Descubra a emocionante Cavalgada ‘Mulheres ao Mar’ em São Miguel dos Milagres

Você já imaginou participar de uma cavalgada na beira do mar, em uma das praias mais lindas do mundo? No último dia 07, um grupo de mulheres se reuniu em São Miguel dos Milagres (AL) para viver essa experiência única. Conheça todos os detalhes da segunda edição da cavalgada ‘Mulheres ao mar’ com Mangalarga Marchador.

Uma experiência incrível na companhia de belas paisagens

Keila Chehoud, idealizadora do evento, compartilha sua paixão por cavalgadas e revela como surgiu a ideia de reunir amigas para desfrutar das belezas naturais e do cavalo Mangalarga Marchador. Descubra como foi a preparação e os momentos marcantes dessa aventura inesquecível.

Cavalgada Mulheres ao mar

Keila nos conta que a primeira edição da cavalgada ‘Mulheres ao mar’ aconteceu em janeiro de 2023. “Surgiu uma vontade grande em meu coração em trazer amigas apaixonadas por cavalgadas para que juntas pudéssemos curtir o melhor cavalo de sela do mundo que é o Mangalarga Marchador, apreciando a paisagem maravilhosa de tirar o fôlego, dando muita risada, confraternizando, reforçando os nossos laços de amizade entre as amigas. A primeira cavalgada no ano passado foi linda e este ano repetimos”.

Dia da cavalgada

No dia da cavalgada, a amazona comenta que logo de cara o cenário foi digno de um filme de Hollywood. No roteiro, as participantes que saíram da propriedade Raizeiro dos Milagres, passaram pela Praia do Marcineiro, seguindo a famosa Capela dos Milagres em torno de 5 km até a foz do Rio Camaragibe.

Patrocinadores

Ainda pela manhã, foi feita a travessia do rio que encontra o mar. “Essa foi a parte mais emocionante da cavalgada. Depois cavalgamos por mais 5 km até a Praia do Morro, onde fizemos nossa segunda parada. Seguimos por mais 5 km até a Praia de Carro Quebrado no Mirante, lá fizemos nossa terceira parada. E depois por mais 6 km até o Restaurante Boralá na beira mar na Praia de Barra de Santo Antônio”, relembra.

Participação de haras renomados

No total, 9 haras foram representados na cavalgada ‘Mulheres ao mar’, foram eles: Haras Serra do Maroto, Haras Paraíso, Haras Lucchese, Haras Jucá, Haras Mandacaru, Haras Nordeste, Haras Deodora, Criatório Cabeça Branca e o Haras Massala.

Keila ainda explica que foram colocados cavalos de pista, com animais campeões nacionais e detentores de grandes prêmios dentro da raça. “Foi uma cavalgada de alto nível, tanto na beleza durante o percurso, quanto com os animais que estiveram conosco”, finaliza.

Por: Heloísa Alves/Portal Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação/Júlio Oliveira

Patrocinadores

Veja mais notícias no portal Cavalus

Uma Experiência Única para as Amazonas

A cavalgada ‘Mulheres ao mar’ proporcionou uma experiência única para as 15 mulheres que participaram do evento. Além de desfrutar da beleza natural das praias de São Miguel dos Milagres, elas puderam fortalecer os laços de amizade, compartilhar momentos de diversão e compartilhar a paixão pelos cavalos da raça Mangalarga Marchador.

Foi um dia repleto de emoções, paisagens deslumbrantes e a companhia de cavalos de alto nível, tornando a segunda edição da cavalgada ainda mais especial.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

‘Mulheres ao mar’ em São Miguel dos Milagres: Cavalgada com Mangalarga Marchador

No último dia 07, um grupo de mulheres se reuniram para uma cavalgada na beira do mar em São Miguel dos Milagres (AL). Denominada de ‘Mulheres ao mar’ a segunda edição da cavalgada com Mangalarga Marchador contou com a participação de 15 mulheres, além de quatro cavaleiros para um suporte, caso necessário.

Keila Chehoud, idealizadora do evento, conta que sempre gostou de andar a cavalo. Ela, que é de Araçatuba, no interior de São Paulo, reside hoje no Nordeste, onde participou de algumas cavalgadas organizadas por Roberto Gueiros e Tereza Gueiros que tem uma propriedade na beira do mar na Praia de São Miguel dos Milagres, chamada Raizeiro dos Milagres.

