O crescimento da produção leiteira em Rondônia

No panorama agropecuário do norte do Brasil, Rondônia vem ganhando notoriedade por seu desempenho expressivo na produção leiteira.

Em 2023, o estado não apenas manteve sua posição como o maior produtor de leite da região, mas também se afirmou como o décimo maior produtor a nível nacional. Uma façanha notável que reflete o dinamismo e a resiliência desse setor fundamental na economia estadual.

Um crescimento sustentável na pecuária leiteira em Rondônia

Com mais de 25,9 mil propriedades rurais dedicadas à produção leiteira, registradas na Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron), Rondônia se destaca por uma expansão consistente que ultrapassa os limites das fazendas, gerando empregos e movimentando diversos segmentos da cadeia.

———————————————————————————————-

Patrocinadores

Centros de produção e transformação

A região de Machadinho lidera a produção no estado, com 1,6 mil propriedades voltadas para esse fim.

Outros municípios importantes nesse contexto incluem Porto Velho e Jaru, com 1,3 mil e 1,1 mil propriedades, respectivamente. Tais números reforçam a importância estratégica do leite na matriz econômica de Rondônia.

“A adoção de novas tecnologias tem intensificado os sistemas produtivos, elevando o patamar de produção e eficiência.”

Marcos Rocha, governador do Estado

Segundo a Embrapa, a produção leiteira no Brasil viu um aumento de quase 80% nos últimos quatro anos.

Rondônia tem uma participação significativa nesse avanço, mantendo praticamente o mesmo número de vacas ordenhadas, mas com ganhos evidentes de produtividade graças às novas tecnologias.

Patrocinadores

Foco na qualidade na produção leiteira

Além da quantidade, a qualidade é um pilar essencial na produção leiteira do estado. Com 18 estabelecimentos detentores do Serviço de Inspeção Estadual (SIE) ativos – incluindo sete indústrias e 11 agroindústrias -, Rondônia se esmera na fiscalização da qualidade do leite e seus derivados.

Dados da Idaron revelam que, em 2023, foram inspecionados 25,4 milhões de litros de leite, além de 3,2 mil toneladas de queijo mussarela e outros derivados, submetidos à rigorosa análise da Gerência de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Gipoa), reafirmando o compromisso de Rondônia com a excelência e segurança alimentar.

Um futuro promissor da pecuária rondoniense

Leite de vaca sendo servido no copo. Foto: Divulgação/CNA
Leite de vaca sendo servido no copo. Foto: Divulgação/CNA

A vigorosa produção leiteira em Rondônia, marcada pelo avanço tecnológico e a produção em escala ascendente, ilustra a capacidade do estado em responder às demandas crescentes do mercado nacional e internacional.

Os esforços concentrados tanto dos produtores rurais quanto dos órgãos reguladores, como a Idaron, sublinham um futuro promissor para a pecuária leiteira, não apenas como um pilar da economia de Rondônia, mas como um modelo de produtividade, sustentabilidade e qualidade para toda a região Norte do Brasil.

Patrocinadores

**Principais pontos do artigo:**

– Rondônia se destaca como o maior produtor de leite da região norte do Brasil.
– A região tem uma expansão consistente na produção leiteira, gerando empregos e movimentando a economia local.
– A introdução de novas tecnologias tem contribuído para o aumento da produtividade no setor.
– A qualidade é um aspecto chave na produção leiteira, com rigidas fiscalizações e inspeções.
– O estado mostra potencial para atender demandas crescentes, tanto no mercado nacional quanto internacional.
————————————————————————————————–

Um Futuro Promissor da Pecuária Leiteira em Rondônia

A vigorosa produção leiteira em Rondônia, marcada pelo avanço tecnológico e produção em escala ascendente, ilustra a capacidade do estado em responder às demandas crescentes do mercado nacional e internacional. Os esforços concentrados tanto dos produtores rurais quanto dos órgãos reguladores, como a Idaron, sublinham um futuro promissor para a pecuária leiteira, não apenas como um pilar da economia de Rondônia, mas como um modelo de produtividade, sustentabilidade e qualidade para toda a região Norte do Brasil.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

Perguntas Frequentes sobre a Produção Leiteira em Rondônia:

Pergunta 1: Qual é a posição de Rondônia como produtor de leite a nível nacional?

Resposta: Rondônia é o décimo maior produtor de leite a nível nacional.

Pergunta 2: Quantas propriedades rurais dedicadas à produção leiteira estão registradas na Idaron?

Resposta: Mais de 25,9 mil propriedades rurais estão registradas na Idaron para a produção leiteira.

Pergunta 3: Quais são os municípios que se destacam na produção leiteira em Rondônia?

Resposta: Os municípios de Machadinho, Porto Velho e Jaru se destacam na produção leiteira em Rondônia.

Pergunta 4: Como Rondônia tem investido na fiscalização da qualidade do leite?

