As Ɣreas com semeadura tardia se beneficiaram das precipitaƧƵes no RS

ApĆ³s um perĆ­odo de chuvas, as lavouras de milho destinadas Ć  produĆ§Ć£o de silagem na regiĆ£o de Soledade mostraram recuperaĆ§Ć£o, conforme revelado pelo Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (29/02). As Ć”reas com semeadura tardia, incluindo aquelas de milho safra silagem e grĆ£os, bem como as restevas de tabaco, se beneficiaram das precipitaƧƵes, possibilitando a aplicaĆ§Ć£o de adubos nitrogenados em cobertura. AlĆ©m disso, a abundante radiaĆ§Ć£o solar contribuiu para o fortalecimento dos colmos das plantas, que ganharam em estatura. Os trabalhos de adubaĆ§Ć£o nitrogenada e os tratamentos contra pragas estĆ£o em andamento.

SubtĆ­tulo 1

Texto persuasivo com 300 a 400 caracteres.

SubtĆ­tulo 2

Texto persuasivo com 300 a 400 caracteres.

———————————————————————————————-

Patrocinadores

Desenvolvimento

A regiĆ£o de Soledade viu uma recuperaĆ§Ć£o nas lavouras de milho destinadas Ć  produĆ§Ć£o de silagem apĆ³s um perĆ­odo de chuvas. As Ć”reas com semeadura tardia, incluindo aquelas de milho safra silagem e grĆ£os, bem como as restevas de tabaco, se beneficiaram das precipitaƧƵes, possibilitando a aplicaĆ§Ć£o de adubos nitrogenados em cobertura. A radiaĆ§Ć£o solar abundante contribuiu para o fortalecimento dos colmos das plantas, que ganharam em estatura. Os trabalhos de adubaĆ§Ć£o nitrogenada e os tratamentos contra pragas estĆ£o em andamento.

RegiĆ£o de Frederico Westphalen

Em Frederico Westphalen, enquanto 5% da Ć”rea, implantada em resteva de milho grĆ£o, estĆ” na fase de desenvolvimento vegetativo, os outros 95% jĆ” foram colhidos. No entanto, tanto as lavouras de milho destinadas Ć  produĆ§Ć£o de grĆ£os quanto aquelas semeadas no inĆ­cio da janela apresentam produtividades consideravelmente abaixo das expectativas iniciais. As Ć”reas implantadas em resteva de milho, apesar do bom desenvolvimento vegetativo favorecido pelas chuvas significativas recentes, enfrentam uma forte pressĆ£o de cigarrinha, demandando dos produtores um manejo intensificado para controle.

RegiĆ£o de BagĆ©

Em BagĆ©, especificamente em AceguĆ”, onde estĆ” concentrada a maior Ć”rea de milho para produĆ§Ć£o de silagem da regiĆ£o, com 2.500 hectares, cerca de 20% das lavouras jĆ” foram colhidas. Os produtores relatam boas produtividades e qualidade satisfatĆ³ria atĆ© o momento. Entretanto, as perspectivas para as lavouras restantes, que estĆ£o entre a fase de floraĆ§Ć£o e enchimento dos grĆ£os, nĆ£o sĆ£o tĆ£o otimistas devido ao baixo volume de chuvas registrado em fevereiro.

Desafios futuros

Este cenĆ”rio pode resultar em menor porte das plantas e problemas no processo de polinizaĆ§Ć£o, especialmente devido Ć s altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar que ocorreram por vĆ”rios dias em fevereiro. Estima-se uma quebra de 10%, com a possibilidade de aumento significativo caso as previsƵes de chuva para o final de fevereiro nĆ£o se confirmem. Em QuaraĆ­, os produtores jĆ” realizaram a ensilagem das lavouras de milho e, aproveitando as chuvas, realizaram um novo plantio visando obter uma segunda colheita de silagem.

