Como Garantir o Desenvolvimento Saudável dos Perus na Fase Iniciador

A fase iniciador, que vai do nascimento aos 33 dias de vida, é crucial para o desenvolvimento saudável dos perus. Nesta fase, o controle ambiental é fundamental para garantir o conforto e o bem-estar das aves, influenciando diretamente no desempenho zootécnico, na saúde e na qualidade da carne. Em Maratal, no Rio Grande do Sul, o produtor Anderson Fuhr demonstra como a tecnologia garante o manejo ideal dos perus na fase iniciador. Através de um aviário climatizado de pressão negativa com painéis de controle, fornalha e exaustores, ele consegue manter a temperatura e a qualidade do ar ideais para as aves.

———————————————————————————————-

Temperatura e qualidade do ar

Manter uniformidade e qualidade da cama, temperatura e qualidade do ar são os principais desafios na criação de perus na fase iniciador. A solução ideal é um aviário climatizado de pressão negativa com painéis de controle, fornalha e exaustores.

A temperatura ideal varia de acordo com o sexo das aves:

Patrocinadores
  • Machos: necessitam de temperatura mais baixa que as fêmeas, especialmente na chegada ao aviário, podendo ser necessário o uso de campânolas de gás.
  • Fêmeas: a temperatura ideal deve ser ajustada de acordo com a fase de desenvolvimento.

A ventilação também é um fator importante e deve ser ajustada de acordo com a temperatura externa. Os diferentes tipos de ventilação utilizados na criação de perus na fase iniciador são: mínima, transição, túnel e nebulização.

Manejo preciso para desenvolvimento ideal

O controle ambiental é essencial para evitar estresse e garantir o máximo potencial genético das aves. O ciclo de produção de perus é dividido em duas fases: iniciador (até 33 dias) e terminador (mais de 100 dias).

A tecnologia permite o monitoramento constante da temperatura, qualidade do ar e outros fatores ambientais, possibilitando ajustes precisos na ambiência do aviário.

Benefícios do manejo adequado

O manejo adequado na fase iniciador proporciona diversos benefícios, como:

Patrocinadores
  • Melhor desempenho zootécnico: crescimento e desenvolvimento otimizados.
  • Saúde das aves: menor risco de doenças e mortalidade.
  • Qualidade da carne: produto final superior.

O investimento em tecnologia e manejo adequado na fase iniciador garante perus mais saudáveis, com melhor desempenho e carne de qualidade superior, beneficiando toda a cadeia produtiva.

————————————————————————————————–

Benefícios do Manejo Adequado na Fase Iniciador de Perus: Garantindo Saúde e Qualidade

O manejo adequado na fase iniciador de perus proporciona uma série de benefícios que vão além do bem-estar das aves. Com um controle ambiental preciso, é possível otimizar o desempenho zootécnico, garantir a saúde das aves e obter uma carne de qualidade superior. Além disso, o investimento em tecnologia nessa etapa do ciclo de produção resulta em aves mais saudáveis e produtos finais de excelência, beneficiando toda a cadeia produtiva. Portanto, a atenção e o cuidado com o ambiente desde os primeiros dias de vida dos perus são essenciais para alcançar resultados satisfatórios e sustentáveis.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

Perguntas frequentes sobre o manejo de perus na fase iniciador

1. Qual a importância do controle ambiental na fase iniciador dos perus?

O controle ambiental na fase iniciador dos perus é fundamental para garantir o conforto, bem-estar das aves e influenciar diretamente no desempenho zootécnico, na saúde e na qualidade da carne.

2. Como a tecnologia pode auxiliar no manejo ideal dos perus na fase iniciador?

A tecnologia, como aviários climatizados de pressão negativa com painéis de controle, fornalha e exaustores, pode ajudar a manter a temperatura e a qualidade do ar ideais para as aves, garantindo um ambiente adequado para o seu desenvolvimento.

