Pular para o conteúdo
Patrocinadores

Descubra o futuro do Quarto de Milha!

Descubra os grandes homenageados do 13º Hall da Fama da ABQM

Recentemente, a Comissão do 13º Hall da Fama divulgou os nomes das personalidades e cavalos da raça Quarto de Milha que serão eternizados pela Associação Brasileira do Quarto de Milha (ABQM) durante o 16º ABQM Awards. Essa cerimônia, repleta de emoção e reconhecimento, acontecerá no próximo dia 19/2, na deslumbrante Casa Giardini em São Paulo. Com muito orgulho, a ABQM anunciou os escolhidos que irão figurar no Hall da Fama do hípico 2022-2023, mostrando a importância de reconhecer os grandes nomes que marcaram a história do Quarto de Milha no Brasil.

Uma homenagem merecida aos ícones do Quarto de Milha

A escolha dos homenageados do Hall da Fama segue critérios rigorosos baseados na tradição, meritocracia e nos relevantes serviços prestados ao cavalo Quarto de Milha. Neste ano, a decisão feita pela nova Diretoria Executiva da ABQM celebrou não apenas cinco, mas dez personalidades e animais que deixaram um legado impressionante. O requisito para entrar para a galeria do Hall da Fama é ter tido uma influência significativa até 50 anos antes da sua indicação, tornando esse reconhecimento ainda mais especial e histórico.

Conheça os homenageados do 13º Hall da Fama

Agora, vamos conhecer de perto os cinco grandes nomes da personalidade e os cinco cavalos que conquistaram um lugar de destaque no Hall da Fama da ABQM. Cada um desses homenageados representa uma peça fundamental na construção e na consolidação da raça Quarto de Milha no Brasil, deixando um legado que inspira as próximas gerações de criadores, competidores e amantes dos cavalos.

Personalidades Hall da Fama:

Primeiramente, temos Bobby Seals, um verdadeiro ícone no mundo dos laçadores, com uma história de dedicação e excelência que marcou os corações dos apaixonados por cavalos. Carlos Alberto Deleu, um avaliador potencial da raça, trouxe inovações e conhecimento para o universo equestre. Jarbas Leonel Bertolli, com sua trajetória dedicada à ABQM, contribuiu de forma significativa para o cartório da raça no Brasil. Jairo Martins de Oliveira, um dos pioneiros no treinamento de cavalos Quarto de Milha, deixou sua marca na história equestre brasileira. Por fim, Wellington Queiroz, um grande criador e investidor, priorizou a genética na produção de campeões do Quarto de Milha.

Patrocinadores

———————————————————————————————-

Conheça os homenageados do 13º Hall da Fama

Personalidades Hall da Fama:

Bobby Seals: Bobby Seals viveu a vida montado em um cavalo. Sua paixão, habilidade e técnica eram características únicas de um campeão. Com anos de prática e experiência, se tornou um dos melhores laçadores do mundo. Ao longo dos 70 anos de vida, sempre se dedicou às pistas e a repassar os seus conhecimentos formando e treinando às futuras gerações de grandes laçadores. Em julho de 1975, já como treinador e juiz da modalidade, Seals foi responsável por introduzir o Laço no Brasil, durante o 5º Leilão Oficial da ABQM – o primeiro a ser realizado no Rancho Quarto de Milha, em Presidente Prudente (SP).

Carlos Alberto Deleu: O paulista Carlos Alberto Deleu é uma lenda viva do Quarto de Milha. O quartista se tornou um avaliador potencial da raça, sendo reconhecido como um dos pioneiros na indústria do cavalo no Brasil. Morando há muitos anos nos EUA, Deleu enxergou um mercado forte, treinando e negociando animais para competir, e teve a oportunidade de aprender com renomados treinadores mundiais, aprimorando-se na modalidade de Rédeas. Foi um dos fundadores da Associação Nacional do Cavalos de Rédeas (ANCR), sendo seu primeiro presidente e também primeiro campeão do Potro do Futuro da ANCR.

