sorgo – 5 segredos que você não sabe

maxresdefault e1646185778248

sorgo – 5 segredos que você não sabe

Sorgo Granífero
Sorgo Sacarino
Sorgo Forrageiro
Sorgo Vassoura
Sorgo Biomassa

sorgo – 5 segredos que você não sabe 

O sorgo é o quinto cereal mais produzido no mundo, atrás apenas do trigo, arroz, milho e cevada.

No Brasil, o sorgo vem ganhando espaço nos últimos anos, principalmente como alternativa para o plantio de safrinha ou segunda safra.

Devido à sua fácil adaptação e facilidade de produção mesmo em ambientes menos favoráveis, tem representado um bom investimento para os produtores rurais.

Patrocinadores

Neste artigo, você conhecerá mais sobre o sorgo e seus principais tipos.

O que é sorgo e para que serve?

O sorgo é uma planta nativa da África e parte da Ásia.

Nos países em desenvolvimento, é amplamente utilizado na nutrição humana, servindo como ingrediente para a produção de farinhas e pães.

Nos países mais desenvolvidos, seu principal uso é na alimentação animal.

Patrocinadores

No Brasil, o cultivo do sorgo começou a se expandir na década de 1970, em estados como Rio Grande do Sul, São Paulo, Bahia e Paraná.

sorgo – 5 segredos que você não sabe

Quais são os tipos de sorgo?

sorgo

O sorgo é um cereal classificado em 5 grupos: grão, açúcar, forragem, vassoura e biomassa. Saiba mais sobre cada um deles!

grão de sorgo

O sorgo granífero é o tipo mais comum, sendo o quinto cereal mais produzido no mundo.

Sua planta é baixa, com uma panícula no topo, onde estão os grãos.

Patrocinadores

Após a colheita, as plantas são utilizadas como feno ou incorporadas ao solo.
sorgo doce

O sorgo doce, por sua vez, possui plantas altas. Ao contrário do sogro granulado, esse tipo de sorgo não produz muitas sementes e, portanto, é usado principalmente para silagem ou produção de açúcar e álcool.

sorgo forrageiro

A forragem, assim como a sacarina, é uma planta alta e pode atingir mais de dois metros de altura.
Aqui no Brasil, ela se adapta melhor ao sertão e agreste de Alagoas, além de regiões semelhantes. É usado para pastagem, alimentação de gado e cobertura morta.

vassoura de sorgo

A vassoura tem esse nome porque seu principal uso é na fabricação desse objeto, principalmente no Rio Grande do Sul.

Patrocinadores

Sua característica mais marcante é a panícula em forma de vassoura.

As outras partes são geralmente usadas para alimentação animal.

Biomassa de Sorgo

A biomassa é utilizada principalmente para produção de energia, pois possui poder calorífico semelhante ao da cana-de-açúcar. As usinas são utilizadas em termelétricas e em indústrias que utilizam caldeiras para geração de energia para consumo próprio.

Que fatores favorecem o aumento da produtividade do sorgo?

Para que o cultivo do sorgo tenha sucesso, o produtor deve ficar atento a alguns pontos, que discutiremos a seguir.

Patrocinadores

sorgo – 5 segredos que você não sabe Clima

É uma planta tolerante a altas temperaturas e clima seco.

No entanto, se houver déficit hídrico, sua taxa de crescimento diminui.

Para que cresça saudável, a planta precisa de temperaturas médias acima de 18°C, mas o ideal é que seja cultivada entre 26°C e 30°C.

Em termos de disponibilidade hídrica, existem dois períodos críticos: um logo após o plantio e outro durante a fase de floração.

Patrocinadores

Plantação e Profundidade

O tempo de plantio depende se a colheita vai ser no verão ou fora de época.

Para o verão, o plantio deve ser feito na estação chuvosa, e na entressafra, logo após a colheita da safra normal.

A semente é pequena e, portanto, a semeadura deve ser feita superficialmente, até uma profundidade máxima de 5 cm. Além disso, é fundamental preparar o solo para facilitar o crescimento da planta.

preparação do solo

O solo para o cultivo do sorgo deve ter boa porosidade para facilitar a infiltração da água e o desenvolvimento radicular. Sua preparação dependerá do sistema de plantio.

Patrocinadores

Para o sistema de cultivo convencional, o mais indicado é realizar arar e arrastar, banir e incorporar calcário.

Para o plantio direto, não há necessidade de revolver o solo.

O preparo deve ser feito com a secagem das gramíneas, que funcionam como cobertura morta e protegem o solo da luz solar, além de facilitar a infiltração da água.

Fertilização e Nutrição

A adubação deve ser realizada de acordo com os resultados da análise do solo.

Normalmente, 300 kg de fertilizante de fórmula 4-20-20 são usados por hectare.

O ideal é aplicar a adubação quando as plantas atingirem de 30 a 40 centímetros de altura, utilizando 150 kg de sulfato de amônio por hectare.

Colheita

O ponto de colheita ideal é quando os grãos apresentam teor de umidade entre 14% e 17% para secagem artificial e 13% para secagem natural.

No caso do sorgo para silagem, o ponto ideal para colheita é quando a planta atinge o percentual mínimo de 30% de matéria seca.

Para pastagem e fenação, a colheita deve ser feita quando a planta atingir entre 80 cm e um metro de altura, ou 30 a 40 dias após a semeadura.

Quem quiser usar o sorgo para cobertura morta deve colher quando as plantas atingirem uma altura mínima de 150 cm.

Quais são as principais doenças do sorgo?

Apesar de ser uma planta facilmente adaptável, o sorgo é sensível a uma série de doenças. Aqui no Brasil, o mais comum é a antracnose, que pode causar perdas de mais de 70% da produção.

Além da antracnose, existem outras doenças que afetam o sorgo:

Míldio;
Helmintosporiose;
Ferrugem;
Doença açucarada do sorgo ou ergot;
Podridão seca.

Apodrecimento seco.

Além disso, o sorgo também está sujeito a pragas como cupins, lagartas e pulgões. Portanto, é muito importante que o produtor esteja atento à ocorrência desses animais, principalmente porque eles podem atacar em qualquer fase do ciclo de vida da planta.

conclusão

O sorgo é uma cultura que vem ganhando espaço no Brasil devido à sua facilidade de cultivo e versatilidade.

Para que a produtividade das plantas seja a esperada e os resultados da semeadura sejam positivos, é importante planejar a semeadura, manejar adequadamente a lavoura e atentar para a época ideal de colheita.

Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here