Pular para o conteúdo

BEZERRO VALORIZA R$ 525/CAB NOS ÚLTIMOS 12 MESES

Arroba Do Boi Voltou A 328 Reais Vai Continuar A Subir ?

O fechamento de janeiro trouxe um balanço positivo na cotação da reposição, o bezerro teve alta nas principais praças pecuárias pelo país, com valorizações de até R$ 525/cab;

Confira!

O mercado de reposição trabalhou com preços firmes ao longo de janeiro, mostrando que o mercado seguirá precificado nos atuais preços, sendo praticamente impossível um recuo muito grande.

No entanto, o pedido por preços maiores tem retraído os compradores, resultando em um menor volume de negócios neste início de ano. Porém, no comparativo anual, os valores do bezerro valorizaram cerca de R$ 525/cab.

Confira onde!

Segundo os dados complementares, no comparativo dos últimos 12 meses, o mercado viveu uma grande valorização nas categorias da reposição – boi magro, garrote, fêmeas e bezerros – que foram, em grande parte, superiores as observadas no mercado do boi gordo.

Tal situação reduziu o estímulo das compras e, aliado a nutrição também mais cara, os pecuaristas da recria/engorda, estão optando por animais mais erados neste momento.

Mudança no cenário do bezerro em janeiro

Os preços do boi gordo, neste ano, estão firmes a patamares elevados, se mantendo em um patamar recorde de R$ 350,00/@ para animais que atendem o padrão exportação.

De certa forma, esses patamares de preços do boi gordo ainda resultam em uma vantajosa relação de troca aos recriadores e invernistas que estão mais aberto as negociações no mercado de reposição.

Nos leilões realizados nesta semana, a oferta de animais se mostrou maior em algumas praças pecuárias, mas a liquidez também evolui, a ponto de garantir suporte aos preços vigentes, o que deve trazer uma melhor expectativa no curto prazo Porém, a seca que afeta outras regiões do País limita as comercializações e neutraliza movimentos de recuperação nos preços.

“Evidentemente, naquelas regiões onde as condições de pastagem estão com maior suporte, a dinâmica de negócios vem evoluindo com maior regularidade”

Destaca a consultoria.

Conforme citado acima, os preços tiveram grande valorização nas praças pecuárias pelo país nos últimos doze meses. Com isso, os valores mostrados no comparativo anual, disponibilizado pela Agrobrazil, mostra que foi em Minas Gerais e Mato Grosso – região com grande demanda – que os preços dos bezerros tiveram maiores valorizações, R$ 525,00/cab e R$ 512,13/cab, respectivamente.

Comparativo bezerro Reposição em São Paulo

  1. Os preços da reposição seguem firmes nas praças paulistas.
  2. Confira como estão os preços e as relações de troca, segundo a Scot Consultoria:
  3. Boi Magro: R$ 4.300 – R$ 11,47/kg – 1,47 (relação de troca)
  4. Garrote: R$ 3.600 – R$ 12,00/kg – 1,75 (relação de troca)
  5. Bezerro: R$ 3.200 – R$ 13,33/kg – 1,97 (relação de troca)
  6. Desmama: R$ 2.900 – R$ 14,87/kg – 2,18 (relação de troca)
Nelore X Montana Bezerro Heterose 2 Bezerro Valoriza R$ 525/Cab Nos Últimos 12 Meses

Quebra na safra de grãos e giro pelo Brasil

Além disso, relata a IHS, a quebra da safra de grãos em alguns Estados acendeu a luz amarela em muitas regiões, onde os agentes agora passam a acompanhar de perto os possíveis desdobramentos para as lavouras de inverno, sobretudo de milho de segunda safra.

Na região Centro-Oeste, informa a IHS, os preços dos animais de reposição seguem firmes nos estados do Mato Grosso e de Goiás, onde a liquidez dos leilões tem sido elevada, com agentes já planejando plantel para o ano de 2022.

Nesses dois Estados, acrescenta a IHS, os pastos apresentam boas condições e a perspectiva de boas chuvas para segunda safra de milho traz certo otimismo aos recriadores e invernistas.

Porém, no Mato Grosso do Sul, o mercado está truncado, com fluxo irregular de negócios.

No Estado, diz a IHS, há muitas regiões com seca e isso eleva a preocupação entre os agentes do mercado. Bezerro.

Bezerros Tabapua Raca Bezerro Valoriza R$ 525/Cab Nos Últimos 12 Meses
Foto: Tabapuã da Gê 05 No Sudeste,

o mercado de reposição segue estável no interior de São Paulo e em Minas Gerais.

Especialmente no mercado mineiro, a oferta de animais jovens é enxuta, o que tem dado suporte aos preços locais. Em São Paulo, o clima quente e seco prejudica os negócios, relata a IHS.

Na região Sul, mercado de reposição está truncado também devido ao clima adverso. No Norte do País, oferta de animais cresceu, mas preços da reposição se sustentando depois das baixas acumuladas nas últimas semanas. Mercado de reposição travado na maior parte do país

Ao longo de janeiro, as cotações estão 1,5% maiores em comparação com a média de dezembro. Também no último mês a demanda por machos cresceu, resultando em valorização de 1,7% na média entre todos os estados monitorados”

diz Thayná Drugowick, analista da Scot Consultoria.

Ainda segundo a analista, para fevereiro, a expectativa é de que a boa demanda por machos mantenha as cotações sustentadas. Diante dessa tendência, a indicação para aqueles que precisam repor os seus estoques de animais, é comprar lotes menores e estar de olho nos custos de nutrição destes animais.

Leia mais Comprerural

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.