Patrocinadores

Jarbas Leonel Bertolli: Jarbas Leonel Bertolli, porto-alegrense nascido em 1948 e formado pela Universidade de São Paulo na década de 1970, desempenhou um papel crucial na Associação Brasileira do Quarto de Milha (ABQM) ao dedicar sua vida em prol da paixão pelos cavalos. Sua trajetória com a raça de cavalos mais versátil do mundo começou na gestão de Sérgio Nouguês, em 1986, quando ingressou na ABQM. Durante seus 26 anos como superintendente-técnico do Stud Book da Associação Quartista deixou uma contribuição significativa para o cartório brasileiro da raça.

Jairo Martins de Oliveira: Jairo Martins de Oliveira foi um ícone do Quarto de Milha no Brasil e deixou um legado inestimável como o primeiro treinador de cavalos da raça no país. Nascido em 1938, Jairo dedicou sua vida ao aprimoramento das práticas equestres e à formação de talentosos cavaleiros e amazonas. Sua partida precoce em 2016, aos 78 anos, deixou seu nome marcado na história da raça e seu legado continua influenciando as novas gerações. Em 1977, durante a Expo Londrina (PR), se consagrou como o primeiro recordista brasileiro de Laço, marcando o tempo de 12 segundos. Esse feito destacou sua habilidade excepcional no esporte, se tornando também um reconhecido treinador dos esportes de velocidade da raça.

Wellington Queiroz: Um dos maiores criadores de Quarto de Milha do Brasil, Wellington Germano de Queiroz deixou um legado inestimável para a raça. O potiguar, natural de Luís Gomes, no Rio Grande do Norte, foi um notável investidor do mercado de cavalos e se tornou um grande ícone na criação da raça de cavalos mais versátil do mundo ao investir na melhoria do plantel nacional e priorizar a melhor seleção genética na produção de grandes campeões da raça. Proprietário do Haras Fazenda Bela, Queiroz presidiu ainda o Centro Hípico do Oeste S/A e foi um dos fundadores e presidente do Jockey Club de Sorocaba.

Animais Hall da Fama

MR PAR THREE: MR PAR THREE é neto do lendário THREE BARS (TB) – Hall da Fama da AQHA de 1989, que foi produtor de grandes exemplares da raça. Foi um grande pai e avô, carregando em seu pedigree a base do plantel mundial do Quarto de Milha em três linhagens da raça: Corrida, Conformação e Trabalho. O alazão comprovou nas pistas a sua alta qualidade genética.

Patrocinadores

OLD HONDO: Descendente direto de HONDO RANCHERO (4º animal a ser registrado na ABQM) e GUTHRIEWOOD, o garanhão nasceu no dia em 30 de agosto de 1973. Com uma ancestralidade que permeia sua linhagem, OLD HONDO herdou uma fusão de força, velocidade e inteligência, atributos fundamentais para os cavalos da distinta raça Quarto de Milha e um dos mais premiados de todos os tempos na história da ABQM, acumulando 388 pontos nas pistas, durante sua campanha de 1981-1992. OLD HONDO se tornou um notável representante do Quarto de Milha e deixou seu nome registrado nos anais da história equestre brasileira como o primeiro cavalo Puro de Origem (PO) da raça castrado do país.

PRINCIPE ROJO: Filho de EL REY ROJO e LARGUITA, PRINCIPE ROJO foi um dos cavalos da raça Quarto de Milha que se tornaram célebres no Brasil, na década de 1980. O alazão tostado (puro de origem) foi responsável por uma linhagem histórica de cavalos vencedores de Vaquejada. De propriedade do agrônomo e fazendeiro Francisco Jacinto, PRINCIPE ROJO chegou a Presidente Prudente (SP), depois de ser adquirido no King Ranch, no Texas. Deixou um legado de 326 filhos, dentre vários campeões com destaque para: EL LAGO ROJO, NACIONAL ROJO, BIG STAR ROJO, THUNDER CHIEF, XUXA ROJO, MISS SURETHING ROJO e CINDY PRINCESS.

SALTILLO JR: Abrindo caminho para uma era de triunfos no universo do Quarto de Milha em solo brasileiro, SALTILLO JR, descendente direto do lendário OLD SORREL, ascendeu como um grande reprodutor nos Estados Unidos. Sua influência ecoou pelo mundo, especialmente no Brasil, onde seu impacto permanece vivo. SALTILLO JR marcou o início de uma revolução na equinocultura brasileira. Animais nascidos do cruzamento da sua genética se tornaram requisitados em diversas atividades esportivas que demandam habilidades excepcionais.