Resposta: Rondônia possui 18 estabelecimentos detentores do Serviço de Inspeção Estadual (SIE) ativos, que fiscalizam a qualidade do leite e seus derivados.

Patrocinadores

Pergunta 5: Qual é a perspectiva para a produção leiteira em Rondônia no futuro?

Resposta: A produção leiteira em Rondônia tem um futuro promissor, com avanço tecnológico, produção em escala ascendente e um modelo de produtividade, sustentabilidade e qualidade.

Um crescimento sustentável na pecuária leiteira em Rondônia

No panorama agropecuário do norte do Brasil, Rondônia vem ganhando notoriedade por seu desempenho expressivo na produção leiteira. Em 2023, o estado não apenas manteve sua posição como o maior produtor de leite da região, mas também se afirmou como o décimo maior produtor a nível nacional. Uma façanha notável que reflete o dinamismo e a resiliência desse setor fundamental na economia estadual.

Com mais de 25,9 mil propriedades rurais dedicadas à produção leiteira, registradas na Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron), Rondônia se destaca por uma expansão consistente que ultrapassa os limites das fazendas, gerando empregos e movimentando diversos segmentos da cadeia.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

No panorama agropecuário do norte do Brasil, Rondônia vem ganhando notoriedade por seu desempenho expressivo na produção leiteira.

Em 2023, o estado não apenas manteve sua posição como o maior produtor de leite da região, mas também se afirmou como o décimo maior produtor a nível nacional. Uma façanha notável que reflete o dinamismo e a resiliência desse setor fundamental na economia estadual.

Um crescimento sustentável na pecuária leiteira em Rondônia

ordenha vacas leiteiras 03.02.2023 1ordenha vacas leiteiras 03.02.2023 1
Descubra o segredo do sucesso leiteiro em Rondônia! 10

Com mais de 25,9 mil propriedades rurais dedicadas à produção leiteira, registradas na Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron), Rondônia se destaca por uma expansão consistente que ultrapassa os limites das fazendas, gerando empregos e movimentando diversos segmentos da cadeia.

Essa expansão é evidenciada pelo pequeno, porém considerável, aumento no número de propriedades leiteiras, sinalizando robustez e potencial de crescimento contínuo.

Patrocinadores

Centros de produção e transformação

ordenha vacas leiteiras ubere 14.12.2023 1ordenha vacas leiteiras ubere 14.12.2023 1
Descubra o segredo do sucesso leiteiro em Rondônia! 11

A região de Machadinho lidera a produção no estado, com 1,6 mil propriedades voltadas para esse fim.

Outros municípios importantes nesse contexto incluem Porto Velho e Jaru, com 1,3 mil e 1,1 mil propriedades, respectivamente. Tais números reforçam a importância estratégica do leite na matriz econômica de Rondônia.

“A adoção de novas tecnologias tem intensificado os sistemas produtivos, elevando o patamar de produção e eficiência.”

Marcos Rocha, governador do Estado

Segundo a Embrapa, a produção leiteira no Brasil viu um aumento de quase 80% nos últimos quatro anos.

Rondônia tem uma participação significativa nesse avanço, mantendo praticamente o mesmo número de vacas ordenhadas, mas com ganhos evidentes de produtividade graças às novas tecnologias.

Foco na qualidade na produção leiteira

leite vacas leiteiras 14.12.2023 2leite vacas leiteiras 14.12.2023 2
Descubra o segredo do sucesso leiteiro em Rondônia! 12

Além da quantidade, a qualidade é um pilar essencial na produção leiteira do estado. Com 18 estabelecimentos detentores do Serviço de Inspeção Estadual (SIE) ativos – incluindo sete indústrias e 11 agroindústrias -, Rondônia se esmera na fiscalização da qualidade do leite e seus derivados.

Dados da Idaron revelam que, em 2023, foram inspecionados 25,4 milhões de litros de leite, além de 3,2 mil toneladas de queijo mussarela e outros derivados, submetidos à rigorosa análise da Gerência de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Gipoa), reafirmando o compromisso de Rondônia com a excelência e segurança alimentar.

Um futuro promissor da pecuária rondoniense

Leite de vaca sendo servido no copo. Foto: Divulgação/CNALeite de vaca sendo servido no copo. Foto: Divulgação/CNA
Leite de vaca sendo servido no copo. Foto: Divulgação/CNA

A vigorosa produção leiteira em Rondônia, marcada pelo avanço tecnológico e a produção em escala ascendente, ilustra a capacidade do estado em responder às demandas crescentes do mercado nacional e internacional.

Os esforços concentrados tanto dos produtores rurais quanto dos órgãos reguladores, como a Idaron, sublinham um futuro promissor para a pecuária leiteira, não apenas como um pilar da economia de Rondônia, mas como um modelo de produtividade, sustentabilidade e qualidade para toda a região Norte do Brasil.

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here