“Um lugar paradisíaco e uma das praias mais lindas do mundo. Além das belezas naturais e um mar de encher os olhos, a água do mar é quente, não é gelada. É simplesmente perfeito”.

FAQs

1. Qual foi a inspiração para criar a cavalgada ‘Mulheres ao mar’?

A inspiração surgiu da paixão de Keila Chehoud por cavalgadas e do desejo de reunir amigas para desfrutar do Mangalarga Marchador em um cenário deslumbrante.

Patrocinadores

2. O que as participantes fizeram no dia anterior à cavalgada?

No dia anterior, as mulheres tiveram um dia de praia, aproveitando para confraternizar, conversar sobre cavalos e desfrutar da bela paisagem.

3. Quantos haras foram representados na cavalgada ‘Mulheres ao mar’?

No total, 9 haras foram representados na cavalgada, com cavalos de pista, animais campeões nacionais e detentores de grandes prêmios dentro da raça.

4. Qual foi o percurso da cavalgada ‘Mulheres ao mar’ em São Miguel dos Milagres?

As participantes saíram da propriedade Raizeiro dos Milagres, passaram por diversas praias e pontos turísticos, como a Capela dos Milagres e fizeram paradas estratégicas ao longo do percurso.

5. Como Keila descreve a experiência da segunda edição da cavalgada ‘Mulheres ao mar’?

Keila destaca que a natureza proporcionou um espetáculo à parte com paisagens deslumbrantes e emocionantes durante todo o trajeto da cavalgada, tornando a experiência ainda mais especial.

Patrocinadores

Para a amazona, a segunda edição foi ainda mais bonita, já que a natureza deu um espetáculo à parte com paisagens lindas e de tirarem o fôlego. Keila explica que para um passeio como este é necessário um planejamento, já que é preciso respeitar a tábua da maré.

Keila destaca que como todas as amazonas eram de outras cidades e estados, foi necessário que a chegada das participantes no Raizeiro dos Milagres fosse um pouco antes da data da cavalgada, por isso elas se reuniram no dia 05. Já no dia seguinte, as mulheres tiveram um dia de praia, onde aproveitaram o local para confraternizarem.

“Ali colocamos a conversa em dia, muitas risadas, banho de mar, passeio de jangada, assunto de cavalo era com certeza o mais falado, tais como a evolução da raça, genética entre outros assuntos relacionado ao Mangalarga Marchador. A conversa exalava paixão pela raça e os olhos das Amazonas já brilhavam”, destaca Keila.

No dia da cavalgada, a amazona comenta que logo de cara o cenário foi digno de um filme de Hollywood. No roteiro, as participantes que saíram da propriedade Raizeiro dos Milagres, passaram pela Praia do Marcineiro, seguindo famosa Capela dos Milagres em torno de 5 km até a foz do Rio Camaragibe.

Patrocinadores

Ainda pela manhã, foi feita a travessia do rio que encontra o mar. “Essa foi a parte mais emocionante da cavalgada. Depois cavalgamos por mais 5 km até a Praia do Morro, onde fizemos nossa segunda parada. Seguimos por mais 5 km até a Praia de Carro Quebrado no Mirante, lá fizemos nossa terceira parada. E depois por mais 6 km até o Restaurante Boralá na beira mar na Praia de Barra de Santo Antônio”, relembra.

No total, 9 haras foram representados na cavalgada ‘Mulheres ao mar’, foram eles: Haras Serra do Maroto, Haras Paraíso, Haras Lucchese, Haras Jucá, Haras Mandacaru, Haras Nordeste, Haras Deodora, Criatório Cabeça Branca e o Haras Massala.

Keila ainda explica que foram colocados cavalos de pista, com animais campeões nacionais e detentores de grandes prêmios dentro da raça. “Foi uma cavalgada de alto nível, tanto na beleza durante o percurso, quanto com os animais que estiveram conosco”, finaliza.

