Explorando a Avicultura de Corte: Como Iniciar na Criação de Perus

Você já pensou em investir na avicultura de corte, mais especificamente na criação de perus? Se sim, é fundamental considerar alguns pontos cruciais antes de dar os primeiros passos nesse ramo. A primeira questão que você deve se perguntar é se possui um espaço viável em sua propriedade para essa atividade. Além disso, é importante definir o valor que você está disposto a investir, pois isso irá determinar o próximo passo do processo, que é a fase do ciclo de criação das aves.

Entendendo a Viabilidade do Investimento

De acordo com o expansionista na região de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, Jocemar Ávila, é essencial analisar a viabilidade do investimento a partir destes pontos iniciais. Uma equipe técnica especializada está disponível para auxiliar nesse processo, levando em consideração a área disponível para o investimento, a distância necessária para o deslocamento e o perfil do produtor. Somente após essa análise detalhada é possível determinar a viabilidade do negócio.

Investimento Inicial e Suporte Técnico

Para os produtores interessados em ingressar na criação de perus, mesmo sem experiência prévia, é possível buscar assistência técnica e suporte especializado. A disposição para trabalhar no setor, o conhecimento dos desafios envolvidos e a busca por orientação técnica são fundamentais para o sucesso nesse ramo. O suporte técnico oferecido aos iniciantes é essencial para garantir o desenvolvimento saudável da atividade avícola.

———————————————————————————————-

Patrocinadores

Desenvolvimento

Investir na avicultura de corte, mais especificamente na criação de perus, requer uma análise detalhada de diversos fatores. Um dos principais pontos a se considerar é a disponibilidade de espaço na propriedade para a instalação da granja. Além disso, é fundamental definir o valor que se está disposto a investir, pois isso irá influenciar diretamente no próximo passo: a escolha da fase do ciclo de criação das aves.

Resposta para as principais questões

Jocemar Ávila, expansionista em Caxias do Sul, destaca a importância de responder a essas questões iniciais para a elaboração de um estudo de viabilidade. É necessário considerar a área disponível, a distância para deslocamento, o perfil do produtor e seus objetivos. A partir dessas respostas, é possível iniciar um planejamento mais estruturado e assertivo.

Assistência técnica e experiência

É relevante ressaltar que, mesmo sem experiência prévia na criação de perus, é possível ingressar na atividade. Com determinação e disposição para aprender, aliados a uma assistência técnica de qualidade, o produtor pode se capacitar e evoluir no setor. A equipe técnica disponível pode fornecer suporte e orientação, garantindo o desenvolvimento adequado das operações.

Produção e cuidados especiais

O ciclo de produção de perus é um dos mais longos no segmento de aves. Desde o recebimento dos ovos até a transferência para as granjas de produção, diversas etapas demandam atenção e cuidados especiais. Os produtores costumam focar nas fases de iniciador e terminador, devido à complexidade e exigências da fase de recria.

Patrocinadores

Planejamento e financiamento

Por fim, é crucial planejar e garantir o financiamento adequado para a construção da granja. A parceria com instituições financeiras, a elaboração de projetos sólidos e o acesso facilitado ao crédito são essenciais para viabilizar o empreendimento. Com um bom planejamento financeiro, o produtor pode se inserir na atividade com maior segurança e garantir que a produção financie os investimentos realizados.

————————————————————————————————–

Conclusão: Pontos cruciais para investir na criação de perus

Investir na avicultura de corte, mais especificamente na criação de perus, requer atenção a diversos pontos cruciais. Ter um espaço viável na propriedade, definir o investimento disponível e conhecer as etapas do ciclo de criação são fundamentais para tomar uma decisão acertada. Além disso, contar com assistência técnica, mesmo para quem não possui experiência, é essencial para o sucesso do empreendimento. Com planejamento e financiamento adequados, é possível construir uma granja de sucesso e ingressar nesse segmento com segurança e confiança.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

Investindo na Avicultura de Corte: O que Considerar ao Criar Perus

Se você tem planos de investir na avicultura de corte, especificamente na criação de perus, alguns pontos são considerados cruciais para a tomada de decisão. A primeira questão a ser respondida para iniciar na atividade é: você possui um espaço viável na propriedade? Em seguida, é importante definir quanto você está disposto a investir. Dessa forma, será possível determinar o próximo passo: a fase do ciclo de criação das aves.

