…com frutos vermelho a vermelho-cereja, Bourbon é considerado um dos mais importantes genótipos de Coffea arabica. Possui uma alta qualidade de bebida, suave e acídula. No entanto, é uma cultivar suscetível a todas as doenças do cafeeiro.Sendo assim, é visível a importância de avaliar cada cultivar com atenção na hora da escolha, uma vez que cada uma delas apresenta características distintas e únicas. Na cafeicultura, a escolha errada pode significar prejuízos financeiros irreparáveis e a individualidade de cada propriedade deve ser considerada. Seguir as recomendações técnicas é crucial para o sucesso no cultivo de café, bem como a instalação de unidades demonstrativas ou parcelas experimentais, caso as condições financeiras permitam, para determinar qual a melhor cultivar para a sua realidade. Boa colheita!
Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Fazendo uma analogia com o jogo de dardos em que o objetivo do jogador é sempre acertar o alvo, o produtor de café de forma semelhante também busca acertar qual a melhor cultivar para a sua realidade, ou seja, acertar no alvo!

E será que existe uma maneira certeira de escolher a melhor cultivar de café? Veremos a seguir!

 

Sem tempo para ler agora? Baixe este artigo em PDF!

Patrocinadores

Um ponto importante em relação à escolha da cultivar é que essa escolha deve se adequar ao manejo do produtor e não o contrário: o produtor se adequar a cultivar.

Por exemplo, se o produtor não tem o costume de realizar adubações nas quantidades “pedidas” na análise de solo, devido às suas condições financeiras atuais e, opta por plantar uma cultivar altamente exigente em fertilidade, consequentemente, neste caso o produtor terá que se adequar a essa cultivar e haverá grande chance de insucesso nessa escolha.

Note que o problema aqui não é a cultivar, nem o produtor, e sim a escolha errada!

Por ser uma cultura perene, o cafeeiro permanecerá por muitos anos no campo. Assim, deve ser feita uma escolha cuidadosa, seguida por um preparo de solo adequado para realização da implantação.

Patrocinadores

Cultivares de café: Quais características devem ter? Quem as desenvolve?

Existem 132 cultivares de café registradas no ministério da agricultura, dentre as disponíveis no mercado, as características que o produtor deve considerar na hora de escolher, especialmente de Coffea arabica, são:

  • Produtividade;
  • Arquitetura de planta;
  • Longevidade;
  • Resistência biótica (ferrugem, bicho mineiro, bacteriose, cercosporiose, etc.)
  • Tolerância abiótica (calor, frio, alumínio e eficiência na absorção de nutrientes, especialmente o fósforo);
  • Qualidade de bebida.

Atualmente quatro instituições de pesquisas estão envolvidas com o desenvolvimento de cultivares de café, são elas: EPAMIG, PROCAFÉ, IAC e IAPAR.

Na tabela a seguir, são citadas algumas dessas cultivares e suas características, por instituição de pesquisa.

Cultivares de café da instituição EPAMIG

Cultivares de café da instituição PROCAFÉCultivares de café da instituição PROCAFÉ

Cultivares de café da instituição IACCultivares de café da instituição IAC

Cultivares de café da instituição IAPARCultivares de café da instituição IAPAR

Formas de escolher uma cultivar de café adequada

Sabendo das características que devem ser consideradas na hora de escolher uma cultivar, como escolher a ideal para a sua propriedade?

Patrocinadores

Segundo os técnicos da área, a forma certeira para escolher uma cultivar é instalando unidades demonstrativas ou parcelas experimentais na propriedade, isso porque as cultivares de café se expressam de formas diferentes nos diversos manejos e microclimas.

Unidade demonstrativa ou parcela é a instalação de um experimento para descobrir qual cultivar se desenvolverá melhor em determinada propriedade. Sendo assim, o produtor pode escolher algumas cultivares e plantá-las.

Unidade demonstrativa

Se o produtor optar por realizar o plantio na forma de unidade demonstrativa, o plantio pode ser feito em linhas, em que cada linha será de uma cultivar.

Nesse modelo o produtor terá maior facilidade para enxergar qual cultivar está se saindo melhor, além disso, pode realizar a colheita mecanizada.

