Introdução: Tecnologias de destaque na Tecnofam 2024 da Embrapa Gado de Corte

A Embrapa Gado de Corte marcará presença na Tecnofam – Tecnologias e Conhecimento para a Agricultura Familiar, com um portfólio abrangente que inclui protocolos para fêmeas precoces, técnicas de reprodução para touros jovens, cultivares de capins e leguminosas, e controle de carrapatos. Neste artigo, exploraremos em detalhes cada uma dessas tecnologias de destaque e como elas podem impactar positivamente a produção agropecuária. Em meio a oficinas, palestras e atendimentos presenciais, os técnicos e pesquisadores da Embrapa estarão disponíveis para compartilhar seu conhecimento e orientar os produtores do sul de MS.

Relevância da Tecnofam 2024

A Tecnofam é um evento fundamental para os agricultores familiares que buscam se atualizar com as mais recentes inovações e boas práticas no campo. Ao participar deste evento, os produtores terão acesso a informações valiosas que podem otimizar suas produções e garantir maior eficiência em suas atividades agropecuárias. Vamos explorar cada uma das tecnologias apresentadas pela Embrapa Gado de Corte e como elas podem ser aplicadas no dia a dia das propriedades rurais.

Além disso, confira abaixo esses posts:

MEGA SORGO SANTA ELISA

Patrocinadores

Pragas de Milho e Sorgo: Descubra as Ameaças Ocultas para Sua Colheita

06 Dicas Essenciais para Plantar Sorgo com Sucesso

Silagem de Sorgo

Capins e Leguminosas

Neste segmento da Tecnofam, os técnicos da Embrapa Gado de Corte apresentarão as últimas cultivares de capins e leguminosas, destacando suas características e recomendações de uso para a pecuária de corte e leiteira.

Patrocinadores

Dentre os capins, o destaque será para o capim BRS Quênia, conhecido por sua alta produção, qualidade da forragem e facilidade de manejo. Comparativamente às cultivares Tanzânia e Mombaça, o BRS Quênia se destaca por sua melhor arquitetura de planta, facilitando o manejo do pastejo.

Outra alternativa é a cultivar híbrida BRS Tamani, indicada para solos de média a alta fertilidade. Seu porte baixo proporciona cobertura de solo e alto valor nutritivo, além de ter uma boa persistência em diferentes condições climáticas.

Braquiárias e Outras Opções

Além dos panicuns, os técnicos também apresentarão as opções de braquiárias, como a BRS RB331 Ipyporã, um híbrido que combina características de resistência e alto valor nutritivo. Essa cultivar é ideal para o período seco e para sistemas de produção integrados.

Ao considerar braquiárias mais tradicionais, a BRS Piatã se destaca pelo valor nutritivo e rápido crescimento, sendo uma opção com manejo semelhante ao capim-marandu.

Patrocinadores

Os estilosantes Campo Grande e Bela também estarão em destaque, sendo indicados para a recuperação de solos e fornecimento de nitrogênio nos sistemas de produção familiar.

Além disso, confira abaixo esses posts:

Preço do Bezerro Nelore e Mestiço Atualizado

Preço da vaca Nelore e Mestiça Atualizado

Patrocinadores

Preço do Milho Atualizado

Preço da Soja Atualizado

Conclusão

A participação da Embrapa Gado de Corte na Tecnofam 2024 foi fundamental para apresentar tecnologias e conhecimentos essenciais para a agricultura familiar. A abordagem sobre o controle de carrapatos, a introdução de novas cultivares de capins e leguminosas, e a técnica de reprodução para touros jovens foram pontos de destaque durante o evento.

A importância de cuidar da saúde dos animais e do solo, bem como a busca por raças mais produtivas e resistentes, mostraram a preocupação da Embrapa em contribuir para o desenvolvimento sustentável da pecuária brasileira. A disseminação dessas informações foi fundamental para os produtores presentes, que puderam entender como aplicar essas tecnologias em suas propriedades.

