Presidente da Aprosoja PA destaca boas produtividades do milho colhido até aqui e ressalta chegada de novas indústrias ao estado

O desenvolvimento da agricultura no Pará está diretamente ligado à colheita da segunda safra de milho, que apresenta produtividades elevadas até o momento. Com a chegada de novas indústrias ao estado, novas oportunidades para cultivos de segunda safra estão se abrindo, ampliando as perspectivas para os produtores rurais e a economia local.

Avanço da colheita e produtividades elevadas

O presidente da Aprosoja PA, Vanderlei Silva Ataídes, destaca que as regiões do Pará estão avançando na colheita da segunda safra de milho, com produtividades médias variando entre 133 e 166 sacas por hectare. Além disso, os produtores encontram boas opções de escoamento para exportação, proporcionando um cenário positivo para o setor agrícola no estado.

Diversificação das culturas de segunda safra

Além do milho, outras culturas de segunda safra, como sorgo e gergelim, estão ganhando espaço no estado do Pará. A chegada de novas indústrias, como as de beneficiamento de gergelim, está impulsionando a diversificação agrícola, oferecendo novas oportunidades e alternativas para os produtores rurais.

Planejamento para a próxima safra de soja

Para a próxima safra de soja 2023/24, os produtores já estão se preparando e buscando estabelecer seus planejamentos. No entanto, o presidente ressalta que a relação de troca e os custos de produção não estão favoráveis no momento, indicando desafios para o setor agrícola no futuro próximo.

Patrocinadores

———————————————————————————————-

Vantagens das boas produtividades do milho colhido no Pará

Com as produtividades do milho variando entre 133 e 166 sacas por hectare no Pará, os produtores têm encontrado boas opções de escoamento para exportação via os portos paraenses. Isso representa uma oportunidade para o estado se destacar no mercado nacional e internacional, aumentando a visibilidade e a rentabilidade para os agricultores locais.

Diversificação de cultivos e chegada de novas indústrias

A chegada de novas indústrias ao estado, como a do setor de beneficiamento de gergelim, amplia as oportunidades para outros cultivos de segunda safra, como sorgo e gergelim. Isso não apenas diversifica a produção agrícola do Pará, mas também gera novas opções de renda e emprego para os produtores rurais e comunidades locais, fortalecendo a economia da região.

Desafios e planejamentos para a próxima safra de soja

Os produtores estão enfrentando desafios em relação à relação de troca e custos de produção para a próxima safra de soja 2023/24. Isso demanda um cuidadoso planejamento e busca por alternativas para otimizar os recursos disponíveis, visando garantir a rentabilidade e sustentabilidade das operações agrícolas no Pará.

Patrocinadores

————————————————————————————————–

Opções de Segunda Safra e Novas Indústrias no Pará

Com a colheita da segunda safra de milho avançando e boas perspectivas de produtividade, o Pará se destaca como um estado com oportunidades crescentes para outros cultivos de segunda safra, como o sorgo e o gergelim. Além disso, a chegada de novas indústrias, como as do setor de beneficiamento de gergelim, ampliam as opções para os produtores e fortalecem a economia do estado. A próxima safra de soja já está sendo planejada, embora os custos de produção e a relação de troca por insumos não estejam favoráveis no momento. O Pará se mostra como um cenário promissor para o agronegócio e as oportunidades de cultivo de segunda safra.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Presidente da Aprosoja PA destaca boas produtividades do milho colhido até aqui e ressalta chegada de novas indústrias ao estado que ampliam oportunidades para outros cultivos de segunda safra

Todas as regiões do Pará avançam com a colheita da segunda safra de milho, que está mais adiantada nas regiões da BR-163 e de Santarém e recém começada em Paragominas. Até aqui, com os trabalhos se concentrando nas lavouras plantadas na janela ideal, as produtividades estão elevadas. 

Patrocinadores

Segundo o Presidente da Aprosoja PA, Vanderlei Silva Ataídes, as médias até aqui variam entre 133 e 166 sacas por hectare e os produtores têm encontrado boas opções de escoamento para exportação via os portos paraenses. 

Além do milho, novas opções de segunda safra como sorgo e gergelim vem crescendo no estado, inclusive, diante da chegada de novas indústrias como do setor de beneficiamento de gergelim. 

Já para a próxima safra de soja 2023/24, a liderança destaca que os produtores estão avançando com os planejamentos e buscando trocas por insumos, mas aponta que a relação de troca e os custos de produção não estão favoráveis neste momento. 

FAQs:

1. Qual a média de produtividade da segunda safra de milho no Pará? 

Até agora, as produtividades variam entre 133 e 166 sacas por hectare, com as lavouras plantadas na janela ideal apresentando os melhores resultados.

Patrocinadores

2. Quais são as opções de escoamento para exportação do milho no estado?

Os produtores têm encontrado boas opções de escoamento para exportação via os portos paraenses.

3. Além do milho, que outros cultivos de segunda safra estão crescendo no estado? 

Opções como sorgo e gergelim estão crescendo, principalmente com a chegada de novas indústrias, como as do setor de beneficiamento de gergelim.

4. Como está a preparação para a próxima safra de soja 2023/24? 

Os produtores estão avançando com os planejamentos e buscando trocas por insumos, porém a relação de troca e os custos de produção não estão favoráveis neste momento.

5. Qual é a situação em Paragominas em relação à colheita da segunda safra de milho? 

A colheita da segunda safra de milho em Paragominas está começando agora, estando um pouco mais atrasada do que nas regiões da BR-163 e de Santarém.

Patrocinadores

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Presidente da Aprosoja PA destaca boas produtividades do milho colhido até aqui e ressalta chegada de novas indústrias ao estado que ampliam oportunidades para outros cultivos de segunda safra

Todas as regiões do Pará avançam com a colheita da segunda safra de milho, que está mais adiantada nas regiões da BR-163 e de Santarém e recém começada em Paragominas. Até aqui, com os trabalhos se concentrando nas lavouras plantadas na janela ideal, as produtividades estão elevadas. 

Segundo o Presidente da Aprosoja PA, Vanderlei Silva Ataídes, as médias até aqui variam entre 133 e 166 sacas por hectare e os produtores têm encontrado boas opções de escoamento para exportação via os portos paraenses. 

Patrocinadores

Além do milho, novas opções de segunda safra como sorgo e gergelim vem crescendo no estado, inclusive, diante da chegada de novas indústrias como do setor de beneficiamento de gergelim. 

Já para a próxima safra de soja 2023/24, a liderança destaca que os produtores estão avançando com os planejamentos e buscando trocas por insumos, mas aponta que a relação de troca e os custos de produção não estão favoráveis neste momento.   

Confira a íntegra da entrevista com o Presidente da Aprosoja PA no vídeo. 

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores
Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here