Pular para o conteúdo

Abate afetam preços da arroba mas mercado segue difícil de acostumar

Abate Afetam Precos Da Arroba Mas Mercado Segue Dificil De Acostumar Abate Afetam Preços Da Arroba Mas Mercado Segue Difícil De Acostumar
Abate Afetam Preços Da Arroba Mas Mercado Segue Difícil De Acostumar
Abate afetam preços da arroba mas mercado segue difícil de acostumar 6

De acordo com o analista do Safras & Mercado, Fernando Iglesias, o mercado de carne bovina deve continuar da mesma forma para o segundo semestre de 2022.

De acordo com o analista do Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, os frigoríficos desfrutam de uma situação mais confortável em suas escalas de abate, que atualmente atendem entre seis e sete dias úteis.

Analista aponta tendência de queda no valor da arroba

Download 5 Abate Afetam Preços Da Arroba Mas Mercado Segue Difícil De Acostumar


Levantamento aponta produção média de 8,19 arrobas e retorno econômico de 2,5% para o agricultor
“Neste ambiente, é natural que os frigoríficos exerçam pressão sobre o mercado, da mesma forma que o movimento do câmbio também impacta as estratégias adotadas na compra de gado pelos frigoríficos.

A variação da taxa de câmbio torna as exportações menos atrativas do ponto de vista financeiro. Ou seja, os frigoríficos também estão tentando reduzir os preços dos animais padrão na China, e têm realizado negociações em patamares mais baixos.

O pico da safra de boi gordo, previsto para o segundo trimestre, deve manter o mercado em tom baixista”, disse Iglesias.

Em São Paulo, Capital, a referência para a arroba de carne bovina foi de R$ 338 por arroba. Em Dourados (MS), a arroba foi indicada a R$ 311.

Em Cuiabá, a arroba foi indicada a R$ 312. Em Uberaba, Minas Gerais, os preços a R$ 320,00 por arroba.

Em Goiânia, Goiás, a indicação era de R$ 315 para a arroba de carne gorda.

Atacado

Gado0 2 Abate Afetam Preços Da Arroba Mas Mercado Segue Difícil De Acostumar


No mercado atacadista, os preços permaneceram estáveis. O ambiente de negócios novamente sugere pouco espaço para reajustes, mesmo em um período marcado por melhor substituição entre atacadistas e varejistas. A preferência do consumidor brasileiro ainda recai sobre proteínas mais acessíveis, como frango e ovos.

O dianteiro de carne bovina foi cotado a R$ 16,40 o quilo. O traseiro custava R$ 23,50 o quilo. A ponta de agulha continuou com preço de R$ 15,50 o quilo.

Dolar

Images 4 Abate Afetam Preços Da Arroba Mas Mercado Segue Difícil De Acostumar


O dólar comercial encerrou o pregão com ganho de 0,56%, sendo negociado a R$ 4,77 para venda e R$ 4,77 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,73 e a máxima de R$ 4,81.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.