Noticias do Jornal do campo

Boa leitura!

As exportações de todas as formas de café das quatro regiões produtoras do planeta, México & América Central, América do Sul, África e Ásia & Oceania, no período acumulado de nove meses, especificamente de outubro de 2022 a junho de 2023, atingiram volume total equivalente a 93,51 milhões de sacas de 60kg. Esse desempenho corresponde a uma média mensal de 10,39 milhões de sacas, em todo o mundo, e inclui três tipos de café: café verde, solúvel e torrado.

Patrocinadores

Neste mesmo contexto, vale ressaltar que tais exportações mundiais dos três tipos de café mencionados, em primeiro lugar os cafés verdes, somaram 84 milhões de sacas de 60 kg, o equivalente a 89,9% do total exportado no planeta. Da mesma forma, o volume físico das exportações de café solúvel atingiu 8,88 milhões de sacas de 60 kg, equivalente a 9,5% do total das exportações.

E, por fim, concluindo esse foco no desempenho das exportações globais de café das quatro regiões produtoras citadas, no período mencionado, percebe-se que o café torrado teve uma participação de apenas 0,6% nas exportações, e, assim, somado ao totalizam apenas um volume menor que o equivalente a 600 mil sacas de 60kg no acumulado de nove meses.

Cabe esclarecer e enfatizar que os dados estatísticos sobre o desempenho da cafeicultura mundial, agora destacados nesta análise e divulgação, baseiam-se nos números contidos no Relatório do Mercado Cafeeiro – julho de 2023, da Organização Internacional do Café – OIC, uma documento que está disponível na íntegra no Observatório do Café, do Consórcio Pesquisa Café coordenado pela Embrapa Café.

Vale ressaltar também que a OIC realiza seus registros e avaliações oficiais do desempenho e desempenho da cafeicultura mundial, considerando que o ano cafeeiro compreende o período entre os meses de outubro e setembro, com base em dados e estatísticas dos quatro principais regiões cafeeiras do planeta agrupadas pela própria Organização, que foram mencionadas anteriormente nesta publicação e análise: América do Sul, Ásia & Oceania, América Central & México e África. Daí o facto de esta divulgação, neste momento, se concentrar nessas regiões com o período acumulado de nove meses.

Patrocinadores

Assim, se for feita uma análise detalhada e comparativa do desempenho do volume total de exportações de cada uma dessas regiões produtoras do planeta de todas as formas de café, em ordem decrescente, tendo como referência os dados estatísticos do Relatório sobre a Indústria Cafeeira Mercado – Julho de 2023, verifica-se que a América do Sul exportou o equivalente a 36,82 milhões de sacas de 60kg, volume que corresponde a 39,38% das vendas mundiais, no acumulado dos nove meses em análise.

Em segundo lugar neste ranking está a Ásia & Oceania, cujas exportações de café totalizaram 35,35 milhões de sacas de café de 60kg, correspondendo assim a 37,80% do total geral.

Em terceiro lugar vem América Central & México, região produtora que exportou 11,87 milhões de sacas (12,70%), e, por fim, em quarto lugar, África, que vendeu para países importadores, no período de outubro de 2022 a junho de 2023, um total de 9,47 milhões de sacas de 60kg, volume físico que representa 10,12% do total acumulado exportado por essas quatro grandes regiões produtoras mundiais no período em foco.

Patrocinadores

“A importância do café no cenário global: um olhar detalhado sobre as exportações”

No mundo todo, as exportações de café têm desempenhado um papel fundamental na economia e na cultura de diversos países. Neste artigo, iremos analisar de forma minuciosa o desempenho das exportações de café nas quatro principais regiões produtoras do planeta: México & América Central, América do Sul, África e Ásia & Oceania. Além disso, discutiremos a distribuição dos três tipos de café mais comumente exportados: café verde, solúvel e torrado.

Ao considerar os nove meses acumulados, de outubro de 2022 a junho de 2023, as exportações de café atingiram um volume total de 93,51 milhões de sacas de 60kg. Isso representa uma média mensal de 10,39 milhões de sacas em todo o mundo. Vale ressaltar que esse número engloba os três tipos de café mencionados anteriormente.

Dentre as exportações, os cafés verdes ocuparam a posição de destaque, totalizando 84 milhões de sacas, o que corresponde a impressionantes 89,9% do total exportado. Em seguida, temos o café solúvel, responsável por 8,88 milhões de sacas, equivalente a 9,5% do total. Já o café torrado teve uma participação discreta, representando apenas 0,6% das exportações mundiais, ou seja, menos de 600 mil sacas de 60kg ao longo dos nove meses analisados.

Patrocinadores

É importante destacar que esses dados são provenientes do Relatório do Mercado Cafeeiro – julho de 2023, elaborado pela Organização Internacional do Café (OIC). A OIC é responsável por realizar registros e avaliações oficiais do desempenho da cafeicultura mundial, considerando o período entre os meses de outubro e setembro.

Como mencionado anteriormente, vamos agora analisar o desempenho das exportações nas quatro regiões produtoras em ordem decrescente. A América do Sul lidera o ranking, com um total de 36,82 milhões de sacas de 60kg exportadas, o que corresponde a 39,38% das vendas mundiais. Em segundo lugar, temos a Ásia & Oceania, com 35,35 milhões de sacas, representando 37,80% do total. Na terceira posição, está a América Central & México, que exportou 11,87 milhões de sacas (12,70%). Por fim, a África, com um volume de 9,47 milhões de sacas, o equivalente a 10,12% das exportações.

Em conclusão, as exportações de café têm um papel significativo no mercado global. É interessante observar a liderança da América do Sul e da Ásia & Oceania nesse cenário. As informações apresentadas neste artigo foram obtidas por meio de fontes confiáveis e embasadas no Relatório do Mercado Cafeeiro – julho de 2023, disponível no Observatório do Café.

Agora, para que você tenha ainda mais conhecimento sobre o assunto, apresento cinco perguntas com suas respectivas respostas:

Patrocinadores

1. Quais são as quatro principais regiões produtoras de café no mundo?
R: As quatro principais regiões produtoras são: México & América Central, América do Sul, África e Ásia & Oceania.

2. Quais são os três tipos de café mais comumente exportados?
R: Os três tipos de café mais exportados são: café verde, solúvel e torrado.

3. Qual região teve a maior participação nas exportações de café?
R: A região da América do Sul liderou as exportações, com 36,82 milhões de sacas de 60kg.

4. Qual é a porcentagem de cafeína presente no café solúvel?
R: O café solúvel geralmente contém cerca de 2-3% de cafeína.

Patrocinadores

5. Onde posso encontrar o Relatório do Mercado Cafeeiro da OIC?
R: O Relatório do Mercado Cafeeiro pode ser encontrado no Observatório do Café, coordenado pela Embrapa Café.

Espero que este artigo tenha fornecido uma visão ampla sobre as exportações de café e suas principais características. Continue explorando o fascinante mundo do café e sua importância no mercado global.
Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão?

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Gostou das nossas dicas? Possui alguma outra que gostaria de compartilhar com a gente?
Escreva para nós nos comentários!

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here