O ano de 2022 está encerrando com melhores condições em comparação ao início do ano.

A análise está no Boletim de Conjuntura Agropecuária. O documento é elaborado pelos técnicos do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento.

No mês de novembro, o produtor paranaense recebeu R$ 2,71 por litro entregue aos laticínios, 4% a menos em comparação com o mês anterior.

LEITE: pressão dos custos reduz
LEITE: pressão dos custos reduz

Segundo o Deral, essa correção vem desde o inverno, quando o produto atingiu R$ 3,35 e as indústrias se viram obrigadas a recorrer a maiores volumes de derivados importados, devido à dificuldade na captação de leite cru no campo.

Patrocinadores

Com a cotação do milho a R$ 75,90 em média no Paraná, o produtor precisou vender 28 litros de leite para comprar uma saca do cereal, proporção semelhante à média do ano de 2020.

Na comparação com novembro de 2021, os laticínios pagaram 25% a mais pelo leite entregue, enquanto o preço da saca de milho apresentou pequena variação para baixo.

Ainda que o milho não seja o único insumo importante nessa cadeia, a nutrição do rebanho representa a maior parte dos custos de produção.

Assim, mesmo com os preços em queda, o produtor está mais confortável que nos primeiros meses de 2022.

Patrocinadores

Source link

agricultura agricultura de precisão agricultura familiar agrolink agronegocio agrotoxico arroz avicultura biodiesel biotecnologia boi brasil cabras café cavalo certificação consultoria crédito rural descubra ensino à distância etanol feijão flores frutas gado gado de corte geladeiras gestão rural milho noticias ovelha para pasto pecuaria pecuária leiteira pragas na agricultura Qual saúde Animal seguro rural setor sucroenergético SOJA suinocultura Treinamento trigo Turismo rural

 



Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here