Patrocinadores

Plantio de café na forma de unidade demonstrativaPlantio de café na forma de unidade demonstrativa

Desenho ilustrativo de uma unidade demonstrativa para escolha de cultivar de café. 

No entanto, essas unidades demonstrativas impossibilitam testar estatisticamente os resultados, ou seja, não será possível concluir com certeza se aquelas cultivares terão os mesmos resultados quando realizar o plantio definitivo,  pois pode ocorrer interferência das condições do experimento.

Por exemplo, se o produtor optou por instalar sua unidade demonstrativa em uma área declivosa, pode ser que as plantas que estão na linha mais alta produzam mais por estarem na parte mais alta; nesse caso, a condição do experimento afetou o resultado.

Curso Gestão na Produção de Café ArábicaCurso Gestão na Produção de Café Arábica

Unidades experimentais ou parcelas

Se o produtor optar por realizar o plantio na forma de unidades experimentais, o plantio será feito em parcelas. Nesse caso, as parcelas devem ser distribuídas homogeneamente na área e não haverá interferência dos fatores citados anteriormente.

Patrocinadores

Portanto, o produtor poderá ter mais certeza que a cultivar que foi melhor no experimento poderá se expressar melhor na propriedade; dado que será possível realizar a análise estatística. A desvantagem do experimento em parcelas é a sua operacionalidade, uma vez que as parcelas de café terão que ser colhidas à mão ou derriçadeira.

As cultivares de café a serem utilizadas, espaçamento e tratos culturais ficam a critério do produtor. Lembrando que cada parcela deve conter uma placa de identificação de qual cultivar se trata.

Plantio de café na forma de unidade experimentalPlantio de café na forma de unidade experimental

Desenho ilustrativo de parcelas experimentais para escolha de cultivar de café.

Parâmetros que devem ser avaliados quando é instalada uma unidade demonstrativa ou unidade experimental na propriedade

Como a produtividade é um parâmetro muito relevante para a cafeicultura, é indicado nestes tipos de experimento anotar o tempo gasto desde da primeira florada até a maturação, a fim de determinar se a cultivar é precoce, média ou tardia.

Patrocinadores

Para avaliar o rendimento deve ser separada uma quantidade conhecida de café, por exemplo, três litros, e em seguida pesá-la e secá-la. Após atingir a umidade de 11%, o café deve ser beneficiado e pesado novamente.

Dessa forma, é possível definir para cada cultivar o quanto de “café da roça” é necessário no momento da colheita, para fazer um saco de café beneficiado. Além disso, pode ser avaliada a incidência de pragas e doenças.

Sem dúvidas a instalação de unidades demonstrativas e, especialmente, de parcelas experimentais são formas eficientes de determinar qual a melhor cultivar para a propriedade. Vale destacar que deve-se planejar bem a implantação desses campos, pois para obtenção de resultados confiáveis é importante colher pelo menos duas safras.

Todavia, não são todos os produtores que têm condições de realizar este tipo atividade, portanto, cabe ao técnico responsável ou ao próprio produtor avaliar o que pode ser feito de acordo com cada situação.

Patrocinadores

Exemplos de algumas cultivares de caféExemplos de algumas cultivares de café

Fotos da equipe Rehagro de algumas cultivares de café.

Quais os cultivares de café mais produzidas no Brasil?

  1. Mundo Novo;
  2. Catuaí;
  3. Acaiá;
  4. Catucaí;
  5. Topázio;
  6. Bourbon;
  7. Obatã;
  8. Acauã;
  9. Sabiá;
  10. Paraíso;
  11. Arara;
  12. Catiguá.

Veja a seguir, as principais características de cada uma delas.

Cultivar Mundo Novo

Mundo Novo é uma cultivar muito plantada, proveniente de um provável cruzamento entre Sumatra e Bourbon Vermelho, as linhagens mais plantadas dessa cultivar são: 376-4 e 379-19.

De porte alto, maturação de média a precoce, essa cultivar apresenta ótimo vigor e longevidade, bom sistema radicular e alta brotação secundária, respondendo bem as podas.

Cultivar de café Mundo Novo Cultivar de café Mundo Novo

Cultivar Mundo Novo. (Foto: Luiz Paulo Vilela).

