Noticias do Jornal do campo

Boa leitura!

Apenas as regiões Centro-Oeste e Sudeste registraram redução no preço do litro do diesel comum, de 0,59% e 0,40%, respectivamente

A última análise do Índice de Preços de Log de Ingressos (IPTL), pesquisa que consolida o comportamento dos preços das transações em postos de combustíveis, trazendo uma média precisa, apontou que, no período de 1º a 11 de agosto, o preço do litro do o diesel comum foi vendido em média a R$ 5,05, com alta de 0,60% em relação a julho. O tipo S-10 fechou os primeiros dias do mês cotado a R$ 5,17 e ficou 0,98% mais caro.

Patrocinadores

“Após reduções identificadas nos últimos meses e uma desaceleração na queda de preços identificada em julho, o preço médio do litro do diesel ficou mais caro para os motoristas brasileiros no início de agosto, refletindo o movimento do mercado de oferta e demanda crescente por combustível. Por isso, tivemos um leve aumento no Diesel regular e S-10, de R$ 0,03 e R$ 0,05, sucessivamente”, aponta Douglas Pina, Diretor Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

Na análise regional, apenas Centro-Oeste e Sudeste registraram redução no preço do litro do diesel comum, de 0,59% e 0,40%, respectivamente. Mesmo assim, os menores preços médios do tipo comum e do S-10 foram encontrados na Região Sul, em R$ 4,95 e R$ 5,00. Os aumentos mais expressivos para ambos os tipos foram identificados no Nordeste, onde o comum ficou 2,95% mais caro e fechou a R$ 5,23, e o S10 subiu 2,75% e foi vendido a R$ 5,24.

Na análise por Estado, a Paraíba se destacou com o aumento mais expressivo do país no diesel comum, de 5,89%, que fechou a R$ 5,39. No entanto, a maior média, de R$ 6,32, foi registrada no Amapá. A maior redução, de 3,61%, foi identificada nos postos de Rondônia, que vendiam o combustível a R$ 5,34. Goiás registrou o menor preço médio, R$ 4,85.

Ainda entre os destaques nacionais, a Bahia liderou com a maior alta do diesel S-10, 5,84%, que fechou a R$ 5,44. Novamente o Amapá se destacou com o maior preço médio do tipo de combustível, R$ 6,41. O Estado de Alagoas registrou a redução mais expressiva do diesel S-10, 0,76%, que fechou a R$ 5,22. Mesmo assim, o litro mais barato foi encontrado nas bombas de Pernambuco, a R$ 4,97.

Patrocinadores

O IPTL é um índice de preços de combustíveis baseado nos abastecimentos realizados nos 21.000 postos credenciados Ticket Log, com uma robusta estrutura de ciência de dados que consolida o comportamento dos preços das transações nos postos, proporcionando uma média precisa, com grande confiabilidade, devido ao número de veículos administrados pela marca: mais de 1 milhão, com média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca da linha de negócios Mobilidade da Edenred Brasil, tem mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades do cliente, oferecendo soluções modernas e inovadoras para simplificar os processos do dia a dia.

:
Para saber mais sobre o preço do diesel comum e suas variações regionais, continue lendo este artigo completo. Abaixo, você encontrará todas as informações e números relevantes para entender o comportamento desse combustível nos últimos meses.

A análise mais recente do Índice de Preços de Log de Ingressos (IPTL) revelou que, no período de 1º a 11 de agosto, o preço médio do litro do diesel comum foi de R$ 5,05, apresentando um aumento de 0,60% em relação ao mês anterior. Em contrapartida, o diesel S-10 registrou uma alta ainda maior, com 0,98% de aumento e preço médio de R$ 5,17.

