O USDA traz números fracos de vendas de grãos para exportação

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou suas vendas semanais de grãos para exportação e, mais uma vez, as vendas de soja foram abaixo do esperado. A soja 2023/24 teve vendas de 265,7 mil toneladas, 38% menor que a semana anterior. Já a safra 2024/25 vendeu 25,2 mil toneladas, com destaque para Taiwan. No caso do milho, as vendas da safra antiga alcançaram 742,2 mil toneladas, com o México como principal destino. O artigo irá abordar os detalhes dessas vendas e seus impactos no mercado.

Análise detalhada das vendas de soja e milho

O artigo irá analisar em profundidade as vendas de soja e milho divulgadas pelo USDA, destacando os números das safras 2023/24 e 2024/25. Serão abordadas as variações em relação às expectativas do mercado, os principais destinos das exportações e como esses números podem influenciar os preços e a oferta de grãos.

Impactos das vendas de derivados de soja no mercado internacional

Além das vendas de soja in natura, o artigo também irá explorar as vendas de derivados de soja, como farelo e óleo. Será discutido o volume de vendas, os destinos dos produtos e como esses números refletem a demanda por produtos derivados de soja no mercado internacional.

Além disso, confira abaixo esses posts:

Patrocinadores

MEGA SORGO SANTA ELISA

Pragas de Milho e Sorgo: Descubra as Ameaças Ocultas para Sua Colheita

06 Dicas Essenciais para Plantar Sorgo com Sucesso

Silagem de Sorgo

Patrocinadores

Análise das vendas semanais de grãos para exportação pelo USDA

Nesta semana, o USDA divulgou os números das vendas semanais de grãos para exportação, com destaque para a soja, milho e derivados. Os dados mostram um cenário de vendas abaixo do esperado para a safra 2023/24, gerando preocupações no mercado.

Vendas de soja

As vendas de soja apresentaram números decepcionantes, com apenas 265,7 mil toneladas vendidas para a safra 2023/24, abaixo das expectativas. O volume é 38% menor em relação à semana anterior e 31% menor em comparação com a média das últimas quatro semanas. O principal destino foi o Egito, mas as vendas totais ainda estão aquém do esperado, com um total de 42,602,2 milhões de toneladas vendidas até o momento, abaixo do mesmo período do ano passado.

Vendas de milho

No caso do milho, as vendas da safra velha totalizaram 742,2 mil toneladas, dentro do intervalo esperado, porém próximo às mínimas. O México se destacou como o principal destino. Já para a safra nova, foram vendidas 128,2 mil toneladas, com os mexicanos também como os principais compradores. As exportações de milho dos EUA têm se mantido acima do mesmo período do ano passado, mas ainda aquém das expectativas do USDA.

Conclusão

Diante dos números apresentados pelo USDA, fica evidente a preocupação com as vendas de soja e milho para exportação, que estão abaixo do esperado. Os principais destinos desses grãos foram o Egito e o México, respectivamente. É fundamental acompanhar de perto os próximos relatórios de vendas para avaliar a evolução do mercado e suas possíveis consequências no cenário agrícola internacional.

Patrocinadores

Além disso, confira abaixo esses posts:

Preço do Bezerro Nelore e Mestiço Atualizado

Preço da vaca Nelore e Mestiça Atualizado

Preço do Milho Atualizado

Patrocinadores

Preço da Soja Atualizado

O cenário das exportações de grãos dos EUA em 2023/24

Neste artigo, analisamos as vendas semanais de grãos para exportação pelo USDA, destacando os números fracos da soja e do milho. Também observamos o desempenho dos derivados de soja, como o farelo e o óleo. Agora, vamos concluir com uma reflexão sobre os impactos desses dados no mercado global de grãos.

Conclusão sobre o mercado de grãos

Com base nos dados apresentados, fica claro que as vendas de soja e milho dos EUA estão aquém das expectativas, tanto para a safra atual quanto para a próxima. Isso pode ser reflexo de diversos fatores, como a concorrência de outros países produtores, as condições climáticas desfavoráveis ou a demanda incerta no mercado internacional.

No entanto, apesar dos números abaixo do esperado, é importante ressaltar que o mercado de grãos é dinâmico e está sujeito a mudanças rápidas. Os produtores e traders devem ficar atentos às tendências globais, às políticas comerciais e às condições climáticas para tomar decisões estratégicas em seus negócios.