ST CAJUINA: Mãe da premiadíssima ST TAPIOCA, hoje o animal mais pontuado de todos os tempos da ABQM, com 1.443 pontos (janeiro/2024), ST CAJUINA é, indiscutivelmente, um dos maiores ícones dos esportes equestres do Quarto de Milha no Brasil. Filha do lendário SHADY LEO e LADY SUGAR FF., a fêmea lidera o ranking da ABQM como reprodutora, com 27 filhos e 4.127 pontos. ST CAJUINA venceu, por oito anos consecutivos, o Awards como melhor reprodutora, entre 2008-2015, desde que o prêmio foi criado pela Associação há 16 anos. Sua linhagem é tão forte que traz o DNA dos maiores clássicos americanos formadores da raça, como THREE BARS, LEO SUGAR BAR, KING E POCO BUENO.

Patrocinadores

————————————————————————————————–

O legado do Quarto de Milha

Os homenageados do 13º Hall da Fama da ABQM representam não apenas indivíduos e animais excepcionais, mas também a grandiosidade e importância do Quarto de Milha no Brasil. Celebrar o legado dessas personalidades e cavalos é reconhecer a essência e a força dessa raça tão amada. Esta edição marca um momento histórico e único para a família quartista brasileira, destacando a relevância do Quarto de Milha em nosso país.

Que essas honrarias inspirem as futuras gerações a seguir os passos dos grandes nomes que fizeram história no universo equestre, mantendo viva a tradição e o amor pelos cavalos Quarto de Milha. O Hall da Fama é mais do que uma homenagem, é um legado que perdurará por muitas gerações, lembrando a todos da importância desses ícones para a raça.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

Comissão do 13º Hall da Fama revela os homenageados de 2022-2023

Na última terça-feira (06), a Comissão do 13º Hall da Fama divulgou os nomes das cinco personalidades e dos cinco cavalos da raça Quarto de Milha que serão eternizados pela Associação Brasileira do Quarto de Milha (ABQM), durante a cerimônia do 16º ABQM Awards, no próximo dia 19/2, na Casa Giardini, em São Paulo.

FAQs

1. Quais são os critérios para seleção dos homenageados do Hall da Fama?

Os homenageados são escolhidos com base na tradição, meritocracia e pelos relevantes serviços prestados ao cavalo Quarto de Milha. A pessoa ou cavalo deve ter tido sua maior relevância até 50 anos antes da indicação.

2. Quais personalidades serão homenageadas neste ano?

As personalidades do Hall da Fama de 2022-2023 são Bobby Seals, Carlos Alberto Deleu, Jarbas Leonel Bertolli, Jairo Martins de Oliveira e Wellington Queiroz.

3. Quais são os cavalos que serão eternizados pela ABQM?

Os cavalos Mr Par Three, Old Hondo, Principe Rojo, Saltillo JR e ST Cajuina serão os homenageados desta edição.

Patrocinadores

4. Qual é a importância do Hall da Fama ABQM?

O Hall da Fama ABQM é um momento histórico que reconhece e celebra os grandes nomes do Quarto de Milha no Brasil, destacando a essência e a importância da raça no país.

5. Quem são os responsáveis pela seleção dos homenageados?

Os homenageados são escolhidos pela Comissão do Hall da Fama, que é composta por membros da ABQM e tem como objetivo valorizar aqueles que contribuíram significativamente para o desenvolvimento da raça.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Na última terça-feira (06), a Comissão do 13º Hall da Fama divulgou os nomes das cinco personalidades e dos cinco cavalos da raça Quarto de Milha serão eternizados pela Associação Brasileira do Quarto de Milha (ABQM), durante a cerimônia do 16º ABQM Awards, no próximo dia 19/2, na Casa Giardini, em São Paulo.

Patrocinadores

Na lista de homenageados no Hall da Fama do hípico 2022-2023 estão o juiz norte-americano Bobby Seals, além dos quartistas brasileiros Carlos Alberto Deleu, Jarbas Leonel Bertolli, Jairo Martins de Oliveira e Wellington Queiroz. Já os animais (todos desaparecidos) que serão condecorados com o maior reconhecimento da ABQM são: Mr Par Three, Old Hondo, Principe Rojo, Saltillo JR e ST Cajuina.