Esse aumento nos preços pode ser atribuído à crescente demanda por combustíveis, refletindo as flutuações do mercado. De acordo com Douglas Pina, Diretor Geral de Mobilidade da Edenred Brasil, essa alta no preço do diesel é resultado da oferta e demanda em constante crescimento, o que ocasiona um aumento de R$ 0,03 no litro do diesel comum e de R$ 0,05 no litro de diesel S-10.

Patrocinadores

No entanto, é importante ressaltar que a redução nos preços foi observada em duas regiões do país: Centro-Oeste, com queda de 0,59%, e Sudeste, com redução de 0,40%. Já na Região Sul, encontramos os menores preços médios para o diesel comum (R$ 4,95) e para o diesel S-10 (R$ 5,00). Por outro lado, os maiores aumentos foram identificados no Nordeste, com 2,95% de aumento para o diesel comum (preço médio de R$ 5,23) e 2,75% de aumento para o diesel S-10 (preço médio de R$ 5,24).

Se analisarmos por Estado, a Paraíba se destacou com o maior aumento no preço do diesel comum, com alta de 5,89% e preço médio de R$ 5,39. Já o Amapá registrou o maior preço médio para esse tipo de combustível, com R$ 6,32. Por outro lado, a maior redução foi observada em Rondônia, onde o preço do diesel comum caiu 3,61%, chegando a R$ 5,34. Goiás apresentou o menor preço médio, R$ 4,85.

No que diz respeito ao diesel S-10, a Bahia liderou com a maior alta, registrando aumento de 5,84% e preço médio de R$ 5,44. O Amapá também se destaca com o maior preço médio para esse tipo de combustível, com R$ 6,41. Já em Alagoas, foi observada a maior redução no preço do diesel S-10, com uma queda de 0,76% e preço médio de R$ 5,22. O litro mais barato foi encontrado em Pernambuco, custando R$ 4,97.

Essas informações são baseadas no IPTL, um índice de preços de combustíveis que utiliza dados de abastecimentos realizados nos postos credenciados Ticket Log, o qual possui uma estrutura de ciência de dados confiável. A Ticket Log, marca da linha de negócios Mobilidade da Edenred Brasil, possui mais de 30 anos de experiência e oferece soluções inovadoras para simplificar os processos do dia a dia.

Patrocinadores

Conclusão:
O preço do diesel comum teve um aumento médio de 0,60% no período de 1º a 11 de agosto, chegando a R$ 5,05 por litro. Já o diesel S-10 apresentou uma alta ainda maior, com aumento de 0,98% e preço médio de R$ 5,17. As regiões Centro-Oeste e Sudeste foram as únicas a registrarem redução nos preços do diesel comum, sendo que os menores valores médios foram encontrados na Região Sul. Por outro lado, os maiores aumentos foram identificados no Nordeste. As variações de preços também foram observadas por Estado, destacando-se a Paraíba com o maior aumento no preço do diesel comum e a Bahia como líder na alta do diesel S-10.

Perguntas frequentes:

1. Qual foi a região que registrou redução nos preços do diesel comum?
– Apenas as regiões Centro-Oeste e Sudeste registraram redução nos preços do diesel comum.

2. Qual região apresentou os menores preços médios para o diesel comum e o diesel S-10?
– A Região Sul foi onde encontramos os menores preços médios para o diesel comum e o diesel S-10.

Patrocinadores

3. Qual Estado teve o maior aumento no preço do diesel comum?
– A Paraíba se destacou com o maior aumento no preço do diesel comum.

4. Qual Estado apresentou o menor preço médio para o diesel comum?
– Goiás registrou o menor preço médio para o diesel comum.

5. Qual região do Brasil teve o maior aumento no preço do diesel S-10?
– A Bahia liderou com o maior aumento no preço do diesel S-10.

Espero que este artigo atenda às suas expectativas e seja útil para a superação do site em questão nos rankings de pesquisa do Google.
Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão?

Patrocinadores

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Gostou das nossas dicas? Possui alguma outra que gostaria de compartilhar com a gente?
Escreva para nós nos comentários!

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here