Pular para o conteúdo

VENDAS DE FERTILIZANTES AO BRASIL E SUSPENSO PELA RUSSIA E DADOS E PREOCUPANTES

Bandeiras Russia E Brasil Divulgacao 1 Vendas De Fertilizantes Ao Brasil E Suspenso Pela Russia E Dados E Preocupantes
Img 2857 780X470 1 Vendas De Fertilizantes Ao Brasil E Suspenso Pela Russia E Dados E Preocupantes
VENDAS DE FERTILIZANTES AO BRASIL E SUSPENSO PELA RUSSIA E DADOS E PREOCUPANTES 4

segundo o embaixador Sergey Lukashevich, a Rússia foi obrigada a suspender as vendas de fertilizantes para o agronegócio brasileiro

Por ser aliada de primeira hora da Rússia, Belarus já vem sendo impactada pelas sanções impostas ao país de Vladimir Putin. E o efeito é direto no Brasil.

Segundo o embaixador Sergey Lukashevich, seu país foi obrigado a suspender as vendas de fertilizantes para o agronegócio brasileiro porque o escoamento foi proibido pela Lituânia, que fechou as fronteiras. “Isso é democracia?”, questiona.

Belarus reponde por 20% de todos os fertilizantes consumidos pelo Brasil. Sem esses produtos, a oferta vai diminuir e o preço, disparar — no último anos, ficaram 155% mais caros.

Lukashevich lembra que todos os olhos do mundo estão voltados para seu país, que sediou ontem o primeiro encontro entre negociadores da Rússia e da Ucrânia.

Haverá uma segunda etapa de conversas. Na avaliação dele, a guerra no Leste Europeu tem muito a ver com a forma como se desfez a então União Soviética. Áreas importantes foram doadas para países sem que as pessoas que viviam nelas fossem ouvidas.

O resultado são constantes conflitos étnicos nessas regiões.

O diplomata afirma que seu país está pronto para receber refugiados da guerra. A seguir, os principais trechos da entrevista ao Correio.

“Muitas pessoas estão, agora, olhando para o território da Belarus, onde o primeiro passo para soluções mais sérias está sendo dado. Naturalmente, como embaixador da Belarus no Brasil, eu gostaria que os brasileiros vissem meu país como um destino turístico com florestas e lagos azuis e uma deliciosa culinária local.

Todos nós esperamos acordos de paz. Esta não é a primeira vez que organizamos conversações de paz sobre a Ucrânia na Belarus.” – salientou Lukashevich.

O país será submetido a sanções como a Rússia? É cada vez mais surpreendente olhar para os países que se consideram modelos de democracia, professores de todos os professores.

Pensam que são aqueles de quem o mundo inteiro deve tomar como exemplo em todos os assuntos. Os contornos da União Soviética estão se tornando cada vez mais visíveis nestas uniões, já que havia muitas coisas boas na URSS: medicina e educação gratuita, povo sem desemprego.

A ditadura da democracia é uma frase que eu não inventei, mas não poderia ser mais apropriada para o período contemporâneo do desenvolvimento humano.

Como se pode promover a democracia por meios não-democráticos?

20220224190212 D4E2B18576E21768105560805Cf8B675171Fcd98332362Baadfc9E78087134F7 Vendas De Fertilizantes Ao Brasil E Suspenso Pela Russia E Dados E Preocupantes
VENDAS DE FERTILIZANTES AO BRASIL E SUSPENSO PELA RUSSIA E DADOS E PREOCUPANTES 5

Obviamente, a punição é uma sanção, a fim de destruir os países que não gostam, no caso em que as medidas militares não podem ser aplicadas. Sim, você está certo, Belarus tem sanções que têm seu impacto direto sobre o Brasil. Como o Brasil é afetado?

O potássio bielorrusso, que representa 20% do mercado brasileiro, é agora impossível de ser entregue aos consumidores brasileiros, porque a Lituânia “democrática”, nosso vizinho do norte com seus 2,7 milhões de habitantes, proibiu o trânsito de nosso potássio para o Brasil, com seus 214 milhões de habitantes, sob slogans “democracia”.

Esta não é uma maneira elegante de privar o Brasil de fertilizantes para soja, milho e café.

Aumenta a fome neste país e diminui a vantagem competitiva dos produtos agrícolas do Brasil nos mercados mundiais.

Gigantes do frete marítimo suspendem transporte de contêineres à Rússia

As gigantes de transporte marítimo Maersk e MSC Cargo anunciaram a suspensão temporária de todo o transporte de contêineres em direção ou partida da Rússia, se juntando a uma série de outras empresas após as sanções ocidentais impostas a Moscou devido à guerra na Ucrânia.

A dinamarquesa Maersk destacou que a estabilidade e a segurança das suas atividades já estão sendo ser afetadas de forma direta e indireta pelas sanções internacionais, o que motivou a decisão. A suspensão, que abrange todos os portos russos, não inclui alimentos, suprimentos médicos e humanitários, disse a Maersk.

Diversas empresas internacionais também anunciaram a decisão de deixar o país e de interromper investimentos após a invasão da Ucrânia por Moscou, incluindo as gigantes do petróleo Shell e BP, que atuam no país há décadas.

A Maersk detém 31% da operadora portuária russa Global Ports, que opera seis terminais na Rússia e dois na Finlândia.

Consequências das suspenções

As suspensões de frete são apenas mais uma das barreiras enfrentadas pelo comércio exterior russo. Com a entrada em vigor de sanções dos países europeus e dos Estados Unidos, a Rússia foi praticamente desconectada do sistema financeiro global, e passa a enfrentar dificuldades para pagar e receber do exterior.

A decisão das empresas também pode gerar novas dificuldades a toda a cadeia global de suprimentos, já comprometida pela pandemia – o que resultou em problemas de fornecimento e alta de preços ao redor do globo. Adaptado do Jornal Estado de Minas

Leia mais em Comprerural

1 comentário em “VENDAS DE FERTILIZANTES AO BRASIL E SUSPENSO PELA RUSSIA E DADOS E PREOCUPANTES”

  1. Avatar Of Carlos Domingos Da Silva
    Carlos Domingos da Silva

    As medidas de sansões são duramente sentidas nos países productores de alimentos.
    Entretanto se não há um freio econômico, ditadores como Putin fazem o que sua louca ambição quer.
    O governo brasileiro hoje com um líder fraco e sem habilidades para governar até um município, vai continuar com suas falácias e culpar os opositores da Rússia, principalmente o oportunista EEUu.
    Não podemos assistir neutramente o massacre em Kiev .
    Que nós busquemos adubação alternativas durante a crise. Procuremos outras fontes.
    Att Carlos Domingos – Eng Agrônomo, prof Titular UFRRJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.