Cultivar de café Mundo novo 379-19Cultivar de café Mundo novo 379-19

Cultivar Mundo Novo 379-19. (Foto: Daniel Veiga).

Cultivar Catuaí

Proveniente entre um cruzamento artificial entre Caturra e Mundo Novo, as linhagens mais plantadas de Catuaí são o 144 e 99 com frutos vermelhos e as linhagens 62 e 32 com frutos de coloração amarela.

Essa cultivar apresenta porte baixo, o que resulta em facilidade na colheita e nos tratos fitossanitários, bom vigor vegetativo, bom sistema radicular, alta longevidade e sua maturação é tardia. Essa cultivar exibe maior tolerância à ferrugem se comparadas a cultivar Mundo Novo. Atualmente essa cultivar é muito plantada.

Cultivar de café Catuaí 62Cultivar de café Catuaí 62

Cultivar Catuaí 62. (Foto: Luiz Paulo Vilela).

Cultivar de café Catuaí 144Cultivar de café Catuaí 144

Cultivar Catuaí 144. (Foto: Luiz Paulo Vilela).

Cultivar Acaiá

É uma seleção do Mundo Novo, possui os frutos maiores, com bom desenvolvimento vegetativo mesmo em solos menos férteis, a linhagem mais indicada é Acaiá Cerrado MG 1474.

Essa cultivar é de porte alto, maturação média, com frutos graúdos de coloração vermelha, além disso, essa cultivar é muito boa para colheita mecanizada.

Cultivar Catucaí

Proveniente de um possível cruzamento natural entre Catuaí e Icatú, essa cultivar apresenta bom vigor. Seu porte é de médio a baixo e pode apresentar frutos vermelhos ou amarelos.

O Catucaí 2 SL é bem plantado, sendo altamente produtivo, no entanto, é muito exigente em nutrição, não tolera atrasos nos tratamentos nutricionais e também sanitários, dessa forma, pode depauperar facilmente.

Cultivar Catucaí 2SLCultivar Catucaí 2SL

Cultivar Catucaí 2SL, 1ª safra. (Foto: Luiz Paulo Vilela).

Café de cultivar CatucaíCafé de cultivar Catucaí

Cultivar Catucaí. (Foto: Diego Baquião).

Cultivar Topázio

Cruzamento por sucessivas gerações de Catuaí x Mundo Novo, a cultivar Topázio possui porte baixo, com boa produtividade e bom vigor vegetativo, não exibindo depauperamento precoce após elevadas produtividades.

Tem-se notado melhor resistência a condições de déficit hídrico e uniformidade de maturação dos frutos. Essa cultivar possui frutos amarelos, sendo os mais plantados Topázio MG 1189 e 1184.

Webinar Cultivares de caféWebinar Cultivares de café

Cultivar Bourbon

De porte médio a alto, essa cultivar possui frutos vermelhos ou amarelo, com excelente qualidade de bebida, dessa forma, ela é sempre lembrada e preferida por quem busca cafés de qualidade.

No entanto, ela não é uma cultivar muito rústica, se depauperando muito fácil dependendo do manejo e além disso, é altamente suscetível a ferrugem, por isso deve-se ter atenção em seus tratos culturais. Sua maturação é super precoce, fato importante para o escalonamento da colheita nas propriedades.

Café Bourbon AmareloCafé Bourbon Amarelo

Bourbon amarelo. (Foto: Rehagro).

Cultivar Obatã

Essa cultivar é derivada do cruzamento da cultivar Villa Sarchi com o Híbrido de Timor, apresentando porte baixo, seus frutos são graúdos e podem ser de cor vermelha ou amarela, com maturação mais tardia.

Cultivar Acauã

Essa cultivar é resultado do cruzamento entre Mundo Novo e Sarchimor, apresentando elevado vigor, sua planta apresenta porte baixo, frutos vermelhos e seu ciclo de maturação é de médio a tardio. Ela também apresenta resistência à seca e elevada produtividade.

Cultivar de café AcauãCultivar de café Acauã

Cultivar Acauã novo. (Foto: Vinicius Teixeira).

Cultivar Sabiá

Originada de um cruzamento entre Catimor e Acaiá, essa cultivar apresenta elevada produtividade, principalmente durante as três primeiras produções, mas devido a isso, é bem exigente em nutrição. Sua maturação é tardia com frutos vermelhos.

