Noticias do Jornal do campo Soberano
Boa leitura!
[Subtítulo 1: O 11º Prêmio Região do Cerrado Mineiro bate recorde de inscrições]

O 11º Prêmio Região do Cerrado Mineiro alcançou um feito extraordinário ao receber um recorde de 500 inscrições para amostras de café, superando as 370 inscrições do ano anterior. Essa conquista demonstra o reconhecimento e a valorização do trabalho árduo dos cafeicultores da região na produção de cafés de alta qualidade.

[Subtítulo 2: Categorias do Prêmio]

O Prêmio é dividido em três categorias: Café Natural, Cereja Descascada e Fermentação Induzida. Neste ano, foram registradas 242 inscrições na categoria Café Natural, 64 na categoria Cereja Descascada e 194 na categoria Fermentação Induzida. Cada produtor teve a oportunidade de cadastrar até duas amostras por propriedade, uma na categoria Cereja Natural ou Descascada e outra na categoria Fermentação Induzida.

Patrocinadores

[Subtítulo 3: Valorizando os cafeicultores]

A iniciativa do Prêmio Região do Cerrado Mineiro tem como objetivo reconhecer e premiar os melhores cafés dos 55 municípios que compõem essa região, promovendo não apenas a valorização do trabalho dos cafeicultores, mas também a responsabilidade e rastreabilidade na produção do café. A premiação também celebra a colheita anual, marcando um momento importante para a comunidade cafeicultora.

[Subtítulo 4: A importância do recorde]

O diretor executivo da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Juliano Tarabal, destaca que o recorde de 500 amostras registradas é fruto da confiança, do trabalho e da atitude das Cooperativas, associações e dos produtores do cerrado mineiro. Esse número expressivo demonstra o desejo dos produtores em participar do Prêmio e buscar o destaque em uma região conhecida pela produção de cafés diferenciados e de excelente qualidade.

Patrocinadores

[Subtítulo 5: Próximas etapas e premiação]

Após essa fase de inscrições, a próxima etapa do Prêmio é a fase “Campeões Cooperativos”, que acontecerá de 5 de outubro a 14 de novembro. Nessa fase, serão revelados os grandes vencedores de cada cooperativa, que avançarão para a Etapa Regional. A cerimônia de divulgação dos cafés premiados será realizada no dia 30 de novembro, em Uberlândia (MG). Serão premiados os produtores do primeiro ao terceiro colocados em cada uma das categorias, com prêmios em dinheiro de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente.

[Conclusão]

O 11º Prêmio Região do Cerrado Mineiro bateu um recorde de inscrições com 500 amostras registradas, superando as 370 do ano anterior. Esse recorde demonstra a confiança, dedicação e a busca por qualidade dos cafeicultores da região. O Prêmio tem como objetivo valorizar o trabalho duro dos produtores e promover a excelência na produção de cafés na região do Cerrado Mineiro.

Patrocinadores

[Perguntas com respostas]

1. Quantas inscrições o 11º Prêmio Região do Cerrado Mineiro recebeu?
O Prêmio recebeu um recorde de 500 inscrições, superando as 370 do ano anterior.

2. Quais são as categorias do Prêmio?
O Prêmio é dividido em três categorias: Café Natural, Cereja Descascada e Fermentação Induzida.

3. Quantas amostras foram registradas em cada categoria?
Foram registradas 242 amostras na categoria Café Natural, 64 na categoria Cereja Descascada e 194 na categoria Fermentação Induzida.

Patrocinadores

4. Quem organiza o Prêmio Região do Cerrado Mineiro?
O Prêmio é organizado pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado, com apoio do Sebrae Minas, cooperativas e associações locais.

5. Qual será a próxima etapa do Prêmio?
A próxima etapa é a fase “Campeões Cooperativos”, na qual serão revelados os grandes vencedores de cada cooperativa, que avançarão para a Etapa Regional.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo
Gostou das nossas dicas? Possui alguma outra que gostaria de compartilhar com a gente?
Escreva para nós nos comentários!

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

O 11º Prêmio Região do Cerrado Mineiro fez história com um feito extraordinário: um recorde de 500 inscrições para amostras de café, superando as 370 inscrições do ano passado. O Prêmio, dividido em três categorias, recebeu 242 inscrições na categoria Café Natural, 64 em Cereja Descascada e 194 em Fermentação Induzida.

De acordo com a regulamentação, cada produtor tinha a oportunidade de cadastrar até duas amostras por propriedade, uma na categoria Cereja Natural ou Descascada, acrescentando outra amostra na categoria Fermentação Induzida.

A iniciativa tem como objetivo reconhecer e premiar os melhores cafés dos 55 municípios que compõem a região do Cerrado Mineiro, valorizando o trabalho árduo dos cafeicultores na produção de cafés de alta qualidade. Além disso, preza pela responsabilidade e rastreabilidade na produção do café, ao mesmo tempo em que celebra a colheita anual.

“Esse número é fruto da confiança, do trabalho e da atitude das Cooperativas, das associações e, principalmente, dos produtores do cerrado mineiro. Estamos imensamente felizes com esse novo recorde de amostras registradas”, destaca o diretor executivo da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Juliano Tarabal.

Patrocinadores

“Nós, da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, ficamos muito felizes em receber o registro de 500 amostras. Isso demonstra o desejo do nosso produtor em participar do Prêmio Região do Cerrado Mineiro e tentar se destacar nesta região que produz cafés diferenciados e de excelente qualidade. O que realmente faz a diferença são as pessoas aqui que estão decididas a promover cada vez mais o Cerrado Mineiro, não só os produtores, mas cada um dos funcionários das nossas cooperativas e associações que trabalharam muito para chegarmos a esse número. Estamos muito felizes e queremos cada vez mais conseguir melhores preços para nossos cafés”, afirma o presidente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Gláucio de Castro.

Promovido pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado, com apoio do Sebrae Minas, o evento é organizado pelas cooperativas Carmocer, Carpec, Coocacer Araguari, Coopadap, Expocaccer e MonteCCer, integrando também as seis associações: ACA, Acarpa, Amoca, Appcer , Assocafé e Assogotardo como apoiadores.

Etapa dos Campeões Cooperativos

A próxima etapa é a fase “Campeões Cooperativos”, que começa no dia 5 de outubro e vai até 14 de novembro. Nesta fase serão revelados os grandes vencedores de cada cooperativa, que avançarão para a Etapa Regional. A cerimônia de divulgação dos cafés premiados será um evento marcante, marcado para o dia 30 de novembro, em Uberlândia (MG).

Serão premiados os produtores do primeiro ao terceiro colocados em cada uma das categorias, concorrendo os melhores cafés finalistas de cada cooperativa. Os vencedores receberão R$ 5 mil (1º lugar), R$ 3 mil (2º lugar) e R$ 2 mil (3º lugar).

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here