3. Como deve ser a temperatura e a qualidade do ar para os perus na fase iniciador?

A temperatura ideal para os perus na fase iniciador varia de acordo com o sexo das aves. Os machos necessitam de temperatura mais baixa do que as fêmeas, especialmente na chegada ao aviário, podendo ser necessário o uso de campânolas de gás. Já as fêmeas devem ter a temperatura ajustada de acordo com a fase de desenvolvimento.

4. Qual a importância do manejo preciso para o desenvolvimento ideal dos perus na fase iniciador?

O manejo preciso do ambiente é essencial para evitar estresse e garantir o máximo potencial genético das aves. O controle constante da temperatura, qualidade do ar e outros fatores ambientais permite ajustes precisos na ambiência do aviário.

Patrocinadores

5. Quais os benefícios do manejo adequado na fase iniciador para os perus?

O manejo adequado na fase iniciador dos perus proporciona diversos benefícios, como melhor desempenho zootécnico, saúde das aves e qualidade da carne. Investir em tecnologia e manejo adequado nessa fase garante perus mais saudáveis e com melhor desempenho, beneficiando toda a cadeia produtiva.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

A fase iniciador, que vai do nascimento aos 33 dias de vida, é crucial para o desenvolvimento saudável dos perus. Nesta fase, o controle ambiental é fundamental para garantir o conforto e o bem-estar das aves, influenciando diretamente no desempenho zootécnico, na saúde e na qualidade da carne.

Em Maratal, no Rio Grande do Sul, o produtor Anderson Fuhr demonstra como a tecnologia garante o manejo ideal dos perus na fase iniciador.

Patrocinadores

Através de um aviário climatizado de pressão negativa com painéis de controle, fornalha e exaustores, ele consegue manter a temperatura e a qualidade do ar ideais para as aves.

Temperatura e qualidade do ar

Foto: Seara

Manter uniformidade e qualidade da cama, temperatura e qualidade do ar são os principais desafios na criação de perus na fase iniciador. A solução ideal é um aviário climatizado de pressão negativa com painéis de controle, fornalha e exaustores.

A temperatura ideal varia de acordo com o sexo das aves:

  • Machos: necessitam de temperatura mais baixa que as fêmeas, especialmente na chegada ao aviário, podendo ser necessário o uso de campânolas de gás.
  • Fêmeas: a temperatura ideal deve ser ajustada de acordo com a fase de desenvolvimento.

A ventilação também é um fator importante e deve ser ajustada de acordo com a temperatura externa. Os diferentes tipos de ventilação utilizados na criação de perus na fase iniciador são: mínima, transição, túnel e nebulização.

Patrocinadores

Manejo preciso para desenvolvimento ideal

O controle ambiental é essencial para evitar estresse e garantir o máximo potencial genético das aves. O ciclo de produção de perus é dividido em duas fases: iniciador (até 33 dias) e terminador (mais de 100 dias).

A tecnologia permite o monitoramento constante da temperatura, qualidade do ar e outros fatores ambientais, possibilitando ajustes precisos na ambiência do aviário.

Benefícios do manejo adequado

O manejo adequado na fase iniciador proporciona diversos benefícios, como:

  • Melhor desempenho zootécnico: crescimento e desenvolvimento otimizados.
  • Saúde das aves: menor risco de doenças e mortalidade.
  • Qualidade da carne: produto final superior.

O investimento em tecnologia e manejo adequado na fase iniciador garante perus mais saudáveis, com melhor desempenho e carne de qualidade superior, beneficiando toda a cadeia produtiva.

Patrocinadores

O Ligados & Integrados está na tela do Canal Rural de segunda a quinta-feira às 11h45 e sexta-feira às 11h30.

Gostou desse tema ou quer ver outro assunto relacionado à avicultura e suinocultura? Envie sua sugestão para [email protected] ou para o número de WhatsApp (11) 9 7571 3819. 

Siga o Ligados & Integrados no Google News para ficar por dentro de tudo que acontece na suinocultura e avicultura

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here