Melhoramento genético na criação de codornas

A maioria das aves utilizadas na criação de codornas no Brasil pertence ao gênero coturnix. codorna japonesa (coturnix coturnix japonica) e europeu (coturnix coturnix coturnix) são as espécies predominantes, quer para a produção de ovos, quer para a produção de carne.

Atualmente, são poucas as instituições de pesquisa que trabalham com o melhoramento genético de codornas. No entanto, merece destaque a Programa de Melhoramento Genético de Codornas Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM).

Esta instituição é responsável pelo desenvolvimento de aves destinadas à criação de codornas para fins específicos.

Isso significa que os criadores trabalham desenvolvendo e selecionando raças e/ou espécies específicas para a produção de ovos e carne.

Patrocinadores

A criação de codornas pode incluir mais de uma espécie de ave, que deve ser mantida separada. Uma vez que possuem características produtivas diferentes:

  • codorna africana (Coturnix delegada): Tem um temperamento distante e por isso deve ser criado em ambientes espaçosos. É uma ave de baixa postura, variando de 4 a 8 ovos por período reprodutivo.

coturnix delegadopor Hive001, CC BY-SA 3.0

  • codorna americana (Colinus virginianus): É uma codorna maior que as demais, chegando a 25 cm. Sua produção de ovos é baixa, sendo amplamente utilizada na criação de codornas para fins de comercialização de carne.

criação de codornas

Colinus virginianuspor BS Thurner Hof, CC BY-SA 3.0

  • codorna chinesa (Coturnix adansonii): É uma ave pequena, dócil e com baixa capacidade de postura. Sua principal vantagem na criação de codornas é a docilidade, que pode ser criada junto com outras espécies de aves.

criação de codornas

Coturnix adansoniipor CG Finch-DaviesHorsbrugh, Boyd (1912) Os pássaros de caça e aves aquáticas da África do Sul. Witherby & Co. LondresDomínio público

Patrocinadores

criação de codornas

coturnix coturnix coturnixpor Kaouro V – próprio trabalho, CC BY-SA 4.0

  • codorna japonesa (coturnix coturnix japonica): para quem está começando a criar codornas, esta é a ave ideal. Como vantagens, adapta-se bem a diferentes condições climáticas e é dócil. Além disso, inicia a postura aos 35 dias de idade, com produção de 200 a 300 ovos por ano.-1.

criacao de codornas 05 coturnix coturnix japonica

coturnix coturnix japonicapor Ingrid Taylorpiscar: Mikiko a codorna, CC POR 2,0

Estágios de vida e alimentação necessários para a criação de codornas

Para a criação de codornas, a alimentação deve ser fornecida de acordo com as fases de vida e a finalidade da produção (ovos ou carne). Em geral, as fases da vida podem ser divididas em:

  • Fase de reprodução: representa o período de vida entre o nascimento das codornas até 15 ou 21 dias. Para a criação de codornas de corte, pesquisa estabelecer que a exigência de proteína bruta para ganho de peso máximo nesta fase deve ser de pelo menos 30%.
  • Fase de reconstrução: neste caso, as aves têm de 15 a 21 dias e são alimentadas com dieta específica por até 35 dias.
  • Fase postural: compreende a fase de vida acima de 35 dias das aves destinadas à produção de ovos.
  • fase de engorda: compreende a vida útil superior a 35 dias das aves destinadas à produção de carne.

Em cada uma dessas fases, a criação de codornas deve obedecer a um tipo específico de dieta. No entanto, em geral, podemos considerar que existe uma exigência mínima de 25% de proteína bruta na composição dessas rações.

Patrocinadores

Desta forma, leguminosas como a soja representam uma das principais fontes de proteína na dieta.

No entanto, como é um mercadoriatem seu preço regulado pelo mercado externo, o que em períodos de alta do dólar, pode representar um alto custo no fluxo de caixa da atividade.

Segundo informações da Universidade Federal do Cearána criação de codornas para produção de ovos, a alimentação das aves pode representar até 75% do custo de produção.