Patrocinadores

————————————————————————————————–

ConclusĆ£o

Diante do cenĆ”rio apresentado nas regiƵes analisadas, fica evidente a importĆ¢ncia das condiƧƵes climĆ”ticas para o desenvolvimento das lavouras de milho destinadas Ć  produĆ§Ć£o de silagem. As precipitaƧƵes recentes beneficiaram as Ć”reas com semeadura tardia, permitindo a aplicaĆ§Ć£o de adubos e contribuindo para o crescimento das plantas. No entanto, os desafios apresentados, como a pressĆ£o de pragas e a escassez de chuvas em algumas regiƵes, demonstram a necessidade de um manejo adequado por parte dos produtores para garantir boas produtividades.

Este texto nĆ£o reflete, necessariamente, a opiniĆ£o do Jornal Do Campo

BenefĆ­cios da semeadura tardia de milho no RS apĆ³s precipitaƧƵes

ApĆ³s um perĆ­odo de chuvas, as lavouras de milho destinadas Ć  produĆ§Ć£o de silagem na regiĆ£o de Soledade mostraram recuperaĆ§Ć£o, conforme revelado pelo Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (29/02). As Ć”reas com semeadura tardia, incluindo aquelas de milho safra silagem e grĆ£os, bem como as restevas de tabaco, se beneficiaram das precipitaƧƵes, possibilitando a aplicaĆ§Ć£o de adubos nitrogenados em cobertura. AlĆ©m disso, a abundante radiaĆ§Ć£o solar contribuiu para o fortalecimento dos colmos das plantas, que ganharam em estatura. Os trabalhos de adubaĆ§Ć£o nitrogenada e os tratamentos contra pragas estĆ£o em andamento.

Patrocinadores

Na regiĆ£o de Frederico Westphalen, enquanto 5% da Ć”rea, implantada em resteva de milho grĆ£o, estĆ” na fase de desenvolvimento vegetativo, os outros 95% jĆ” foram colhidos. No entanto, tanto as lavouras de milho destinadas Ć  produĆ§Ć£o de grĆ£os quanto aquelas semeadas no inĆ­cio da janela apresentam produtividades consideravelmente abaixo das expectativas iniciais. As Ć”reas implantadas em resteva de milho, apesar do bom desenvolvimento vegetativo favorecido pelas chuvas significativas recentes, enfrentam uma forte pressĆ£o de cigarrinha, demandando dos produtores um manejo intensificado para controle.

JĆ” na regiĆ£o de BagĆ©, especificamente em AceguĆ”, onde estĆ” concentrada a maior Ć”rea de milho para produĆ§Ć£o de silagem da regiĆ£o, com 2.500 hectares, cerca de 20% das lavouras jĆ” foram colhidas. Os produtores relatam boas produtividades e qualidade satisfatĆ³ria atĆ© o momento. Entretanto, as perspectivas para as lavouras restantes, que estĆ£o entre a fase de floraĆ§Ć£o e enchimento dos grĆ£os, nĆ£o sĆ£o tĆ£o otimistas devido ao baixo volume de chuvas registrado em fevereiro.

Este cenĆ”rio pode resultar em menor porte das plantas e problemas no processo de polinizaĆ§Ć£o, especialmente devido Ć s altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar que ocorreram por vĆ”rios dias em fevereiro. Estima-se uma quebra de 10%, com a possibilidade de aumento significativo caso as previsƵes de chuva para o final de fevereiro nĆ£o se confirmem. Em QuaraĆ­, os produtores jĆ” realizaram a ensilagem das lavouras de milho e, aproveitando as chuvas, realizaram um novo plantio visando obter uma segunda colheita de silagem.

FAQs

1. Quais Ɣreas se beneficiaram das precipitaƧƵes no Rio Grande do Sul?

As Ć”reas com semeadura tardia, incluindo aquelas de milho safra silagem e grĆ£os, bem como as restevas de tabaco, foram beneficiadas pelas precipitaƧƵes no RS.

Patrocinadores

2. Por que a radiaĆ§Ć£o solar contribuiu para o fortalecimento das plantas?

A abundante radiaĆ§Ć£o solar contribuiu para o fortalecimento dos colmos das plantas, que ganharam em estatura apĆ³s as precipitaƧƵes.

