Redução nos Custos de Produção de Suínos e Frangos: Impactos e Tendências

No cenário da produção agropecuária, o controle dos custos de produção é crucial para a rentabilidade e sustentabilidade dos negócios. No mês de março, os estados líderes na produção e exportação de suínos e frangos de corte registraram uma queda significativa nos custos de produção, conforme apontado pela Embrapa Suínos e Aves. Essa redução pode impactar não apenas os produtores, mas também o mercado como um todo.

Situação dos Custos na Produção de Suínos

Em Santa Catarina, um dos principais estados produtores de suínos do Brasil, o custo de produção por quilo de suíno vivo apresentou uma queda de 1,42% em relação ao mês anterior. Os números revelam uma redução no custo com alimentação, indicando uma melhora na eficiência dos processos produtivos. Esses dados são fundamentais para entender a dinâmica do setor e suas projeções futuras.

Cenário dos Custos na Produção de Frangos de Corte

No Paraná, estado referência na produção de frangos de corte, os custos de produção também apresentaram uma redução de 2,39% em março. Assim como na suinocultura, o custo com alimentação das aves foi o principal fator que contribuiu para essa queda nos custos totais. Essas informações são essenciais para os produtores avaliarem suas estratégias e tomarem decisões assertivas.

Impacto nos Mercados e Desafios Futuros

A redução nos custos de produção de suínos e frangos de corte pode ter um impacto significativo no mercado nacional e internacional, influenciando os preços e a competitividade dos produtos. Diante desse cenário, é essencial que os produtores estejam atentos às tendências e desafios futuros do setor, buscando soluções inovadoras e sustentáveis para garantir o sucesso de seus negócios.

Patrocinadores

Além disso, confira abaixo esses posts:

MEGA SORGO SANTA ELISA

Pragas de Milho e Sorgo: Descubra as Ameaças Ocultas para Sua Colheita

06 Dicas Essenciais para Plantar Sorgo com Sucesso

Patrocinadores

Silagem de Sorgo

Suinocultura e Avicultura: Custos de Produção em Queda

No mês de março, os custos de produção de suínos e de frangos de corte apresentaram queda nos estados líderes em produção e exportação, de acordo com estudos da Embrapa Suínos e Aves. Essa redução impactou diretamente o custo por quilo de suíno vivo, que chegou a R$ 5,61 em Santa Catarina, representando uma queda de 1,42% em relação a fevereiro. Já os custos de produção do quilo do frango de corte no Paraná foram de R$ 4,27 em março, registrando uma queda de 2,39% em comparação com fevereiro.

Alimentação: Fator Determinante na Queda dos Custos

Um dos principais fatores que influenciaram a redução dos custos de produção tanto na suinocultura quanto na avicultura foi o custo com a alimentação dos animais. Em ambas as cadeias produtivas, a alimentação representou uma parcela significativa do custo total, refletindo diretamente nos índices de custo por quilo do suíno e do frango de corte.

Importância dos Estados de SC e PR como Referência

É importante ressaltar que os estados de Santa Catarina e Paraná são utilizados como referência nos cálculos da CIAS devido à sua relevância como maiores produtores nacionais de suínos e frangos de corte, respectivamente. Os custos de produção são indicativos para o setor produtivo, porém a Embrapa recomenda que suinocultores e avicultores acompanhem de perto a evolução de seus próprios custos de produção, levando em consideração suas especificidades e peculiaridades.

Patrocinadores

Além disso, confira abaixo esses posts:

Preço do Bezerro Nelore e Mestiço Atualizado

Preço da vaca Nelore e Mestiça Atualizado

Preço do Milho Atualizado

Patrocinadores

Preço da Soja Atualizado

Conclusão

Os dados apresentados pela Embrapa Suínos e Aves demonstram que os custos de produção de suínos e frangos de corte tiveram uma queda significativa no mês de março nos principais estados produtores do país. Essa redução nos custos, especialmente relacionada à alimentação dos animais, é um fator positivo para os produtores, pois impacta diretamente na rentabilidade das atividades.

É fundamental que os suinocultores e avicultores estejam atentos aos seus próprios custos de produção, mesmo que os dados de Santa Catarina e Paraná sirvam como referência. A análise constante dos custos é essencial para garantir a sustentabilidade e competitividade das atividades no longo prazo.