Por: Heloísa Alves/Portal Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação/Júlio Oliveira

Patrocinadores

Veja mais notícias no portal Cavalus

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

No último dia 07, um grupo de mulheres se reuniram para uma cavalgada na beira do mar em São Miguel dos Milagres (AL). Denominada de ‘Mulheres ao mar’ a segunda edição da cavalgada com Mangalarga Marchador contou com a participação de 15 mulheres, além de quatro cavaleiros para um suporte, caso necessário.

Keila Chehoud, idealizadora do evento, conta que sempre gostou de andar a cavalo. Ela, que é de Araçatuba, no interior de São Paulo, reside hoje no Nordeste, onde participou de algumas cavalgadas organizadas por Roberto Gueiros e Tereza Gueiros que tem uma propriedade na beira do mar na Praia de São Miguel dos Milagres, chamada Raizeiro dos Milagres. “Um lugar paradisíaco e uma das praias mais lindas do mundo. Além das belezas naturais e um mar de encher os olhos, a água do mar é quente, não é gelada. É simplesmente perfeito”.

Cavalgada Mulheres ao mar

Keila nos conta que a primeira edição da cavalgada ‘Mulheres ao mar’ aconteceu em janeiro de 2023. “Surgiu uma vontade grande em meu coração em trazer amigas apaixonadas por cavalgadas para que juntas pudéssemos curtir o melhor cavalo de sela do mundo que é o Mangalarga Marchador, apreciando a paisagem maravilhosa de tirar o fôlego, dando muita risada, confraternizando, reforçando os nossos laços de amizade entre as amigas. A primeira cavalgada no ano passado foi linda e este ano repetimos”.

Mulheres ao mar- Descubra a data da Expo Mangalarga! 2

Para a amazona, a segunda edição foi ainda mais bonita, já que a natureza deu um espetáculo à parte com paisagens lindas e de tirarem o fôlego. Keila explica que para um passeio como este é necessário um planejamento, já que é preciso respeitar a tábua da maré.

Keila destaca que como todas as amazonas eram de outras cidades e estados, foi necessário que a chegada das participantes no Raizeiro dos Milagres fosse um pouco antes da data da cavalgada, por isso elas se reuniram no dia 05. Já no dia seguinte, as mulheres tiveram um dia de praia, onde aproveitaram o local para confraternizarem.

“Ali colocamos a conversa em dia, muitas risadas, banho de mar, passeio de jangada, assunto de cavalo era com certeza o mais falado, tais como a evolução da raça, genética entre outros assuntos relacionado ao Mangalarga Marchador. A conversa exalava paixão pela raça e os olhos das Amazonas já brilhavam”, destaca Keila.

No dia da cavalgada, a amazona comenta que logo de cara o cenário foi digno de um filme de Hollywood. No roteiro, as participantes que saíram da propriedade Raizeiro dos Milagres, passaram pela Praia do Marcineiro, seguindo famosa Capela dos Milagres em torno de 5 km até a foz do Rio Camaragibe.

Ainda pela manhã, foi feita a travessia do rio que encontra o mar. “Essa foi a parte mais emocionante da cavalgada. Depois cavalgamos por mais 5 km até a Praia do Morro, onde fizemos nossa segunda parada. Seguimos por mais 5 km até a Praia de Carro Quebrado no Mirante, lá fizemos nossa terceira parada. E depois por mais 6 km até o Restaurante Boralá na beira mar na Praia de Barra de Santo Antônio”, relembra.

Mulheres ao mar- Descubra a data da Expo Mangalarga! 3

No total, 9 haras foram representados na cavalgada ‘Mulheres ao mar’, foram eles: Haras Serra do Maroto, Haras Paraíso, Haras Lucchese, Haras Jucá, Haras Mandacaru, Haras Nordeste, Haras Deodora, Criatório Cabeça Branca e o Haras Massala. Keila ainda explica que foram colocados cavalos de pista, com animais campeões nacionais e detentores de grandes prêmios dentro da raça. “Foi uma cavalgada de alto nível, tanto na beleza durante o percurso, quanto com os animais que estiveram conosco”, finaliza.

Por: Heloísa Alves/Portal Cavalus
Crédito das fotos: Divulgação/Júlio Oliveira

Veja mais notícias no portal Cavalus

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here