“A nova Diretoria Executiva da ABQM exigiu que a nomeação dos homenageados do 13º Hall da Fama fosse feita pela tradição, meritocracia e pelos relevantes serviços prestados ao cavalo Quarto de Milha. Essa é a primeira edição que escolhemos dez personalidades e animais para serem homenageados. O requisito para se tornar uma celebridade da ABQM é que a pessoa ou o cavalo tenha tido sua maior relevância ou influência, até 50 anos antes da sua indicação”, explica Marcos Sá, coordenador da Comissão do Hall da Fama.

Conheça os homenageados do 13º Hall da Fama

Personalidades Hall da Fama:

Bobby Seals: Bobby Seals viveu a vida montado em um cavalo. Sua paixão, habilidade e técnica eram características únicas de um campeão. Com anos de prática e experiência, se tornou um dos melhores laçadores do mundo. Ao longo dos 70 anos de vida, sempre se dedicou às pistas e a repassar os seus conhecimentos formando e treinando às futuras gerações de grandes laçadores. Em julho de 1975, já como treinador e juiz da modalidade, Seals foi responsável por introduzir o Laço no Brasil, durante o 5º Leilão Oficial da ABQM – o primeiro a ser realizado no Rancho Quarto de Milha, em Presidente Prudente (SP).

Carlos Alberto Deleu: O paulista Carlos Alberto Deleu é uma lenda viva do Quarto de Milha. O quartista se tornou um avaliador potencial da raça, sendo reconhecido como um dos pioneiros na indústria do cavalo no Brasil. Morando há muitos anos nos EUA, Deleu enxergou um mercado forte, treinando e negociando animais para competir, e teve a oportunidade de aprender com renomados treinadores mundiais, aprimorando-se na modalidade de Rédeas. Foi um dos fundadores da Associação Nacional do Cavalos de Rédeas (ANCR), sendo seu primeiro presidente e também primeiro campeão do Potro do Futuro da ANCR.

Jarbas Leonel Bertolli: Jarbas Leonel Bertolli, porto-alegrense nascido em 1948 e formado pela Universidade de São Paulo na década de 1970, desempenhou um papel crucial na Associação Brasileira do Quarto de Milha (ABQM) ao dedicar sua vida em prol da paixão pelos cavalos. Sua trajetória com a raça de cavalos mais versátil do mundo começou na gestão de Sérgio Nouguês, em 1986, quando ingressou na ABQM. Durante seus 26 anos como superintendente-técnico do Stud Book da Associação Quartista deixou uma contribuição significativa para o cartório brasileiro da raça.

Jairo Martins de Oliveira: Jairo Martins de Oliveira foi um ícone do Quarto de Milha no Brasil e deixou um legado inestimável como o primeiro treinador de cavalos da raça no país. Nascido em 1938, Jairo dedicou sua vida ao aprimoramento das práticas equestres e à formação de talentosos cavaleiros e amazonas. Sua partida precoce em 2016, aos 78 anos, deixou seu nome marcado na história da raça e seu legado continua influenciando as novas gerações. Em 1977, durante a Expo Londrina (PR), se consagrou como o primeiro recordista brasileiro de Laço, marcando o tempo de 12 segundos. Esse feito destacou sua habilidade excepcional no esporte, se tornando também um reconhecido treinador dos esportes de velocidade da raça.

Wellington Queiroz: Um dos maiores criadores de Quarto de Milha do Brasil, Wellington Germano de Queiroz deixou um legado inestimável para a raça. O potiguar, natural de Luís Gomes, no Rio Grande do Norte, foi um notável investidor do mercado de cavalos e se tornou um grande ícone na criação da raça de cavalos mais versátil do mundo ao investir na melhoria do plantel nacional e priorizar a melhor seleção genética na produção de grandes campeões da raça. Proprietário do Haras Fazenda Bela, Queiroz presidiu ainda o Centro Hípico do Oeste S/A e foi um dos fundadores e presidente do Jockey Club de Sorocaba.

