inseminação artificial, produtora de leite, eficiência, produção, curso, bovinocultura, melhoramento genético, vacas leiteiras, técnica reprodutiva, pecuária
Curso de inseminação artificial auxilia produtora 2

Curso de Inseminação Artificial ajuda produtora de leite a melhorar resultados

Curso de inseminação artificial auxilia produtora de leite

Você já pensou em fazer um curso de inseminação artificial para melhorar a genética do seu rebanho leiteiro? Essa foi a escolha da produtora Jessica Klauss, que administra uma propriedade em Santa Izabel do Oeste, no Paraná. Ela enfrentava problemas de mão de obra e falta de veterinários para atender suas vacas e decidiu se capacitar no SENAR-PR.

Jessica conta que o curso foi muito importante para aprender as técnicas, os cuidados sanitários, a escolha do touro e do sêmen, e o manejo adequado das bezerras. Ela também destaca que participou de uma turma exclusiva para mulheres, o que facilitou o diálogo e a troca de experiências.

Após o curso, Jessica começou a inseminar suas próprias vacas e obteve resultados surpreendentes. Das 21 vacas inseminadas, 11 já tiveram a prenhez confirmada. Ela afirma que se sente emocionada com cada novilha que nasce e que pretende continuar investindo na melhoria da qualidade do seu rebanho.

Patrocinadores

A inseminação artificial é uma técnica que traz diversos benefícios para os produtores de leite, como o aumento da produtividade, a redução dos custos, o controle sanitário e o bem-estar animal. Além disso, permite o acesso a genética de alta qualidade e a diversificação das raças.

Se você se interessou pelo curso de inseminação artificial do SENAR-PR, saiba que ele é voltado para produtores de gado de corte ou de leite e tem duração de 40 horas. Para participar, é necessário ter concluído o curso de Manejo e Ordenha, também oferecido pelo SENAR-PR.

Para mais informações sobre os cursos do SENAR-PR, acesse o site https://www.senarpr.org.br/ ou entre em contato com o sindicato rural da sua região.

A produtora Jéssica Klauss vem enfrentando problemas trabalhistas na propriedade leiteira que administra em Santa Izabel do Oeste, no sudoeste do Paraná. Na ausência de veterinários para atendimento, ele estava atrasando as vacas recriadas e causando prejuízos financeiros. O produtor, então, decidiu se matricular no curso de Inseminação Artificial do SENAR-PR.

Patrocinadores

“Foram várias situações que marcaram pessoas e não tiveram veterinário para nos atender, ou se atrasaram. Com isso, passado o período adequado, a vaca não tinha certeza da procriação. Foi muito complicado”, conta Jéssica. “Como eu já tinha o material para inseminação, às vezes arriscava para não perder a vaca, mas era muito difícil sem a orientação de um profissional”, conta.

Curso de inseminação artificial auxilia produtora 3

Após o curso, em outubro de 2022, a realidade do imóvel mudou. O produtor passou a valorizar o conhecimento prático e, na quarta tentativa, os resultados foram surpreendentes. Das 21 vacas inseminadas, 11 já confirmaram a gestação. “Entre essas vacas, algumas precisaram fazer inseminação mais de uma vez, mas a maioria conseguiu na primeira vez. As pessoas ficaram empolgadas, porque não imaginava que um período tão curto fosse tão certo”, diz Jéssica.

Na avaliação do produtor, a qualidade do curso do SENAR-PR e o acompanhamento do instrutor durante as aulas práticas são essenciais para esse sucesso. Além disso, Jéssica participou de um passeio composto apenas por mulheres – uma ação em homenagem ao Outubro Rosa –, que ela também credita como tendo ajudado, mas não aprendido.

“As pessoas se sentem mais dispostas a conversar com outras mulheres, compartilhar experiências e tirar dúvidas. Para que o curso seja excelente, você pode aprender a inseminar envolvendo técnicas, escolha do touro, vantagens e desvantagens, uma série de questões importantes para melhorar a genética do rebanho”, resume.

Patrocinadores

Uma das vantagens de inseminar o próprio rebanho, segundo o produtor, é que o animal já está acostumado com sua presença e seu leite, ou que reduz ou estressa e aumenta as chances de prenhez.

Este é o segundo treinamento do SENAR-PR em pecuária leiteira do qual Jéssica participa. Antes, ela concluiu o curso de Manejo e Gestão, pré-requisito para treinamentos envolvendo inseminação artificial. Para o produtor, que aprende a lidar com a propriedade no dia a dia, ter conhecimento técnico e especializado ajuda a melhorar a qualidade do rebanho.

“A questão do manejo dos bezerros foi muito importante. Perdi bastante, principalmente porque as pessoas me tratam ou me maltratam, separando-as da maneira errada. São detalhes que fazem a diferença”, pontua. “Cada novilha que nasce é uma conquista, então precisamos cuidar bem dela”, complementa.

Serviço

O curso “Inseminação artificial de bovinos” é voltado para produtores de gado de corte ou leite. Um treinamento inclui tópicos como eficiência técnica, cuidados com a saúde, registros detalhados, higiene animal, seleção de materiais, avaliação de vacas e seleção de sêmen, bem como abordagens práticas ou técnicas passo a passo.

Patrocinadores

Dois pré-requisitos são a aprovação em dois dos seguintes cursos do SENAR-PR: “Manejo de gado de corte”, “Manejo e embalagem de gado de corte”, “Manejo de gado de leite”, “Manejo de gado de leite” para funcionários” ou “ Manejo e ordem”.

Todos os cursos do SENAR-PR são gratuitos e com entrega de certificado. Para se inscrever, basta acessar o site sistemafaep.org.br, na seção Cursos SENAR-PR.

(com FAEP)

(Emanuely/Sou Agro)

Patrocinadores



Fonte

agricultura agricultura de precisão agricultura familiar agrolink agronegocio agrotoxico arroz avicultura biodiesel biotecnologia boi brasil cabras café cavalo certificação consultoria crédito rural descubra ensino à distância etanol feijão flores frutas gado gado de corte geladeiras gestão rural milho noticias ovelha para pasto pecuaria pecuária leiteira pragas na agricultura Qual saúde Animal seguro rural setor sucroenergético SOJA suinocultura Treinamento trigo Turismo rural

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here