A JBS Investe R$150 milhões em Expansão no Mato Grosso do Sul

A JBS anunciou um investimento de R$150 milhões para expandir a capacidade de processamento e a força de trabalho de sua unidade Campo Grande II, localizada no Mato Grosso do Sul. Essa expansão tornará a planta a maior processadora de carne bovina da América Latina e uma das três maiores da JBS no mundo.

A Ampliação da Capacidade de Processamento

Com o investimento, a JBS pretende aumentar o processamento diário de animais na unidade Campo Grande II de 2,2 mil para 4,4 mil. Além disso, a força de trabalho na fábrica também dobrará, passando de 2,3 mil colaboradores para 4,6 mil.

O Primeiro Embarque para a China

Nesta sexta-feira, a JBS realizou o primeiro embarque de carne bovina para a China a partir da unidade Campo Grande II, que foi uma das 38 plantas habilitadas pelo governo chinês recentemente. Esse marco representa um importante avanço para a empresa e para o agronegócio brasileiro como um todo.

———————————————————————————————-

Patrocinadores

Desenvolvimento

A JBS anunciou um investimento significativo de R$ 150 milhões para duplicar a capacidade de processamento da unidade Campo Grande II, em Mato Grosso do Sul. Essa expansão tem como objetivo aumentar a quantidade de animais processados diariamente, passando de 2,2 mil para 4,4 mil, o que tornará a planta a maior processadora de carne bovina da América Latina.

Expansão da força de trabalho

Além do aumento na capacidade de processamento, a JBS também planeja dobrar a força de trabalho da unidade, passando de 2,3 mil colaboradores para 4,6 mil. Com mais funcionários, a empresa conseguirá atender à demanda crescente por carne bovina tanto no mercado nacional quanto internacional.

Implicações no mercado de exportação

Com essa expansão, a unidade Campo Grande II da JBS se torna uma peça fundamental no mercado de exportação de carne bovina brasileira. A habilitação para exportar carne para a China, um dos maiores importadores do produto, é um marco importante nesse processo. Além disso, as novas fábricas habilitadas em Mato Grosso do Sul representam um aumento significativo nas exportações do estado, impulsionando as vendas do Brasil no mercado internacional.

Impacto econômico e social

Essa expansão da JBS não apenas tem um impacto econômico positivo, gerando investimentos e empregos, mas também fortalece a posição do Brasil como um dos principais players no setor de carne bovina. A empresa destaca o potencial atrativo do país para investimentos no agronegócio, o que pode trazer ainda mais desenvolvimento para o setor e para a região onde a unidade está localizada.

Patrocinadores

————————————————————————————————–

Expansão da JBS em Mato Grosso do Sul: uma oportunidade para o agronegócio brasileiro

A expansão da unidade Campo Grande II da JBS em Mato Grosso do Sul representa não apenas um marco importante para a empresa, mas também uma oportunidade significativa para o agronegócio brasileiro como um todo. Com a duplicação da capacidade de processamento e o aumento da força de trabalho, a planta se tornará a maior processadora de carne bovina da América Latina, consolidando o Brasil como um polo de exportação de proteína animal.

Novas oportunidades para exportação e crescimento

Com a habilitação de novas plantas para exportação de carne bovina para a China, o Brasil aumenta sua presença no mercado internacional e fortalece sua posição como um dos principais players globais no setor. Essa expansão não apenas beneficia o estado de Mato Grosso do Sul, mas também impulsiona as exportações brasileiras, criando novas oportunidades de crescimento e desenvolvimento para o país.

Impacto econômico e perspectivas futuras

O investimento da JBS e a expansão de sua unidade em Mato Grosso do Sul têm um impacto econômico significativo, gerando empregos, aumentando a produção e fortalecendo as relações comerciais do Brasil com outros países. Além disso, essa iniciativa reflete o potencial do agronegócio brasileiro e a sua capacidade de inovar e se adaptar às demandas do mercado global. Com uma visão estratégica e investimentos assertivos, o setor agropecuário brasileiro pode continuar a crescer e se destacar no cenário internacional.

