O poder da renovação de pastagem: uma alternativa sustentável e acessível

Investir em uma renovação convencional de pastagem quase sempre é uma pancada no bolso do pecuarista, sobretudo do pequeno produtor. Uma eficiente e sustentável alternativa vem sendo estudada há quatro anos pela Embrapa, em parceria com a Fundapam e Latina Seeds, com previsão de validação ainda para 2024.

Quem for à Tecnofam 2024 (Tecnologias e Conhecimentos para a Agricultura Familiar), que acontece nos dias 16, 17 e 18 de abril, em Dourados (MS) poderá ver uma prévia bem enxuta deste modelo.

———————————————————————————————-

Desenvolvimento

Investir em uma renovação convencional de pastagem quase sempre é uma pancada no bolso do pecuarista, sobretudo do pequeno produtor. No entanto, uma alternativa eficiente e sustentável está sendo desenvolvida pela Embrapa, em parceria com a Fundapam e Latina Seeds, com previsão de validação para 2024. Durante a Tecnofam 2024 (Tecnologias e Conhecimentos para a Agricultura Familiar) em Dourados (MS), os visitantes poderão conferir uma amostra do “Sistema Diamantino” em ação.

Patrocinadores

Conjugação de fontes de nutrição

O Sistema Diamantino visa gerar duas fontes de nutrição bovina para o período de maior restrição alimentar. A combinação de silagem em grande quantidade e um pasto vigoroso, resultado dos tratos agronômicos na implantação e do alto poder de enraizamento do Sorgão Gigante, promete benefícios significativos para a sustentação da biota do solo e a estabilidade produtiva.

Processo de validação e possibilidades futuras

O processo de validação do Sistema Diamantino está em andamento em áreas de cultivo na Embrapa Agropecuária Oeste, além de duas propriedades em Mato Grosso do Sul. Os estudos envolvem propostas de consórcios do Sorgão Gigante com diferentes capins, em espaçamentos específicos, sob a coordenação de pesquisadores experientes. A Latina Seeds está avaliando as possibilidades de lançamento oficial da nova tecnologia em 2024, reconhecendo seu potencial para a recuperação de áreas degradadas e os benefícios ambientais que pode trazer para a pecuária.
————————————————————————————————–

Conclusão: Alternativa sustentável para renovação de pastagens

A tecnologia do Sistema Diamantino apresenta uma alternativa eficiente e sustentável para a renovação de pastagens. Com a conjugação do Sorgão Gigante e do capim BRS Zuri, é possível fornecer duas fontes de nutrição bovina, gerando silagem em grande quantidade e um novo pasto vigoroso.

Além disso, os estudos em andamentos demonstram que o Sistema Diamantino contribui para a sustentação da biota do solo, descompactação, aeração, hidratação, nutrição e estabilidade produtiva. A possibilidade de uma renovação para a própria pecuária se mostra promissora e alinhada com os compromissos ambientais do Brasil.

Patrocinadores

Com previsão de validação até 2024, o lançamento oficial dessa tecnologia representa uma oportunidade de recuperação de áreas degradadas, colaborando para o desenvolvimento sustentável da pecuária.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Renovação de Pastagem: Conheça o Sistema Diamantino

Investir em uma renovação convencional de pastagem quase sempre é uma pancada no bolso do pecuarista, sobretudo do pequeno produtor. Uma eficiente e sustentável alternativa vem sendo estudada há quatro anos pela Embrapa, em parceria com a Fundapam e Latina Seeds, com previsão de validação ainda para 2024.

Quem for à Tecnofam 2024 (Tecnologias e Conhecimentos para a Agricultura Familiar), que acontece nos dias 16, 17 e 18 de abril, em Dourados (MS) poderá ver uma prévia bem enxuta deste modelo.

Patrocinadores

O que é o Sistema Diamantino?

O Sistema Diamantino é um novo método de renovação de pastagem desenvolvido pela Embrapa, em parceria com Fundapam e Latina Seeds, que visa proporcionar sustentabilidade e eficiência ao processo.

Como funciona a conjugação de plantio do Sistema Diamantino?

O Sistema Diamantino consiste em um cultivo em consórcio do Sorgão Gigante com o capim BRS Zuri, visando gerar duas fontes de nutrição bovina para o período de maior restrição alimentar.