Animais Hall da Fama:

MR PAR THREE: MR PAR THREE é neto do lendário THREE BARS (TB) – Hall da Fama da AQHA de 1989, que foi produtor de grandes exemplares da raça. Foi um grande pai e avô, carregando em seu pedigree a base do plantel mundial do Quarto de Milha em três linhagens da raça: Corrida, Conformação e Trabalho. O alazão comprovou nas pistas a sua alta qualidade genética.

OLD HONDO: Descendente direto de HONDO RANCHERO (4º animal a ser registrado na ABQM) e GUTHRIEWOOD, o garanhão nasceu no dia em 30 de agosto de 1973. Com uma ancestralidade que permeia sua linhagem, OLD HONDO herdou uma fusão de força, velocidade e inteligência, atributos fundamentais para os cavalos da distinta raça Quarto de Milha e um dos mais premiados de todos os tempos na história da ABQM, acumulando 388 pontos nas pistas, durante sua campanha de 1981-1992. OLD HONDO se tornou um notável representante do Quarto de Milha e deixou seu nome registrado nos anais da história equestre brasileira como o primeiro cavalo Puro de Origem (PO) da raça castrado do país.

PRINCIPE ROJO: Filho de EL REY ROJO e LARGUITA, PRINCIPE ROJO foi um dos cavalos da raça Quarto de Milha que se tornaram célebres no Brasil, na década de 1980. O alazão tostado (puro de origem) foi responsável por uma linhagem histórica de cavalos vencedores de Vaquejada. De propriedade do agrônomo e fazendeiro Francisco Jacinto, PRINCIPE ROJO chegou a Presidente Prudente (SP), depois de ser adquirido no King Ranch, no Texas. Deixou um legado de 326 filhos, dentre vários campeões com destaque para: EL LAGO ROJO, NACIONAL ROJO, BIG STAR ROJO, THUNDER CHIEF, XUXA ROJO, MISS SURETHING ROJO e CINDY PRINCESS.

SALTILLO JR: Abrindo caminho para uma era de triunfos no universo do Quarto de Milha em solo brasileiro, SALTILLO JR, descendente direto do lendário OLD SORREL, ascendeu como um grande reprodutor nos Estados Unidos. Sua influência ecoou pelo mundo, especialmente no Brasil, onde seu impacto permanece vivo. SALTILLO JR marcou o início de uma revolução na equinocultura brasileira. Animais nascidos do cruzamento da sua genética se tornaram requisitados em diversas atividades esportivas que demandam habilidades excepcionais.

ST CAJUINA: Mãe da premiadíssima ST TAPIOCA, hoje o animal mais pontuado de todos os tempos da ABQM, com 1.443 pontos (janeiro/2024), ST CAJUINA é, indiscutivelmente, um dos maiores ícones dos esportes equestres do Quarto de Milha no Brasil. Filha do lendário SHADY LEO e LADY SUGAR FF., a fêmea lidera o ranking da ABQM como reprodutora, com 27 filhos e 4.127 pontos. ST CAJUINA venceu, por oito anos consecutivos, o Awards como melhor reprodutora, entre 2008-2015, desde que o prêmio foi criado pela Associação há 16 anos. Sua linhagem é tão forte que traz o DNA dos maiores clássicos americanos formadores da raça, como THREE BARS, LEO SUGAR BAR, KING E POCO BUENO.

Para a presidente da ABQM, o Hall da Fama ABQM é um momento histórico, que, desde 2011, homenageia e reconhece os grandes nomes do Quarto de Milha no país.

“Nesta 13ª edição do Hall da Fama, chegamos à lista dos 100 maiores nomes da raça, celebrando o legado extraordinário que cada um deixou. Como a primeira presidente mulher da Associação, é uma imensa satisfação participar desse momento único para toda a família quartista brasileira. O Hall da Fama destaca não apenas personalidades notáveis, mas a grandiosidade e importância do Quarto de Milha em nosso país. Estamos celebrando não apenas pessoas e cavalos excepcionais, mas a própria essência e força da raça que tanto amamos”, conclui Mônica Ribeiro.

Por Assessoria de Imprensa/ABQM
Foto: Divulgação/ABQM

Leia mais notícias aqui.

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *