O arroz SCSBRS 126 Dueto: A nova tecnologia que está revolucionando a produção de arroz

Você sabia que o arroz SCSBRS 126 Dueto, desenvolvido pela Epagri em parceria com a Embrapa, alcançou uma produtividade impressionante de 10.530,5 Kg/ha em testes realizados em Itajaí? Essa nova variedade de arroz promete mudar o cenário da produção agrícola, oferecendo maior rendimento e resistência a condições adversas.

Descubra como o Dueto se destaca entre outros cultivares de arroz

No teste realizado em uma Unidade de Referência Tecnológica (URT) sobre Competição de Cultivares de Arroz Irrigado, o SCSBRS 126 Dueto mostrou sua superioridade em relação a outros cultivares, surpreendendo os especialistas e agricultores presentes no evento. Mas o que torna essa variedade tão especial? Como ela se adapta a diferentes condições climáticas e altitudes?

Conheça as vantagens e características do SCSBRS 126 Dueto

Além disso, confira abaixo esses posts:

MEGA SORGO SANTA ELISA

Patrocinadores

Pragas de Milho e Sorgo: Descubra as Ameaças Ocultas para Sua Colheita

06 Dicas Essenciais para Plantar Sorgo com Sucesso

Silagem de Sorgo

O arroz SCSBRS 126 Dueto – Destaque em Produtividade

O arroz SCSBRS 126 Dueto, desenvolvido pela Epagri em parceria com a Embrapa, é destaque em produtividade, alcançando 10.530,5 Kg/ha em testes realizados em Itajaí. Esse resultado superou outros cultivares, demonstrando a eficácia e potencial desse novo cultivar.

Patrocinadores

Indicação para Regiões Específicas

O SCSBRS 126 Dueto é recomendado para regiões com altitude superior a 400 metros, especialmente aquelas sujeitas a quedas de temperatura durante a fase reprodutiva. Com um ciclo longo de 142-144 dias e uma produtividade média de 10.290 Kg/ha, esse cultivar se adaptou bem ao verão quente, mostrando uma vantagem diferencial devido à sua tolerância a extremos de temperatura.

Cultivo em Diferentes Altitudes

Além disso, o arroz SCSBRS 126 Dueto pode ser cultivado em regiões menos altas de Santa Catarina, desde que os produtores sigam as orientações técnicas específicas para esse cultivar. Com práticas adequadas de cultivo, como densidade e adubação nitrogenada corretas, é possível minimizar a suscetibilidade ao acamamento do cultivar em baixas altitudes, garantindo uma produção de qualidade.

Tecnologias Apresentadas

No evento de teste, os pesquisadores da Estação Experimental da Epagri em Itajaí apresentaram tecnologias para o controle de plantas daninhas do arroz, tanto na entressafra quanto na safra. Isso mostra um compromisso com a inovação e o aprimoramento constante da produção agrícola, oferecendo aos agricultores ferramentas eficazes para o manejo de suas plantações.

Além disso, confira abaixo esses posts:

Patrocinadores

Preço do Bezerro Nelore e Mestiço Atualizado

Preço da vaca Nelore e Mestiça Atualizado

Preço do Milho Atualizado

Preço da Soja Atualizado

Patrocinadores

Conclusão

O arroz SCSBRS 126 Dueto, desenvolvido pela Epagri em parceria com a Embrapa, mostrou ser uma excelente opção para produtores de arroz em regiões com altitude superior a 400 metros. Sua produtividade significativamente maior, juntamente com sua tolerância a extremos de temperatura na fase reprodutiva, o tornam uma escolha ideal para essas condições. Além disso, o Dueto pode ser cultivado em regiões menos altas, desde que os produtores sigam as orientações técnicas específicas.

Os resultados do teste realizado em Itajaí demonstram o potencial do SCSBRS 126 Dueto e oferecem aos agricultores informações valiosas para maximizar a produtividade de suas lavouras de arroz. Com a orientação adequada e o uso correto das tecnologias disponíveis, os produtores podem colher os benefícios desse cultivar em diferentes condições de cultivo.

Em resumo, o arroz Dueto representa uma oportunidade promissora para o setor agrícola, oferecendo uma alternativa de alta produtividade e adaptabilidade a diferentes ambientes. Com a disseminação dessas informações e boas práticas agrícolas, os agricultores podem otimizar seus resultados e obter sucesso em suas produções de arroz.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

Arroz SCSBRS 126 Dueto: Produtividade superior em teste realizado em Itajaí

O arroz SCSBRS 126 Dueto, desenvolvido pela Epagri em parceria com a Embrapa, alcançou uma produtividade significativamente maior que outros cultivares em um teste realizado em Itajaí. Descubra mais sobre as características desse cultivar e seu desempenho impressionante.

Perguntas Frequentes sobre o Arroz SCSBRS 126 Dueto

1. Qual foi a produtividade alcançada pelo SCSBRS 126 Dueto no teste em Itajaí?

No teste realizado em Itajaí, o SCSBRS 126 Dueto alcançou a impressionante marca de 10.530,5 Kg/ha, superando outros cultivares.

2. Em que tipo de região o SCSBRS 126 Dueto é mais indicado para cultivo?

O cultivar SCSBRS 126 Dueto é indicado para regiões com altitude superior a 400 metros, sujeitas a quedas de temperatura na fase reprodutiva. Apresenta ciclo longo e é tolerante a extremos de temperatura.

3. O SCSBRS 126 Dueto pode ser cultivado em regiões menos altas de Santa Catarina?

Sim, o SCSBRS 126 Dueto pode ser cultivado em regiões menos altas de Santa Catarina, desde que os produtores sigam as orientações técnicas específicas, como densidade e adubação adequadas.

Patrocinadores

4. Que benefícios o SCSBRS 126 Dueto oferece aos produtores?

O SCSBRS 126 Dueto apresenta vantagem diferencial em condições de verão muito quente e é adequado para processamento como arroz branco e parboilizado.

5. Quais tecnologias foram apresentadas durante o teste em Itajaí?

No evento do teste, foram apresentadas tecnologias para controle de plantas daninhas do arroz, tanto na entressafra quanto na safra, além de informações sobre o cultivar SCSBRS 126 Dueto.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

O arroz SCSBRS 126 Dueto, desenvolvido pela Epagri em parceria com a Embrapa, apresentou produtividade significativamente maior que outros cultivares, alcançando 10.530,5 Kg/ha em teste realizado em Itajaí. O teste aconteceu em uma Unidade de Referência Tecnológica (URT) sobre Competição de Cultivares de Arroz Irrigado. 

Dueto alcançou produtividade de 10.530,5 Kg/ha no teste (Fotos: Divulgação / Epagri)

O teste foi realizado em 12 de março na URT que fica na propriedade de Humberto Sales Zermiani, na comunidade rural de Rio do Meio. URTs são propriedades rurais selecionadas pela Epagri para implantação de tecnologias e que depois servirão de modelo para outros agricultores. Além do SCSBRS 126 Dueto, foram semeados para o teste os cultivares SCSBRS Tio Taka, SCS 116 Satoru,  SCS 121 CL, SCS 122 Miúra e SCS 125.

O cultivar campeão de produtividade no teste é indicado principalmente para regiões com altitude superior a 400 metros, sujeitas a quedas de temperatura na fase reprodutiva. Apresenta ciclo longo (142-144 dias) e produtividade média de 10.290 Kg/ha. Paulo Roberto Ghislandi, extensionista rural da Epagri em Itajaí, relata que, “como este foi um verão muito quente, este cultivar obteve uma vantagem diferencial, já que é tolerante a extremos de temperatura na fase reprodutiva”.

arroz dueto teste
Agricultores que participaram do evento do teste conheceram tecnologias para controle de plantas daninhas do arroz

O arroz SCSBRS 126 Dueto também pode ser cultivado nas regiões menos altas de Santa Catarina, “desde que os produtores sigam as orientações técnicas específicas deste cultivar, como densidade e adubação nitrogenada adequadas, entre outras”, alerta o extensionista. Ele afirma que, assim, é possível atenuar a suscetibilidade de acamamento do cultivar quando em baixas altitudes. O Dueto é adequado para processamento como arroz branco e parboilizado. 

Durante o evento, os pesquisadores da Estação Experimental da Epagri em Itajaí, Marcos Lima Campos do Vale e José Alberto Noldin, também apresentaram tecnologias para controle de plantas daninhas do arroz, tanto na entressafra quanto na safra. O pesquisador Alexander de Andrade apresentou as informações sobre o cultivar SCSBRS 126 Dueto.

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here