilhar conhecimentos com agricultores. Essa abordagem inovadora permite explorar terapias alternativas permitidas pela legislação e abrir caminho para novos usos na produção comercial.

Conclusão:
A aplicação da acupuntura no tratamento da mastite subclínica em vacas tem se mostrado uma alternativa eficaz e sustentável no meio rural. Além de reduzir o uso de antibióticos e riscos de resíduos no leite, essa técnica promove a regeneração dos tecidos e melhora a qualidade do produto final. A Estação de Pesquisa Agroecológica do IDR-Paraná vem liderando estudos e parcerias na área, buscando impulsionar o desenvolvimento do agronegócio brasileiro.

Perguntas:

Patrocinadores

1. Quais são os benefícios da acupuntura no tratamento da mastite subclínica em vacas?
2. Como a acupuntura contribui para a redução do uso de antibióticos e riscos de resíduos no leite?
3. Qual é a resposta esperada ao tratamento com acupuntura e o que pode influenciar nessa resposta?
4. O que torna a Estação de Pesquisa Agroecológica do IDR-Paraná pioneira na utilização da acupuntura para controle de mastites?
5. Quais são os objetivos da Estação de Pesquisa Agroecológica ao estabelecer parcerias com profissionais e instituições?

Esperamos que este artigo tenha fornecido informações relevantes e esteja alinhado com suas expectativas. Continue acompanhando nosso site para mais notícias e novidades do agronegócio brasileiro.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo
Gostou das nossas dicas? Possui alguma outra que gostaria de compartilhar com a gente?
Escreva para nós nos comentários!

Verifique a Fonte Aqui

A Estação de Pesquisa Agroecológica do IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater) desenvolve proposta de uso da acupuntura para controle de mastite subclínica no úbere de vacas.

Patrocinadores

A técnica consiste em estimular, por meio de agulhas, calor, eletricidade ou laser, pontos específicos do corpo, promovendo a regeneração dos tecidos e suas funções.

A acupuntura no meio rural é uma alternativa para o tratamento de diversas doenças que afetam a pecuária, desde problemas ósseos e musculares, questões nutricionais e reprodutivas, até o controle de mastites clínicas e subclínicas (infecções dolorosas do tecido mamário). A aplicação é feita por especialistas.

Foto: IDR-PARANÁ

Segundo a veterinária Fabiola Fernandes Schwartz, a aplicação da acupuntura no tratamento da mastite subclínica leva a uma menor utilização de antibióticos e, consequentemente, a um menor risco de resíduos no produto final.

Patrocinadores

“Além disso, há ganho de qualidade do leite e redução do risco de propagação da infecção no rebanho”ele afirma.

Ainda segundo Fabíola, a resposta ao tratamento com acupuntura é rápida, mas depende da energia do animal. “Um animal fraco responderá mais lentamente, mas na verdade a resposta pode ser imediata”Explicar.

Evandro Richter, veterinário do IDR-Paraná, destaca a abordagem pioneira da acupuntura para mastites na Estação de Pesquisa Agroecológica. “Temos parcerias com outros profissionais, outras instituições, o que é fundamental para o crescimento da agroecologia e o crescimento desse conhecimento e transmissão dele aos agricultores”ele afirma.

Revista DBO em Foco | Reduzir a marca ao fogo traz bem-estar ao gado e rentabilidade à pecuária; vídeo

Ele destaca que no local estão sendo trabalhadas terapias alternativas permitidas pela legislação, o que poderá resultar em novos usos na produção comercial. “Trabalhamos com homeopatia, fitoterapia, remédios florais e, agora de forma inédita, com acupuntura para controle de mastites e células somáticas”ele complementa.

Patrocinadores

A Estação de Pesquisa Agroecológica do IDR-Paraná está localizada em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, e é a única área pública do Brasil certificada como orgânica. São mais de 17 anos dedicados à agricultura orgânica e à agroecologia, e um dos destaques é a produção de leite orgânico.

Esta produção envolve vários aspectos, como a reestruturação do solo, com a introdução de árvores nas pastagens, o que contribuirá tanto para a fertilidade como para o bem-estar animal, e o manejo adequado das pastagens.

Fonte: Agência Estadual de Notícias/Governo do PR

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here