Patrocinadores

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

JBS anuncia investimento de R$ 150 milhões em unidade Campo Grande II

A JBS anunciou um investimento significativo para duplicar a capacidade de processamento de sua unidade Campo Grande II, em Mato Grosso do Sul, tornando-a a maior processadora de carne bovina da América Latina. Com essa expansão, a empresa pretende aumentar a produção diária de 2,2 mil animais para 4,4 mil, além de dobrar sua força de trabalho de 2,3 mil colaboradores para 4,6 mil.

FAQs

1. Qual é o investimento anunciado pela JBS para a unidade Campo Grande II?

A JBS anunciou um investimento de R$ 150 milhões para expandir a capacidade de processamento de sua unidade Campo Grande II.

2. Quantos animais a empresa pretende processar diariamente após a expansão?

A empresa pretende aumentar a produção diária de 2,2 mil animais para 4,4 mil após a expansão.

Patrocinadores

3. Quantos colaboradores a JBS terá na unidade Campo Grande II após a duplicação da capacidade?

A força de trabalho da unidade Campo Grande II será ampliada de 2,3 mil colaboradores para 4,6 mil após a expansão.

4. Qual foi o marco importante celebrado pela empresa durante o anúncio do investimento?

No evento, a JBS comemorou o primeiro embarque de carne bovina para a China, um dos principais importadores da carne brasileira.

5. Além da China, para quais outros destinos a unidade Campo Grande II exporta sua produção?

A unidade Campo Grande II da JBS exporta sua produção para países como Estados Unidos, Argélia, Egito, Emirados Árabes Unidos, Argentina, União Europeia e Chile, além da China.

Essa expansão é um marco importante não apenas para a JBS, mas também para o agronegócio brasileiro, evidenciando o potencial do país para investimentos nesse setor. A inclusão de novas fábricas habilitadas para exportação de proteína bovina traz benefícios não apenas para a empresa, mas também para Mato Grosso do Sul e para as exportações brasileiras como um todo.

Patrocinadores

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

A JBS anunciou um investimento de R$ 150 milhões para duplicar a capacidade de processamento e a força de trabalho da unidade Campo Grande II, em Mato Grosso do Sul. A expansão tornará a planta a maior processadora de carne bovina da América Latina e uma das três maiores da JBS no mundo.

Para que o volume processado diariamente passe de 2,2 mil animais para 4,4 mil, a empresa vai passar de 2,3 mil colaboradores para 4,6 mil.

Nesta sexta-feira (12), a empresa fez o anúncio durante um evento que celebrava um marco importante para a fábrica: o primeiro embarque de carne bovina para a China, um dos maiores importadores da carne bovina do Brasil.

Patrocinadores

A unidade Campo Grande II da JBS foi uma das 38 habilitadas pelo governo chinês recentemente, em 12 de março passado.

Gilberto Tomazoni, CEO global da JBS, destacou a importância dessas habilitações para o agronegócio brasileiro, ressaltando o atrativo do país para investimentos nesse setor.

“Operamos em muitos países ao redor do mundo e nenhum deles é hoje tão atrativo quanto o Brasil para se investir no agronegócio”, afirmou.

JBS02JBS02
JBS habilitado e superlativo na América Latina. 3

Antes dessa habilitação, o Brasil já tinha 106 plantas autorizadas a exportar carne bovina para a China. Com a inclusão das novas, o número subiu para 144.

A recente expansão também beneficia Mato Grosso do Sul, um dos principais produtores de gado do Brasil, que passou de três para nove fábricas habilitadas para exportação de proteína bovina.

Patrocinadores

Com as novas habilitações, as fábricas do estado podem exportar um volume equivalente a 2,3 milhões de animais, um aumento significativo que deve impulsionar as exportações brasileiras.

A unidade foi adquirida em 2010 e atualmente produz 440 toneladas de carne e 136 toneladas de hambúrgueres diariamente, com destinos além da China, incluindo Estados Unidos, Argélia, Egito, Emirados Árabes Unidos, Argentina, União Europeia e Chile.

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here