Patrocinadores

Em um cenário de incertezas e volatilidades, a análise detalhada dos dados de exportação de grãos se torna essencial para entender as dinâmicas do mercado e se antecipar às possíveis oscilações de preços e demanda. A transparência e a precisão nas informações são fundamentais para sustentar um comércio internacional eficiente e equilibrado.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Análise das Vendas Semanais de Grãos do USDA

O USDA divulgou suas vendas semanais de grãos para exportação, com destaque para a soja e o milho. Os números da soja ficaram abaixo das expectativas, com vendas de 265,7 mil toneladas da safra 2023/24. Já as vendas de milho somaram 742,2 mil toneladas, dentro do intervalo esperado. Além disso, houve também vendas de derivados de soja, como farelo e óleo, com destaque para os destinos como o Egito, México, Colômbia e Jamaica. Veja mais detalhes sobre as vendas e os principais destinos abaixo.

Perguntas Frequentes

1. Quais foram os destaques nas vendas de soja e milho do USDA?

Nas vendas de soja, o destaque foi o Egito como principal destino das 265,7 mil toneladas da safr 2023/24. Já no milho, o México se destacou com 742,2 mil toneladas.

Patrocinadores

2. Como estão as vendas em relação às expectativas do mercado?

As vendas de soja ficaram abaixo das expectativas, enquanto as de milho ficaram dentro do intervalo esperado pelo mercado.

3. Quais foram os principais destinos das vendas de derivados de soja?

Os derivados de soja tiveram destinos como a Colômbia, Jamaica e República Dominicana, demonstrando a diversidade de compradores.

4. Como estão as vendas em relação ao mesmo período do ano passado?

Em comparação ao mesmo período do ano anterior, as vendas de soja e milho ainda estão abaixo do registrado, mas há um aumento em relação às vendas totais.

5. Quais são as projeções do USDA para as exportações de grãos dos EUA?

O USDA estima exportações de 54,61 milhões de toneladas de milho e 46,27 milhões de toneladas de soja, sinalizando um cenário positivo para o mercado de grãos dos EUA.

Patrocinadores

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Verifique a Fonte Aqui

Logotipo Notícias Agrícolas

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe, nesta quinta-feira (16), suas vendas semanais de grãos para exportação e, por mais uma semana, os números da soja vieram bastante fracos. Na semana encerrada em 9 de maio, as vendas norte-americanas da soja 2023/24 foram de 265,7 mil toneladas, abaixo das expectativas de 300 mil a 550 mil toneladas. O volume é 38% menor do que o da semana anterior e 31% menor em relação à médias das últimas quatro. O Egito foi o principal destino da oleaginosa dos EUA. 

Em toda temporada, as vendas de soja já totalizam 42,602,2 milhões de toneladas – do total estimado pelo USDA de 46,27 milhões – e ainda abaixo do mesmo período do ano passado, de 50,72 milhões. 

Da safra 2024/25, foram vendidas 25,2 mil toneladas, com a maior parte se destinando a Taiwan. O mercado esperava algo entre 0 e 100 mil toneladas. 

MILHO 

De milho, as vendas semanais da safra velha somaram 742,2 mil toneladas – dentro do intervalo aguardado de 700 mil a 1,050 milhão de toneladas, mas perto da banda das mínimas – com o México se mostrando como o principal destino. Em relação à semana anterior e à médias das últimas quatro houve uma redução de, respectivamente, 17% e 14%. 

No ano comercial 2023/24, os EUA já venderam 48,366,1 milhões de toneladas, contra pouco mais de 38 milhões do mesmo período do ano passado. O USDA estima que sejam exportadas pelos EUA 54,61 milhões de toneladas. 

Os Estados Unidos também venderam 128,2 mil toneladas de milho, com os mexicanos respondendo pela maior parte. As expectativas do mercado, neste caso, variavam de 0 a 150 mil toneladas. 

DERIVADOS DE SOJA

O USDA informou ainda que as vendas semanais de farelo de soja foram de 300,4 mil toneladas da safra 2023/24 – contra expectativas de 100 mil a 575 mil toneladas – e destinos não revelados adquiriram a maior parte. Da safra nova, as vendas totalizaram 31,1 mil toneladas, acima do esperado, já que o intervalo era de 0 a 25 mil toneladas. O principal destino foi a Colômbia.  

De óleo de soja, as vendas foram de 9,1 mil toneladas da safra 2023/24, com a Jamaica se mostrando como o principal destino. Da safra 2024/25, as vendas somaram 1 mil toneladas para a República Dominicana. 

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here