Qual a importância do enraizamento profundo do Sorgão Gigante?

O alto poder de enraizamento profundo do Sorgão Gigante contribui para um novo pasto vigoroso, sustentando a biota do solo e melhorando a estabilidade produtiva.

Onde posso obter mais informações sobre o Sistema Diamantino?

Os interessados em conhecer mais detalhes sobre o Sistema Diamantino podem visitar o estande da Latina Seeds na Tecnofam 2024, em Dourados (MS), onde poderão receber informações e solicitar uma amostra de sementes do Sorgão Gigante.

Patrocinadores

Quais são os próximos passos para a validação do Sistema Diamantino?

O processo de validação do Sistema Diamantino está em andamento, envolvendo áreas de cultivo na Embrapa Agropecuária Oeste e em duas propriedades em Mato Grosso do Sul. A previsão é de que a tecnologia seja oficialmente lançada em 2024.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Investir em uma renovação convencional de pastagem quase sempre é uma pancada no bolso do pecuarista, sobretudo do pequeno produtor. Uma eficiente e sustentável alternativa vem sendo estudada há quatro anos pela Embrapa, em parceria com a Fundapam e Latina Seeds, com previsão de validação ainda para 2024.

Quem for à Tecnofam 2024 (Tecnologias e Conhecimentos para a Agricultura Familiar), que acontece nos dias 16, 17 e 18 de abril, em Dourados (MS) poderá ver uma prévia bem enxuta deste modelo.

Patrocinadores

Em uma pequena parcela a campo (no setor de demonstrações de tecnologias), o visitante vai se deparar com um cultivo identificado como “Sistema Diamantino”, efetivado pela Embrapa, e poderá conferir uma amostra da rebrota do plantio em consórcio do Sorgão Gigante com o capim BRS Zuri (um Panicum).

VEJA TAMBÉM | De pasto novo, produtor ‘abraça’ Sistema Diamantino

Esta conjugação visa gerar duas fontes de nutrição bovina justamente para o período de maior restrição alimentar. São elas: silagem em grande quantidade (por vezes superiores a 60 t/ha em até dois cortes) e um novo pasto vigoroso graças aos tratos agronômicos na implantação e também ao alto poder de enraizamento profundo do Sorgão Gigante.

portaldbo diamantinoportaldbo diamantino
Pasto renovado via experimento com Sistema Diamantino, pela Embrapa, em Jateí (Foto: Ariosto Mesquita)

Este predicado, em especial, reforça a sustentação da biota de solo (conjunto de seres vivos que lá vivem) e contribui para a descompactação, aeração, hidratação, nutrição e estabilidade produtiva. A ideia, portanto, é que a silagem gerada no sistema amortize ou pague, com sobras, o custo da renovação da pastagem.

Patrocinadores

O produtor interessado em obter mais detalhes pode visitar o estande da Latina Seeds, na área indoor da feira sul-mato-grossense. Além de receber informações e explicações, ele terá como solicitar uma amostra de sementes do Sorgão Gigante.

Em andamento – O processo de validação do Sistema Diamantino envolve áreas de cultivo (experimentos) na Embrapa Agropecuária Oeste e em duas propriedades: Sítio Cantinho do Céu (Jateí, MS) e Sítio Tropical (Vicentina, MS).

SAIBA MAIS | Forrageiras para intensificar a pecuária e segurar a seca; ouça

Os estudos, capitaneados pelos pesquisadores Gessi Ceccon e Marciana Retore, trabalham com propostas de consórcios do Sorgão Gigante com os capins Zuri (Panicum) e Marandu (Braquiária) em espaçamentos entre linhas de 45 cm e 90 cm.

O diretor-executivo da Latina Seeds, Willian Sawa, está avaliando as possibilidades, oportunidades e conveniências de lançamento oficial da nova tecnologia ainda em 2024.

Patrocinadores

Já recebemos convites e sugestões para o lançamento oficial, mas estamos estudando com cautela e de forma estratégica. Entendemos que este modelo se encaixa perfeitamente na atual demanda por recuperação de áreas degradadas, colaborando para o cumprimento dos compromissos ambientais do Brasil. Neste caso, o Sistema Diamantino representa a possibilidade de uma renovação para a própria pecuária”, disse o diretor-executivo da empresa, em nota.

Fonte: Ascom Latina Seeds

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here