Segundo o expansionista na região de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, Jocemar Ávila, só a partir desses pontos é possível fazer um estudo de viabilidade. “A gente tem toda uma equipe técnica que está no dia a dia a campo trabalhando em todas as regiões. O que temos que levar em consideração sempre: onde é a área que o produtor tem para fazer o investimento, se é viável para a empresa em termos de distância para deslocamento. A partir daí a gente olha o terreno, olha o perfil do produtor, se já é produtor, investidor, qual é o parâmetro dele”.

É importante destacar que, caso o produtor interessado em ingressar na criação de perus não tenha experiência, ele também consegue, basta ter vontade de trabalhar no setor, estar ciente dos desafios e procurar assistência técnica para orientá-lo. “A gente tem toda uma assistência por trás, toda uma estrutura para dar suporte, ele sendo inicial ou não”, destaca o expansionista.

FAQs

1. Qual a importância de ter um espaço viável na propriedade ao investir na criação de perus?

Ter um espaço viável é essencial para garantir o bem-estar e o desenvolvimento saudável das aves, além de facilitar a logística e o manejo adequado.

Patrocinadores

2. O que é necessário considerar ao definir o investimento inicial na avicultura de corte?

É importante analisar os custos com infraestrutura, equipamentos, alimentação e assistência técnica, para garantir um investimento sustentável no negócio.

3. Como é feito o ciclo de criação das aves na produção de perus?

O ciclo envolve o recebimento dos ovos, incubação, recria das aves até a fase adulta e posterior transferência para as granjas de produção.

4. Por que os produtores geralmente optam por investir nas fases de iniciador ou terminador na criação de perus?

As fases de iniciador e terminador são mais estáveis e exigem menos cuidados especiais em comparação com a fase de recria, o que facilita a gestão do negócio.

5. Como é possível obter financiamento para a construção da granja na avicultura de corte?

Existem parcerias com bancos que facilitam o acesso ao crédito para os produtores, permitindo que o investimento seja pago pela própria produção ao longo do tempo.

Patrocinadores

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Se você tem planos de investir na avicultura de corte, especificamente na criação de perus, alguns pontos são considerados cruciais para a tomada de decisão. A primeira questão a ser respondida para iniciar na atividade é: você possui um espaço viável na propriedade? Em seguida, é importante definir quanto você está disposto a investir. Dessa forma, será possível determinar o próximo passo: a fase do ciclo de criação das aves.

Segundo o expansionista na região de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, Jocemar Ávila, só a partir desses pontos é possível fazer um estudo de viabilidade. “A gente tem toda uma equipe técnica que está no dia a dia a campo trabalhando em todas as regiões. O que temos que levar em consideração sempre: onde é a área que o produtor tem para fazer o investimento, se é viável para a empresa em termos de distância para deslocamento. A partir daí a gente olha o terreno, olha o perfil do produtor, se já é produtor, investidor, qual é o parâmetro dele”. 

É importante destacar que, caso o produtor interessado em ingressar na criação de perus não tenha experiência, ele também consegue, basta ter vontade de trabalhar no setor, estar ciente dos desafios e procurar assistência técnica para orientá-lo. “A gente tem toda uma assistência por trás, toda uma estrutura para dar suporte, ele sendo inicial ou não”, destaca o expansionista.  

A produção de perus corresponde a um dos ciclos mais longos da cadeia produtiva de aves. Jocemar detalha algumas etapas: “ A gente inicia recebendo os ovos lá dos Estados Unidos, eles vão para São Paulo em uma incubação. Em São Paulo incubam essas aves, elas vêm de lá e a gente põe nas nossas granjas de recria, que é onde elas ficam por sete meses até chegar à fase adulta. Na fase adulta elas são transferidas para as granjas de produção”. 

Patrocinadores

Geralmente os produtores investem nas fases de iniciador ou terminador, pois a parte de recria é bastante instável e exige muitos cuidados especiais. 

Por fim, outro ponto importante é o planejamento e o financiamento para a construção da granja. “A gente tem toda uma base, a gente um projeto, temos parceria com os bancos que facilitam o acesso ao crédito para que o produtor entre na atividade. Ele tendo um bom crédito, ele pode acessar e a própria produção vai pagar o investimento”. 

O Ligados & Integrados está na tela do Canal Rural de segunda a quinta-feira às 11h45 e sexta-feira às 11h30.

Gostou desse tema ou quer ver outro assunto relacionado à avicultura e suinocultura? Envie sua sugestão para [email protected] ou para o número de WhatsApp (11) 9 7571 3819. Siga o Ligados & Integrados no Google News para ficar por dentro de tudo que acontece na suinocultura e avicultura

Patrocinadores

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here