Noticias do Jornal do campo Soberano
Boa leitura!
Que tal se manter atualizado sobre o agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Se você está em busca de informações precisas e detalhadas sobre o mercado de gado, então você está no lugar certo. Acompanhe este artigo para entender as tendências do mercado, os preços da arroba do boi e as perspectivas para o futuro.

**Mercado físico de gado**

Nesta semana, o mercado físico de gado começou com uma alta nos preços. De acordo com Fernando Henrique Iglesias, analista da Safras & Mercado, essa variação já era esperada, especialmente depois de uma semana com poucas negociações. A redução nas escalas de abate enfrentada pelos frigoríficos é um fator que influencia diretamente essa alta.

No entanto, a incerteza paira sobre o ritmo das negociações ao longo desta semana. Se os pecuaristas responderem positivamente ao aumento dos preços, é possível que o movimento ascendente perca força. Por outro lado, se as negociações forem fracas, é provável que o movimento ascendente se intensifique ainda mais.

Patrocinadores

Em termos de valores, podemos destacar os seguintes preços médios da arroba do boi em diferentes regiões do Brasil: R$ 204 em São Paulo, R$ 190 em Goiânia, R$ 200 em Uberaba (MG), R$ 201 em Dourados (MS) e R$ 175 em Cuiabá.

**Gado no atacado**

No mercado atacadista, também houve uma recuperação parcial nos preços da carne bovina. Segundo Iglesias, isso se deve ao aumento do consumo na primeira quinzena de cada mês, quando os salários entram na economia. Essa tendência sugere uma continuação do movimento de alta no curto prazo.

Os preços dos cortes de carne bovina também apresentaram variações. O quarto traseiro, por exemplo, teve um aumento de R$ 0,40 no preço por quilo, totalizando R$ 15,90. Já a ponta da agulha teve um acréscimo de R$ 0,35, chegando a R$ 12,50 por quilo. Por fim, o trimestre ficou estável em R$ 12,20 por quilo.

Patrocinadores

**Fique por dentro das notícias do agronegócio**

Se você gostaria de receber as principais notícias do agronegócio brasileiro e se manter informado sobre o mercado de gado, nós temos uma boa notícia para você. Temos um serviço de assinatura que permite que você receba essas informações em primeira mão.

Nós trabalhamos para garantir uma cobertura completa e detalhada do setor agropecuário, com análises aprofundadas, entrevistas com especialistas e muito mais. Se você deseja estar por dentro das últimas tendências, saber sobre os preços da arroba do boi e ter informações relevantes sobre o agronegócio, essa é a oportunidade perfeita para você.

**Conclusão**

Patrocinadores

Em suma, o mercado físico de gado apresentou alta nos preços nesta semana, devido à redução nas escalas de abate e à expectativa dos pecuaristas em relação ao comportamento do mercado. Já no mercado atacadista, os preços da carne bovina tiveram uma recuperação parcial, impulsionados pelo aumento do consumo na primeira quinzena de cada mês.

Ficar por dentro das principais notícias e tendências do agronegócio é fundamental para os profissionais e interessados nesse setor. Por isso, não perca tempo e assine nosso serviço de notícias para receber todas essas informações em primeira mão. Aproveite essa oportunidade para se manter atualizado e tomar decisões mais informadas em relação ao mercado de gado.

**Perguntas adicionais**

1. Quais são os fatores que influenciam os preços no mercado físico de gado?
2. Como a redução nas escalas de abate impacta o mercado?
3. O que pode acontecer se os pecuaristas responderem positivamente ao aumento dos preços?
4. Quais foram os preços médios da arroba do boi em São Paulo, Goiânia, Uberaba, Dourados e Cuiabá?
5. Por que o aumento do consumo na primeira quinzena de cada mês afeta o mercado atacadista?

Patrocinadores

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo
Gostou das nossas dicas? Possui alguma outra que gostaria de compartilhar com a gente?
Escreva para nós nos comentários!

Verifique a Fonte Aqui

Ó mercado físico de gado começou a semana com alta nos preços.

Fernando Henrique Iglesias, analista da Safras & Mercado, diz que isso era esperado depois de uma semana com poucas negociações.

Segundo Iglesias, os frigoríficos enfrentam redução nas escalas de abate.

Patrocinadores

A grande incerteza no curto prazo está relacionada ao ritmo das negociações ao longo desta semana.

Se os pecuaristas responderem positivamente ao aumento dos preços, o movimento ascendente poderá perder força.

No entanto, se as negociações forem fracas, é mais provável que o movimento ascendente se intensifique, destacou o analista.

  • O preço da arroba do boi era R$ 204 em São Paulo.
  • Em Goiânia, Goiás, alguém registrou indicação de R$ 190 por arroba de gado de corte.
  • Em Uberaba (MG), o preço da arroba era de R$ 200.
  • Em Dourados (MS), foi R$ 201.
  • Em Cuiabá indicaram a arroba a R$ 175.

Gado no atacado

O mercado atacadista registrou hoje uma recuperação parcial nos preços da carne bovina.

Patrocinadores

Segundo Iglesias, o ambiente de negócios sugere a continuação desse movimento no curto prazo. Isto se deve ao aumento do consumo na primeira quinzena de cada mês, quando os salários entram na economia.

O preço do quarto traseiro aumentou para R$ 15,90 o quilo, um aumento de R$ 0,40.

A ponta da agulha passou para R$ 12,50 o quilo, com aumento de R$ 0,35.

O trimestre ficou estável em R$ 12,20 por quilo.

Patrocinadores

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here