Boi Gordo: Tendências e Perspectivas para 2023

Você sabia que o preço médio da arroba do boi gordo em São Paulo caiu 8% desde o final do ano passado? Essa tendência de queda tem sido observada no mercado pecuário e levanta questões importantes sobre o cenário para o restante do ano. Neste artigo, vamos analisar os fatores que contribuem para essa queda e discutir as perspectivas para o boi gordo em 2023.

Desde o encerramento de dezembro, o preço médio da arroba do boi gordo no estado de São Paulo (representado pelo indicador Cepea/B3) caiu R$ 20, ou 8% – o indicador encerrou o ano de 2023 em R$ 252,30 e opera na casa dos R$ 232 nesta semana.

Impacto no Mercado

Segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o lento ritmo de vendas de carne bovina no mercado doméstico, as escalas alongadas dos frigoríficos e, agora, a aproximação dos meses mais frios – quando as condições das pastagens pioram e pecuaristas são pressionados a elevar a oferta – influenciam as baixas nas cotações.

Situação Atual

Nesta quarta-feira (27), o índice fechou a R$ 231,80 para a arroba (livre de Funrural), o que representa uma variação negativa de 1,53% dentro do mês.

Patrocinadores

O post Boi gordo: preços atravessam 1º trimestre em movimento de queda apareceu primeiro em Canal Rural.

Perspectivas para o mercado de boi gordo

Diante da queda nos preços da arroba do boi gordo, é importante estar atento às tendências do mercado e às variáveis que influenciam as cotações. O lento ritmo de vendas de carne bovina, as escalas alongadas dos frigoríficos e a chegada dos meses mais frios podem impactar nas cotações nos próximos meses.

Portanto, é essencial que pecuaristas e demais agentes do setor se preparem para possíveis oscilações e adaptem suas estratégias de negócio para enfrentar esse cenário desafiador.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

Boi Gordo: Preços em Queda no 1º Trimestre

Desde dezembro, o preço médio da arroba do boi gordo em São Paulo teve uma queda significativa, passando de R$ 252,30 para R$ 232, uma redução de 8%. Segundo especialistas do Cepea, essa diminuição está relacionada ao ritmo lento de vendas, escalas longas dos frigoríficos e a chegada dos meses mais frios, que pressionam os pecuaristas a aumentar a oferta.

FAQs

1. Por que o preço da arroba do boi gordo está em queda?

O preço da arroba do boi gordo está em queda devido ao ritmo lento de vendas, escalas longas dos frigoríficos e a aproximação dos meses mais frios, que pressionam os pecuaristas a aumentar a oferta.

2. Qual foi a variação negativa do índice nesta quarta-feira?

Nesta quarta-feira, o índice fechou em R$ 231,80 para a arroba, uma variação negativa de 1,53% dentro do mês.

3. Qual a relação entre as condições das pastagens e a queda nos preços?

Com a chegada dos meses mais frios, as condições das pastagens pioram, o que pressiona os pecuaristas a elevar a oferta, impactando nos preços da arroba do boi gordo.

Patrocinadores

4. O que o Cepea prevê para os próximos meses em relação aos preços do boi gordo?

O Cepea prevê que os preços do boi gordo continuarão sob pressão devido ao cenário de oferta elevada e demanda mais fraca.

5. Como o mercado internacional influencia os preços do boi gordo no Brasil?

O mercado internacional pode influenciar os preços do boi gordo no Brasil através de questões como a exportação de carne bovina e o cenário econômico global.

Para mais informações sobre a queda nos preços da arroba do boi gordo, fique ligado no Canal Rural.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores
pecuaria boi parana scaled 1

Desde o encerramento de dezembro, o preço médio da arroba do boi gordo no estado de São Paulo (representado pelo indicador Cepea/B3) caiu R$ 20, ou 8% – o indicador encerrou o ano de 2023 em R$ 252,30 e opera na casa dos R$ 232 nesta semana.

Segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o lento ritmo de vendas de carne bovina no mercado doméstico, as escalas alongadas dos frigoríficos e, agora, a aproximação dos meses mais frios – quando as condições das pastagens pioram e pecuaristas são pressionados a elevar a oferta – influenciam as baixas nas cotações.

Nesta quarta-feira (27), o índice fechou a R$ 231,80 para a arroba (livre de Funrural), o que representa uma variação negativa de 1,53% dentro do mês.

O post Boi gordo: preços atravessam 1º trimestre em movimento de queda apareceu primeiro em Canal Rural.

Patrocinadores

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here