Cachaça, setor comemora um aumento de 62% na exportação
Cachaça, setor comemora um aumento de 62% na exportação

Atualmente, a bebida brasileira é exportada para 66 países. o setor comemora o impulso no mercado externo e interno.

A variação percentual de exportações da Cachaça realizada de janeiro a agosto de 2022, em relação a 2021, apresentou crescimento de 62,49% em valor (US$ 13,10 milhões) e 26,84% em volume (5,9 milhões de litros).

Em 2021, no mesmo período, foram exportados o equivalente a US$ 8.066.791,00 em valor e 4.710.930 litros em volume.

Os dados são do Comex Stat (Ministério da Economia), compilados pelo Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), entidade representativa do setor.

Patrocinadores

Atualmente, a cachaça é exportada para 66 países, principalmente para os Estados Unidos, Alemanha, Portugal e Itália.

No consumo interno, o tamanho do mercado também está evoluindo.

De acordo com relatório anual de bebidas alcoólicas da Euromonitor International, principal provedor global de pesquisa de mercado, na comparação entre 2021 e 2020, o crescimento foi de 30% em valor (atualmente, um mercado de R$ 15,55 bilhões) e 18% em volume (totalizando 469.725,2 milhões de litros).

Os números precisam ser comemorados e a perspectiva do setor – tanto no mercado externo quanto interno – é fechar o ano com dados superiores a 2021.

Patrocinadores

Mas é importante alertar que as perdas enfrentadas durante a pandemia foram significativas, principalmente no mercado interno mercado, quando o fechamento de bares e restaurantes, e outras restrições ao consumo de bebidas alcoólicas, afetaram diretamente o mercado de Cachaça, que tem seus principais canais de distribuição nessas localidades.

Esperamos que o cenário positivo continue, e que tenhamos mais motivos para comemorar”, enfatiza Carlos Lima, diretor executivo do IBRAC.

O momento pós-pandemia pode oferecer grandes oportunidades para o setor de Cachaça, pois os consumidores se sentem mais à vontade para consumir novamente em bares e restaurantes.

Teremos também um verão único, com a Copa do Mundo e a volta do Carnaval, criando um cenário que, se bem trabalhado, podemos ver a Cachaça sendo alavancada como um dos grandes destilados do mercado nacional.”, destaca Rodrigo Mattos, analista de Bebidas Alcoólicas da Euromonitor International.

Patrocinadores
Cachaça – da Colônia à Independência do Brasil
Cachaça – da Colônia à Independência do Brasil

O Dia Nacional da Cachaça é uma iniciativa do IBRAC, e é comemorado desde 2009 pelo setor produtivo.

O projeto de lei que estabelece o dia 13 de setembro como o Dia Nacional da Cachaça tramita no Senado Federal.

A escolha da data tem uma razão histórica: em 13 de setembro de 1661, ocorreu a famosa rebelião dos produtores brasileiros chamada Revolta da Cachaça.

Patrocinadores

Em 1635, quando os portugueses perceberam que o mercado de cachaça estava crescendo e o produto estava tomando o lugar da bagaceira, produzida por eles a partir do bagaço de uva, o rei de Portugal proibiu a produção e venda da cachaça.

Na altura, os portugueses chegaram mesmo a ameaçar os produtores com deportação, apreensão do produto e destruição dos alambiques.

O cenário culminou no movimento liderado pelos produtores, que abriu caminho para a legalização da bebida pela Ordem Real.

A cachaça é símbolo da resistência do povo brasileiro, pois enfrentou o preconceito desde a época do Brasil colonial, período em que sua comercialização foi proibida várias vezes.

Patrocinadores

Com mais de 500 anos de história, está ligado aos acontecimentos do Brasil e pode ser considerado o primeiro destilado das Américas, tendo sido produzido, pela primeira vez, intencionalmente, em algum engenho de açúcar do litoral brasileiro, entre os anos de 1516 e 1532, antes mesmo do aparecimento do Pisco, Tequila e Rum”, explica o executivo do IBRAC.

Iniciativas como o projeto setorial de Promoção de Exportação de Cachaça – Cachaça: Taste The New, Taste Brasil, desenvolvido pelo IBRAC em parceria com Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex-Brasil, e a Programa de Qualificação de Exportação (PEIEX) Agro Cachaça, desenvolvidas pela Agência com o apoio do IBRAC, fazem parte da estratégia de promoção da Cachaça no mercado externo.

Source link

Patrocinadores
Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here