Cultivar Paraíso

Proveniente de uma hibridação entre Catuaí amarelo e híbrido de Timor, a cultivar Paraíso apresenta porte baixo, frutos de coloração amarelo e é resistente à ferrugem, causada pelo fungo Hemileia vastatrix. Essa cultivar apresenta boa capacidade produtiva e maturação intermediária.

Cultivar Arara

Originado por cruzamento natural entre Obatã e, provavelmente, com Icatu ou Catuaí amarelo, essa cultivar possui bom vigor, resistência à ferrugem e porte baixo. Seus frutos são amarelos e sua maturação é tardia.

Primeira safra da cultivar de café AraraPrimeira safra da cultivar de café Arara

1ª safra de Arara. (Foto: Luiz Paulo Vilela).

Cultivar Catiguá

Proveniente de um cruzamento artificial entre cafeeiro da cultivar Catuaí Amarelo e uma planta Híbrido de Timor, essa cultivar apresenta porte baixo, alto vigor vegetativo e maturação intermediária.

Ela também possui resistência à ferrugem e ao nematoide das galhas da espécie Meloidogyne exígua.

Afinal, qual é a melhor cultivar de café?

Aquela que atende o objetivo que você escolher naquele momento!

Deve ir de acordo com o perfil do produtor, as condições de manejo, os tratos culturais, a estrutura de pós-colheita e as condições climáticas.

Pronto para decidir qual delas utilizar? Conta pra gente!

Em busca de mais produtividade, lucratividade e qualidade do café produzido?

Conheça o Curso Gestão na Produção de Café Arábica.

Nele, você aprenderá a alcançar a excelência em todo o processo produtivo: desde o preparo do solo até o pós-colheita. Além disso, você terá acesso a ferramentas práticas para profissionalizar toda a gestão da fazenda.

Aulas dadas por consultores de grande experiência no campo, que levam para as aulas um conteúdo atualizado e aplicável à sua realidade.

Ficou interessado?

Clique no link abaixo e saiba mais informações.

Curso Gestão na Produção de Café ArábicaCurso Gestão na Produção de Café Arábica

Larissa Cocato - Coordenadora de Ensino CaféLarissa Cocato - Coordenadora de Ensino Café

Alice Reis - Tutora Técnica CaféAlice Reis - Tutora Técnica Café

Frequently Asked Questions (FAQ) sobre a escolha da cultivar de café ideal

Pergunta 1: Como escolher a melhor cultivar de café?

Resposta 1: A escolha da cultivar de café depende de características como produtividade, arquitetura de planta, resistência a pragas e doenças, tolerância a condições ambientais e qualidade da bebida.

Pergunta 2: Quais instituições desenvolvem cultivares de café?

Resposta 2: As principais instituições de pesquisa envolvidas no desenvolvimento de cultivares de café no Brasil são EPAMIG, PROCAFÉ, IAC e IAPAR.

Pergunta 3: Como escolher a melhor cultivar para a minha propriedade?

Resposta 3: A forma mais eficiente de escolher a cultivar ideal é instalando unidades demonstrativas ou parcelas experimentais na propriedade, pois as cultivares de café se expressam de formas diferentes nos diversos manejos e microclimas.

Pergunta 4: Quais são os cultivares de café mais produzidos no Brasil?

Resposta 4: Alguns dos cultivares de café mais produzidos no Brasil são Mundo Novo, Catuaí, Acaiá, Catucaí, Topázio, Bourbon, Obatã, Acauã, Sabiá, Paraíso, Arara e Catiguá.

Pergunta 5: Quais são as principais características de algumas cultivares de café?

Resposta 5: Dentre as principais cultivares de café, destacam-se Mundo Novo, Catuaí, Acaiá, Catucaí, Topázio, Bourbon, Obatã e Acauã, cada uma com características específicas de porte, maturação, resistência a doenças e qualidade da bebida.

Fazendo uma analogia com o jogo de dardos em que o objetivo do jogador é sempre acertar o alvo, o produtor de café de forma semelhante também busca acertar qual a melhor cultivar para a sua realidade, ou seja, acertar no alvo! E será que existe uma maneira certeira de escolher a melhor cultivar de café? Veremos a seguir!

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here