novas propostas para insumos 

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) assinou nesta semana a contratação da empresa que realizará a obra do novo Laboratório de Produção de Insumos para Diagnósticos Veterinários.

A unidade fabricará insumos para o diagnóstico da brucelose e tuberculose bovina. Com a contratação, a construção deve iniciar no primeiro trimestre de 2023, no Câmpus CIC do Tecpar, em Curitiba, e tem previsão de 18 meses para ser concluída. O investimento inicial é de R$ 15,4 milhões, feito pelo Governo do Estado.

Para retomar o projeto e a obra, a atual gestão do Instituto desenvolveu um Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTF) a fim de embasar seu planejamento, já que atualmente há uma lacuna de produção de kits de diagnóstico para brucelose e tuberculose bovina no Brasil – parte da necessidade brasileira pelo insumo é coberta com importação.

A área total do novo laboratório será de 2,1 mil metros quadrados e a projeção é que, quando pronta, a unidade tenha capacidade produtiva de 40 milhões de doses ao ano.

Patrocinadores

Com a iniciativa, o Tecpar pretende fornecer o insumo com qualidade e em quantidade para todo país, a um custo menor. “Com a contratação da empresa que será responsável pela construção da nova unidade avançamos neste projeto que é importante para apoiar o agronegócio brasileiro, com kits diagnósticos veterinários para atender as demandas deste importante setor produtivo”, ressalta o diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado.

O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, que participou virtualmente da solenidade de contratação da empresa que irá construir a unidade, destacou a importância de ter o Tecpar como um laboratório público parceiro do agronegócio.

“O investimento nesta unidade é muito importante para o Paraná. Com a viabilização deste moderno laboratório, o Tecpar reforça sua atuação como braço de pesquisa e desenvolvimento no Estado”, pontuou.

Para o presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Otamir Cesar Martins, que também participou do evento virtualmente, o desenvolvimento de kits diagnósticos no Paraná pelo Tecpar reforça a segurança sanitária ao país.

“Hoje esses kits são importados e a agropecuária brasileira precisa desses importantes insumos para o combate a essas doenças”, salientou.

O consórcio que construirá o novo laboratório é o SRS LIV, formado, entre outras empresas, pela RAC Engenharia, que tem em seu portfólio clientes como a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Instituto Butantan.

Os produtos que serão fabricados atendem ao Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose (PNCEBT), vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Patrocinadores

Ao todo, sete insumos veterinários serão produzidos pelo Tecpar: tuberculina PPD bovina, tuberculina PPD aviária, antígeno acidificado tamponado (AAT), prova lenta (PL) em tubos, anel do leite Ring Test (RT), kit para diagnóstico da brucelose ovina e kit para diagnóstico da leucose bovina.

Saiba o objetivo do seu laboratório

Primeiramente devemos nos propor esta reflexão. Pode até parecer básico, mas não é. Provavelmente 9 entre 10 médicos veterinários responderiam: fazer exames laboratoriais. Mas vejamos: esta é a necessidade, não o objetivo!

Objetivo é aquilo que é mais profundo e pessoal, é o que
motiva. Pode-se abrir um laboratório com o fim de aumentar a rentabilidade, para quem, por exemplo, já tem um número de exames que justifique isto. No caso de clínicas ou hospitais que precisem dos resultados mais rapidamente, a meta
pode ser a agilidade, e assim por diante.

Saber o objetivo do laboratório veterinário brilha no primeiro lugar da nossa lista porque ele é definitivo na hora de escolher diversos aspectos e, dentre eles, o mais importante: o quadro de equipamentos com o qual se contará. Há equipamentos para todas as finalidades: os mais rápidos, os mais independentes, os mais acurados, os mais portáteis, etc.

Patrocinadores

Fonte

agricultura agricultura de precisão agricultura familiar agrolink agronegocio agrotoxico arroz avicultura biodiesel biotecnologia boi brasil cabras café cavalo certificação consultoria crédito rural descubra ensino à distância etanol feijão flores frutas gado gado de corte geladeiras gestão rural milho noticias ovelha para pasto pecuaria pecuária leiteira pragas na agricultura Qual saúde Animal seguro rural setor sucroenergético SOJA suinocultura Treinamento trigo Turismo rural

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here