3. Qual Ć© a situaĆ§Ć£o das lavouras de milho em Frederico Westphalen?

95% das lavouras de milho destinadas Ć  produĆ§Ć£o de grĆ£os em Frederico Westphalen apresentam produtividades consideravelmente abaixo das expectativas iniciais, devido Ć  pressĆ£o de cigarrinha.

4. Como estĆ” a produĆ§Ć£o de milho para silagem em AceguĆ”?

Cerca de 20% das lavouras de milho para silagem em AceguĆ” jĆ” foram colhidas, com boas produtividades e qualidade satisfatĆ³ria, mas as perspectivas para as lavouras restantes nĆ£o sĆ£o tĆ£o otimistas devido ao baixo volume de chuvas.

5. Qual Ć© a previsĆ£o para as lavouras de milho em QuaraĆ­?

Em QuaraĆ­, os produtores jĆ” realizaram a ensilagem das lavouras de milho e realizaram um novo plantio visando obter uma segunda colheita de silagem, aproveitando as chuvas.

Patrocinadores

Este texto nĆ£o reflete, necessariamente, a opiniĆ£o do Jornal Do Campo

As Ɣreas com semeadura tardia se beneficiaram das precipitaƧƵes no RS




Foto: Pixabay

ApĆ³s um perĆ­odo de chuvas, as lavouras de milho destinadas Ć  produĆ§Ć£o de silagem na regiĆ£o de Soledade mostraram recuperaĆ§Ć£o, conforme revelado pelo Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (29/02). As Ć”reas com semeadura tardia, incluindo aquelas de milho safra silagem e grĆ£os, bem como as restevas de tabaco, se beneficiaram das precipitaƧƵes, possibilitando a aplicaĆ§Ć£o de adubos nitrogenados em cobertura. AlĆ©m disso, a abundante radiaĆ§Ć£o solar contribuiu para o fortalecimento dos colmos das plantas, que ganharam em estatura. Os trabalhos de adubaĆ§Ć£o nitrogenada e os tratamentos contra pragas estĆ£o em andamento.

Patrocinadores

Na regiĆ£o de Frederico Westphalen, enquanto 5% da Ć”rea, implantada em resteva de milho grĆ£o, estĆ” na fase de desenvolvimento vegetativo, os outros 95% jĆ” foram colhidos. No entanto, tanto as lavouras de milho destinadas Ć  produĆ§Ć£o de grĆ£os quanto aquelas semeadas no inĆ­cio da janela apresentam produtividades consideravelmente abaixo das expectativas iniciais. As Ć”reas implantadas em resteva de milho, apesar do bom desenvolvimento vegetativo favorecido pelas chuvas significativas recentes, enfrentam uma forte pressĆ£o de cigarrinha, demandando dos produtores um manejo intensificado para controle.

JĆ” na regiĆ£o de BagĆ©, especificamente em AceguĆ”, onde estĆ” concentrada a maior Ć”rea de milho para produĆ§Ć£o de silagem da regiĆ£o, com 2.500 hectares, cerca de 20% das lavouras jĆ” foram colhidas. Os produtores relatam boas produtividades e qualidade satisfatĆ³ria atĆ© o momento. Entretanto, as perspectivas para as lavouras restantes, que estĆ£o entre a fase de floraĆ§Ć£o e enchimento dos grĆ£os, nĆ£o sĆ£o tĆ£o otimistas devido ao baixo volume de chuvas registrado em fevereiro.

Este cenĆ”rio pode resultar em menor porte das plantas e problemas no processo de polinizaĆ§Ć£o, especialmente devido Ć s altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar que ocorreram por vĆ”rios dias em fevereiro. Estima-se uma quebra de 10%, com a possibilidade de aumento significativo caso as previsƵes de chuva para o final de fevereiro nĆ£o se confirmem. Em QuaraĆ­, os produtores jĆ” realizaram a ensilagem das lavouras de milho e, aproveitando as chuvas, realizaram um novo plantio visando obter uma segunda colheita de silagem.

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores
Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here