Patrocinadores

Em resumo, a Tecnofam foi uma oportunidade única para os agricultores familiares do sul de Mato Grosso do Sul se atualizarem e melhorarem suas práticas, visando um aumento de produtividade e sustentabilidade em suas atividades agrícolas.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Análise das Tecnologias Apresentadas pela Embrapa na Tecnofam 2024

A Embrapa Gado de Corte estará presente na Tecnofam 2024 com um portfólio de tecnologias voltadas para a agricultura familiar, incluindo técnicas de reprodução para fêmeas precoces e controle de carrapatos. Confira abaixo as principais informações sobre essas tecnologias e como elas podem beneficiar os produtores rurais da região sul de MS.

FAQs sobre as Tecnologias da Embrapa na Tecnofam 2024

1. Qual a importância do controle de carrapatos para a produtividade do rebanho?

O controle de carrapatos é essencial, pois o parasita pode causar perdas significativas na produção de leite e carne, além de representar riscos à saúde humana e animal. As oficinas da Embrapa na Tecnofam abordarão estratégias para evitar a contaminação e tratar os animais adequadamente.

Patrocinadores

2. Quais são as cultivares de capins apresentadas pela Embrapa?

A Embrapa apresentará diversas cultivares de capins, como o BRS Quênia, BRS Tamani e BRS Zuri, que são indicados para diferentes condições de solo e manejo. Esses capins visam melhorar a produtividade e a qualidade da forragem nos sistemas de produção pecuária.

3. O que é o Protocolo Embrapa +Precoce P14?

O Protocolo Embrapa +Precoce P14 é uma tecnologia de reprodução que permite trabalhar com fêmeas bovinas da raça Nelore, com idade entre 12 e 16 meses, garantindo índices adequados de fertilidade e produtividade. Essa técnica é importante para a melhoria da qualidade da carne e eficiência dos sistemas de produção.

4. Qual a diferença entre sêmen refrigerado e congelado na reprodução animal?

O sêmen refrigerado é indicado para touros jovens e favorece a taxa de prenhez, pois é mantido a uma temperatura de cinco graus até a inseminação. Já o sêmen congelado é colhido e mantido a -196 °C, sendo mais utilizado para conservação a longo prazo. Ambas as técnicas serão abordadas pela Embrapa na Tecnofam.

5. Como os técnicos da Embrapa poderão auxiliar os produtores durante o evento?

Os técnicos e pesquisadores da Embrapa estarão disponíveis para tirar dúvidas, oferecer orientações e realizar atendimentos presenciais para verificar a resistência dos carrapatos aos carrapaticidas, por exemplo. Eles serão essenciais para garantir o sucesso na implementação das tecnologias apresentadas.

Patrocinadores

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Verifique a Fonte Aqui

portaldbo tecnofam
Foto: Reprodução / Embrapa

Protocolo para fêmeas precoces, técnica de reprodução para touros jovens, cultivares de capins e leguminosas e controle de carrapatos: esse é o portfólio de tecnologias que a Embrapa Gado de Corte (Campo Grande, MS) levará a edição 2024 da Tecnofam – Tecnologias e Conhecimento para a Agricultura Familiar.

Em oficinas a campo, em palestras ou no estande, os técnicos e pesquisadores da Embrapa estarão presentes durante os dias do evento para atender os produtores do sul de MS.

Com oficinas, todos os dias, o parasitologista Renato Andreotti e sua equipe voltam à Tecnofam para reforçar como o carrapato na propriedade rural pode afetar a produtividade do rebanho, e também trazer riscos à saúde humana e animal.

“É sempre importante ressaltar que dependendo do número de carrapatos, as perdas podem girar ao redor de 90 litros de leite por ano. Isso é muito para uma produção de pequeno porte”, destaca Andreotti. Cuidados para evitar a contaminação do produtor, tratamento adequado, orientações quanto à genética e manejo serão abordados nas oficinas.