O mesmo estudo também estabelece que codornas poedeiras regulam o consumo de ração em função do nível energético da dieta.

Patrocinadores

Além disso A qualidade dos ovos de codorna é fortemente influenciada pelos níveis de cálcio presentes na dieta.

Valores abaixo de 0,5% de Ca influenciam negativamente, aumentando o número de ovos quebrados, enquanto valores acima de 2% de Ca proporcionam melhora na produção e peso dos ovos, bem como na qualidade da casca.

Manejo Reprodutivo de Codornas

Para manter a estabilidade da criação de codornas e evitar o viés de endogamia dentro do lote, o manejo reprodutivo das aves deve ser realizado com cautela. Em outras palavras, devido à grande sensibilidade de codorna à consanguinidaderecomenda-se evitar cruzamentos entre parentes próximos.

Portanto, a criação de codornas deve prever a manutenção de machos e fêmeas em gaiolas coletivas. Mesmo assim, é recomendado que o macho precise ser trocado de lugar com o macho do abrigo vizinho e assim por diante. A proporção de aves deve ser de 1 macho para cada pelo menos 3 fêmeas.

Patrocinadores

Durante a criação de codornas, quando a opção é produzir os animais localmente para postura ou corte, deve-se dar preferência à incubação artificial dos ovos. O manejo das codornas recém-nascidas é muito semelhante ao dos pintinhos.

Deste jeito, nos primeiros dias de vida os animais necessitam de aquecimento (38 ºC), luz 24 horas por dia, ração e água ad libitum.. Nos dias seguintes, deve ser reduzido em 1°C diariamente e o ambiente deve ser limpo.

O ideal é que a assepsia do ambiente seja realizada pelo menos duas vezes ao dia. Além disso, os locais para beber e se alimentar devem ser limpos e a água e a ração trocadas, com a mesma frequência.

Esses cuidados proporcionam maior segurança sanitária para a criação de codornas.

Patrocinadores

Cuidados de saúde necessários para a criação de codornas

Como em todos os processos de produção que envolvem animais, a criação de codornas necessita de cuidados adequados para prevenir problemas fitossanitários. A limpeza das áreas destinadas à criação de codornas deve ser uma atividade comum.

Portanto, como as galinhas caipiras, as codornas são suscetíveis a infecções parasitárias. Especialmente, microorganismos que se espalham rapidamente pelas gaiolas, pois estão localizados próximos uns dos outros. Colocando em risco todo o sistema de produção.

Portanto, durante a criação de codornas, as gaiolas devem ser limpas duas a três vezes ao dia. Assim como o ambiente em que estão alojados.

Além disso, todos os equipamentos e utensílios utilizados na criação de codornas devem ser cuidadosamente limpos para evitar ao máximo o risco de infecções.

Patrocinadores

Para monitorar a saúde das aves, uma atividade preventiva se resume na observação cuidadosa da plumagem e das pernas das aves. Ao menor sinal de qualquer ferimento ou mudança perceptível na aparência ou cor das aves, o animal sintomático deve ser separado dos demais.

Os especialistas recomendam que, para evitar esse tipo de problema na criação de codornas, você possa adicionar terramicina ou quimicina solúvel em água, três dias por um mês, como método preventivo.

Se as medidas de higiene não forem seguidas, várias doenças podem afetar a criação de codornas, como:

  • aflatoxicose
  • Apantotenose
  • Ariboflavinose
  • aspergilose
  • Levedura ou epitelioma contagioso
  • bronquite infecciosa
  • candidíase
  • Coccidiose ou Eimeriose
  • Colibacilose
  • Difteria
  • Doença das codornas
  • Doença de Newcastle
  • coriza
  • encefalomielite
  • infecção por estafilococos
  • Moniliase
  • Paratifóide
  • Síndrome de Proteus
  • tetramerose

Uma opção interessante para a criação de codornas com grande número de aves é optar pela vacinação. Atualmente, existe no mercado brasileiro um conjunto de vacinas que podem ser oferecidas ainda nos primeiros dias de vida das aves, para evitar o contágio por doenças.

Source link

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here