Portanto, a transparência nos dados e a divulgação de informações precisas sobre os custos de produção são essenciais para o setor agropecuário. A Embrapa desempenha um papel fundamental nesse sentido, fornecendo análises e indicadores que auxiliam os produtores a tomarem decisões mais assertivas e a obterem melhores resultados em suas atividades.

Patrocinadores

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

O impacto dos custos de produção de suínos e frangos de corte

Os custos de produção de suínos e frangos de corte apresentaram queda no mês de março nos estados líderes em produção e exportação, segundo estudos da Embrapa Suínos e Aves. Essa redução reflete diretamente nos resultados financeiros dos produtores, impactando a rentabilidade do setor.

Custos de produção de suínos

No estado de Santa Catarina, o custo de produção por quilo de suíno vivo em sistema ciclo completo foi de R$ 5,61 em março, representando uma diminuição de 1,42% em relação a fevereiro. A alimentação dos suínos foi o principal fator dessa redução, totalizando R$ 4,09 por quilo e correspondendo a 73,33% do custo total.

Custos de produção de frangos de corte

No Paraná, o custo de produção do quilo do frango de corte foi de R$ 4,27 em março, registrando uma queda de 2,39% em comparação com o mês anterior. Assim como na suinocultura, o custo com a alimentação das aves foi determinante nessa redução, chegando a R$ 2,84 por quilo e participando em 66,39% do custo total.

Patrocinadores

Como os custos são calculados?

A Embrapa utiliza os estados de Santa Catarina e Paraná como referência nos cálculos da Central de Inteligência de Aves e Suínos devido à sua relevância na produção nacional. Esses custos de produção são fundamentais para o setor produtivo, mas a Embrapa ressalta a importância dos suinocultores e avicultores acompanharem seus próprios custos de produção.

Perguntas Frequentes

1. Por que os custos de produção de suínos e frangos de corte diminuíram em março?

A redução nos custos de produção foi principalmente influenciada pela queda no preço dos insumos, especialmente na alimentação dos animais.

2. Qual a importância dos custos de produção para os produtores de suínos e aves?

Os custos de produção impactam diretamente na rentabilidade dos produtores, podendo influenciar as estratégias de gestão e investimentos no setor.

3. Como os produtores podem reduzir os custos de produção de suínos e frangos de corte?

Uma gestão eficiente dos insumos, adoção de tecnologias e boas práticas de manejo podem contribuir para a redução dos custos de produção e aumento da eficiência produtiva.

Patrocinadores
4. Qual a importância de acompanhar os custos de produção de forma individualizada?

O acompanhamento personalizado dos custos de produção permite aos produtores identificar oportunidades de otimização, melhorando a competitividade no mercado.

5. Onde posso obter mais informações sobre os custos de produção de suínos e frangos de corte?

Você pode acessar mais informações e estudos detalhados sobre os custos de produção de suínos e frangos de corte no site da Embrapa.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Verifique a Fonte Aqui

50022890988 f25b346801 k

Os custos de produção de suínos e de frangos de corte registraram queda no mês de março nos estados líderes em produção e exportação, segundo os estudos registrados pela Embrapa Suínos e Aves em sua Central de Inteligência de Aves e Suínos.

Suíno

Em Santa Catarina, o custo de produção por quilo de suíno vivo produzido em sistema tipo ciclo completo chegou aos R$ 5,61, queda de 1,42% em relação a fevereiro. No ano, o acumulado é de -9,52%, o que fez o ICPSuíno cair para 321,12 pontos. O custo com a alimentação dos suínos determinou esse recuo, caindo a R$ 4,09, o que representou 73,33% do custo total.

Frango

Já os custos de produção do quilo do frango de corte no Paraná foram de R$ 4,27 em março, queda de 2,39% em comparação com fevereiro. No ano, o acumulado é de -3,14%, o que fez o ICPFrango cair para 330,66 pontos. Os custos se referem a produção em aviário tipo climatizado com pressão positiva.

Assim como na suinocultura, o custo com a alimentação das aves determinou esse recuo, caindo a R$ 2,84, participando em 66,39% do custo total.

Cálculo

Os estados de Santa Catarina e Paraná são usados como referência nos cálculos da CIAS por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte, respectivamente. Os custos de produção são uma referência para o setor produtivo. Entretanto, a Embrapa alerta que suinocultores independentes e avicultores sob contratos de integração devem acompanhar a evolução dos seus próprios custos de produção.

Fonte: Embrapa

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here