Além desses laboratórios, como definiu Andreotti, haverá atendimento presencial com o pesquisador e os analistas Jacqueline Barros e Marcos Valério, a fim de verificar a resistência desses parasitas aos carrapaticidas, por meio de amostras.

VEJA TAMBÉM | MS: prévia do Sistema Diamantino será apresentada durante a Tecnofam 2024

O serviço é gratuito e feito pela Embrapa Gado de Corte. A busca por raças e cruzamentos mais produtivos implica no cruzamento com raças europeias, mais suscetíveis ao carrapato. Por isso, o controle dessa praga se faz cada vez mais importante.

Capins para pecuária de corte e leiteira – As cultivares forrageiras lançadas, recentemente, do extenso portfólio da Embrapa estarão à mostra. Os técnicos Joaquim Castilho e Haroldo Queiroz, veteranos de Tecnofam, vão apresentar as características dos capins e recomendações de uso.

No grupo dos panicuns, o capim BRS Quênia apresenta alta produção, forragem de qualidade e fácil manejo. O diferencial do material, em relação às cultivares Tanzânia e Mombaça, é a melhor arquitetura de planta, facilitando o manejo do pastejo.

Para solos de média a alta fertilidade, há a cultivar híbrida BRS Tamani. Seu porte baixo proporciona cobertura de solo e alto valor nutritivo. O capim tem bom estabelecimento quando implantado e elevada persistência nos períodos seco e chuvoso.

Com alto grau de resistência à mancha das folhas, causada pelo fungo Bipolaris maydis, a cultivar de Panicum maximum BRS Zuri é outra opção para intensificar o sistema produtivo e em substituição ao Tanzânia em propriedades atingidas pelo fungo.

De Olho no Campo | Capim Ipyporã, o baixinho bom de briga; vídeo

Já entre as braquiárias, o primeiro híbrido de braquiária da empresa, a BRS RB331 Ipyporã, é fruto do cruzamento de Brachiaria ruziziensis (R) com Brachiaria brizantha (B) e reúne as melhores características de cada uma delas – resistência a cigarrinhas de uma B. brizantha e o alto valor nutritivo da B. ruziziensis.

Para o período seco e sistemas de produção integrados, há a cultivar Paiaguás, sendo de fácil utilização com milho safrinha e uma boa alternativa na entressafra da soja. Critérios como produtividade, vigor e produção de sementes são destaques, assim como resolver o problema do “boi sanfona”.

Mais antiga um pouco, mas muito adotada, a BRS Piatã é uma planta de porte médio e se destaca pelo elevado valor nutritivo e alta taxa de crescimento e rebrota, com sistema de manejo semelhante ao capim-marandu.

Além de panicuns e braquiárias, os estilosantes Campo Grande e Bela estarão pelos lotes. Joaquim e Haroldo abordarão o uso dos materiais para recuperação de solos, o fornecimento de nitrogênio para os sistemas produtivos e outras vantagens para os sistemas de produção familiar.

Reprodução animal e precocidade – O Protocolo Embrapa +Precoce P14, ou simplesmente, P14, é uma tecnologia que possibilita trabalhar com fêmeas bovinas da raça Nelore, com idade entre 12 e 16 meses de idade e com índices adequados de fertilidade e produtividade.

Revista DBO | Manual para precocinhas

A precocidade é um dos mais importantes parâmetros de escolha para melhoria da qualidade da carne e de eficiência de sistemas de produção de bovinos de corte, porque além de ampliar a taxa de prenhez, acelera o alcance de peso corporal no início da idade reprodutiva.

Outro caminho para a fertilidade é o uso de sêmen refrigerado, indicado para touros jovens e que também favorece a taxa de prenhez. Diferente do sêmen congelado, colhido e mantido a -196 °C até seu uso; o refrigerado é colhido, diluído e mantido a uma temperatura de cinco graus até a inseminação.

No estande da Embrapa Gado de Corte, Juliana Correa e Rodrigo Gomes, pesquisadores nessas áreas, estarão presentes para sanar dúvidas e oferecer orientações.

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here