Gado na Entressafra Saiba Preparar e Vender !
Gado na Entressafra Saiba Preparar e Vender !

Gado na Entressafra Saiba Preparar e Vender !

Aqui você aprenderá como vender gado na entressafra, a ponto de ter animais em fase de terminação próximos ao abate. Acredite, porque isso é possível com um planejamento adequado, seguindo as boas práticas pecuárias.

A entressafra da carne bovina, junho e novembro, passa por boa parte de uma fase difícil para a maioria dos produtores: a seca. Para passar esse momento sem perder arrobas e aumentar o peso do gado, o produtor precisa adotar algumas medidas que evitem ao máximo duas situações: o gado para de engordar e o pior de tudo, o rebanho perde peso por falta de pasto.

Você enfrenta essas duas situações? Se sim, vamos resolvê-los agora e passar para uma era de lucro em sua propriedade.

Existem várias formas de vender o gado na entressafra, quando há mais oferta do que demanda, devido à falta de pastagem. Os produtores que trabalham com confinamento de gado têm uma vantagem aqui porque têm gado para comercializar o ano todo. No regime de semi-confinamento, a mesma coisa.

Patrocinadores

Mas como a maioria das propriedades cria gado a pasto no Brasil, vamos focar nesse sistema. Afinal, é possível ter engorda significativa, mesmo sem a principal base alimentar e ganho de peso do país?

Confirmamos para você agora mesmo que é possível! O foco principal é a organização e não esperar a seca bater na porta para você perceber que precisa urgentemente de uma solução.

Alguns conceitos aqui são básicos e não exigem muito esforço de sua parte. Mas dedicação e disciplina precisam estar em seu gado todos os dias.

Para ter o gado pronto na entressafra, você precisa:

Reforce a alimentação

Se seu sistema é pasto, não tem como deixar o cocho vazio nessa época do ano. Durante os meses sem chuva, a calha precisa ser preenchida todos os dias. Existem várias opções de alimentação como ração, silagem e até grãos.

Patrocinadores

Siga sempre a orientação de oferecer a ração indicada para cada fase do gado no cocho. A partir do momento que você oferece o que cada animal precisa de acordo com a idade e o peso, as chances de engordar são maiores. Então, se sua propriedade trabalha com mais de uma fase (criação, criação e engorda), faça rações para cada uma delas.

 

 

Se os ingredientes forem altos, há a opção de uma ração de baixo custo. O importante é não deixar os animais com fome, pois neste caso, o prejuízo é certo.

Se você precisa de apoio nesse tipo de preparação, clique nos links agora:

  • Palma forrageira: receita de alimentação de gado de baixo custo;
  • Ração barata para gado: como preparar?

Agora, se você prefere silagem, fique atento ao método de produção, de acordo com o ingrediente principal. Cada tipo de silagem possui características diferentes e requer um tipo de preparo que se inicia no ponto de colheita. Se esta for sua escolha, estude bem o processo. 

Patrocinadores

A partir do momento que você escolher qual será o alimento da seca, monitore o consumo. Analise se os animais estão consumindo ou se está ocorrendo rejeição. Se os animais não estiverem comendo, não engordarão e todo o investimento em produção e tempo será em vão, por isso sempre acompanhe o comportamento do rebanho.

como vender gado
Mais do que saber vender gado, ter animais prontos para abate na entressafra garante maior margem de lucro. Foto: Carolina Garcia.

Não falte sal de proteína com ureia na calha

A utilização de sal no cocho é indicada durante todo o ano. Assim, assim que a seca chegar, o organismo do animal estará preparado e mais forte para enfrentar a seca. No entanto, o tipo de sal que você oferece conta muito e lhe dará mais resultados a ponto de ter gado para vender na entressafra.

Os produtores que utilizam sal protéico são aqueles que têm gado pronto para o abate em meses em que quase ninguém os tem. Como resultado, eles obtêm uma margem de lucro maior, em comparação com outros pecuaristas e também porque têm gado para vender em um momento em que quase ninguém tem.

Mas por que usar sal e ainda mais proteína? Devido à falta de pastagem, o gado não consome proteínas suficientes para manter a engorda em dia. As proteínas são essenciais para o desempenho, crescimento e reprodução dos bovinos.

Patrocinadores

Quando consumido abaixo do indicado, a produtividade não avança e causa danos ao patrimônio. E para que seu negócio não fique ou continue no vermelho, o sal proteico é um investimento de baixo custo e que proporciona um bom retorno financeiro.

 

 

Além do sal proteico, o Embrapa a maior instituição pecuária do Brasil e uma das principais do mundo, recomenda o uso de sal protéico com uréia.

A uréia, fonte de nitrogênio, também é de baixo custo e seu uso não impactará no seu caixa, pelo contrário, melhorará os resultados, evitando a perda de peso. Se na última pesagem o gado apresentou perda de peso, amigo produtor, comece a usar sal protéico com uréia ainda este mês.

Se você ainda não utiliza a Uréia Total Premium, a única uréia do mercado brasileiro que não precisa de adaptação e que mesmo molhada no cocho pode ser consumida com segurança no cocho, sem causar intoxicação aos animais, tome todos os cuidados necessários para evitar danos e também a morte súbita do rebanho.

Patrocinadores
  • Como usar sal proteico com uréia;
  • Tudo sobre uréia para bovinos: confira os cuidados.
Oferecer silagem e volumoso também é outra opção para ter gado na entressafra.  Foto: Campo Fácil

 

Oferecer silagem e forragem também é outra opção para a seca, além de saber vender o gado na entressafra. Foto: Campo Fácil

 

Como vender gado na entressafra

Agora, sobre como vender gado na entressafra, existem várias maneiras:

A primeira é negociar diretamente com o frigorífico. Para ter uma melhor margem de preço, não inicie o contato quando o gado estiver pronto para ser abatido. Comece mais cedo. Faça uma pesquisa e cite o preço da arroba diariamente. E uma dica preciosa: entre em contato com mais de um comprador.

Converse com cada um deles para verificar quem está pagando mais e qual será mais vantajoso para o seu negócio.

A segunda opção é vender o gado em leilão. E com a internet, você e o gado nem precisam estar no local, já que hoje existe a modalidade de leilão online. Mas se você ainda prefere o modelo tradicional, precisa ter gado de qualidade e atender a alguns requisitos, como comprovar que é pecuarista.

Patrocinadores

Para participar, procure a associação que representa a raça que você cria, cooperativas e outras entidades do setor pecuário de sua cidade. Em uma rápida busca na internet, você encontra o contato para saber como funciona e qual será o evento.

E mais do que vender, você também pode comprar gado em leilão:

  • Você sabe como participar de um leilão de gado?;
  • Como funciona o leilão de gado online?;
  • Como funciona o leilão de gado?

O post Como vender gado na entressafra: aprenda a se preparar! apareceu primeiro em Boi Saúde.

Source link

Patrocinadores

agricultura agricultura de precisão agricultura familiar agrolink agronegocio agrotoxico arroz avicultura biodiesel biotecnologia boi brasil cabras café cavalo certificação consultoria crédito rural descubra ensino à distância etanol feijão flores frutas gado gado de corte geladeiras gestão rural milho noticias ovelha para pasto pecuaria pecuária leiteira pragas na agricultura Qual saúde Animal seguro rural setor sucroenergético SOJA suinocultura Treinamento trigo Turismo rural

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here