Pular para o conteúdo
Patrocinadores

Paraná inicia plantio de cevada com novidades

Paraná inicia plantio da cevada com redução na área da cultura

A queda na produção de cevada no Paraná impacta o mercado agrícola

A semeadura da cevada no Paraná já iniciou pela região dos Campos Gerais. Em todo o estado, a área de produção deve reduzir em 16%, índice puxado pela retração de 40% na região de Guarapuava, até então líder na produção de cevada no estado. A área paranaense da cultura deve passar de 87,2 mil hectares em 2023 para 73,4 mil nesta safra.

Essa queda é amenizada pelo aumento da área plantada na região de Ponta Grossa, estimado em 10%. Esse avanço é resultado da abertura de uma maltaria na região, de acordo com o Boletim desta quinta-feira (18) do Departamento de Economia Rural (Deral).

Esse processo representa uma mudança para a cultura no estado, pois 48% da área de cevada paranaense passa a estar próxima a Ponta Grossa, com aproximadamente 35 mil hectares semeados, enquanto a região de Guarapuava passará a responder 35% da área, com 26 mil hectares. Com isso, os Campos Gerais devem assumir a liderança da produção em 2024.

Patrocinadores

Além disso, confira abaixo esses posts:

MEGA SORGO SANTA ELISA

Pragas de Milho e Sorgo: Descubra as Ameaças Ocultas para Sua Colheita

Patrocinadores

06 Dicas Essenciais para Plantar Sorgo com Sucesso

Silagem de Sorgo

Cevada no Paraná

A semeadura da cevada no Paraná já iniciou pela região dos Campos Gerais. Em todo o estado, a área de produção deve reduzir em 16%, índice puxado pela retração de 40% na região de Guarapuava, até então líder na produção de cevada no estado. A área paranaense da cultura deve passar de 87,2 mil hectares em 2023 para 73,4 mil nesta safra.

Patrocinadores

Essa queda é amenizada pelo aumento da área plantada na região de Ponta Grossa, estimado em 10%. Esse avanço é resultado da abertura de uma maltaria na região, de acordo com o Boletim desta quinta-feira (18) do Departamento de Economia Rural (Deral).

Esse processo representa uma mudança para a cultura no estado, pois 48% da área de cevada paranaense passa a estar próxima a Ponta Grossa, com aproximadamente 35 mil hectares semeados, enquanto a região de Guarapuava passará a responder 35% da área, com 26 mil hectares. Com isso, os Campos Gerais devem assumir a liderança da produção em 2024.

Milho

Em relação ao milho, o Boletim alerta que a estimativa da produção será revisada para baixo no relatório mensal que será divulgado no dia 25 de abril. A previsão inicial era de 14 milhões de toneladas produzidas no estado, porém a segunda safra de milho foi severamente afetada por condições climáticas adversas, incluindo estiagem e calor intenso.

Patrocinadores

Com informações do Deral

Além disso, confira abaixo esses posts:

Preço do Bezerro Nelore e Mestiço Atualizado

Patrocinadores

Preço da vaca Nelore e Mestiça Atualizado

Preço do Milho Atualizado

Preço da Soja Atualizado

Patrocinadores

Conclusão: Reestruturação na Produção de Cevada no Paraná

A reconfiguração da produção de cevada no Paraná, com a redução da área plantada em Guarapuava e o aumento em Ponta Grossa, reflete uma mudança significativa no mapa agrícola do estado. A abertura de uma maltaria na região de Ponta Grossa impulsionou a expansão da cultura, tornando os Campos Gerais a nova liderança na produção de cevada em 2024.

Por outro lado, a situação do milho no estado é desafiadora, com a previsão de uma revisão para baixo na produção devido a condições climáticas adversas. Esses fatores ressaltam a importância da diversificação das culturas e da adaptação às mudanças ambientais para garantir a segurança alimentar e econômica no setor agrícola paranaense.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

Cultivo da Cevada no Paraná: O que esperar para a safra de 2024?

A semeadura da cevada no Paraná já iniciou pela região dos Campos Gerais. Nesta safra, a área de produção deve sofrer uma redução de 16%, com destaque para a diminuição de 40% na região de Guarapuava, antes líder na produção de cevada no estado. No entanto, o aumento da área plantada em Ponta Grossa, impulsionado pela abertura de uma maltaria na região, ameniza essa queda. Como esse cenário está impactando a distribuição da área de plantio da cevada no estado?

O que está impulsionando a mudança na distribuição da área de cevada no Paraná?

O aumento da área plantada em Ponta Grossa, devido à abertura de uma maltaria na região, tem impulsionado a mudança na distribuição da cevada no estado.

Como a redução na área de produção de cevada está sendo compensada?

A redução na área de produção de cevada está sendo compensada pelo aumento da área plantada em Ponta Grossa, que registra um crescimento de 10%.

Qual região do Paraná está assumindo a liderança na produção de cevada em 2024?

Os Campos Gerais estão assumindo a liderança na produção de cevada em 2024, com cerca de 48% da área de plantio no estado.

O que podemos esperar para a produção de milho no Paraná em 2024?

O Boletim alerta que a produção de milho será revisada para baixo devido às condições climáticas adversas, como estiagem e calor intenso, que afetaram severamente a segunda safra do grão.

Quando será divulgada a revisão da estimativa de produção de milho no estado?

A revisão da estimativa de produção de milho no estado será divulgada no relatório mensal do Departamento de Economia Rural (Deral) no dia 25 de abril.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Verifique a Fonte Aqui

 

 

 

Patrocinadores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Patrocinadores