Entenda a queda nas cotações da novilha gorda na região Sudeste do Mato Grosso

A cotação da novilha gorda caiu na região Sudeste do Mato Grosso, enquanto os preços do boi e vaca gordos mantiveram-se estáveis ao longo da semana. As escalas de abate continuaram, em média, com 10 dias. Na comparação semanal, segundo levantamento da Scot Consultoria, a arroba da novilha caiu R$5,00, queda de 2,5%, estando negociada a R$192,00, preço a prazo, descontados os impostos (Senar e Funrural).

Já para a vaca, a cotação ficou estável em R$187,00/@, preço a prazo e livre de impostos (Senar e Funrural). O boi gordo na praça é negociado a R$207,0/@, preço a prazo e descontados os impostos. Diferencial de base de R$19,50/@ ou 9,4% a menos que em São Paulo, onde o boi segue comercializado a R$226,50/@, preço a prazo, descontados os impostos.

Fatores que influenciaram na queda das cotações

A oferta de fêmeas tem aumentado no estado, pressionando negativamente os preços da arroba destas categorias. Para a próxima semana, a expectativa é de cotações ainda pressionadas, à medida que a estação de monta finalizou-se e as fêmeas vazias estão sendo destinadas ao abate.

Impacto da temporada de monta no mercado pecuário

Com a finalização da estação de monta, a dinâmica do mercado pecuário do Mato Grosso tem sofrido alterações significativas, refletindo diretamente nas cotações da novilha gorda na região sudeste. Entenda os impactos desse período no preço do gado e as expectativas para o mercado nos próximos dias.

Patrocinadores

Na comparação semanal, segundo levantamento da Scot Consultoria, a arroba da novilha caiu R$5,00, queda de 2,5%, estando negociada a R$192,00, preço a prazo, descontados os impostos (Senar e Funrural).

Já para a vaca, a cotação ficou estável em R$187,00/@, preço a prazo e livre de impostos (Senar e Funrural).

O boi gordo na praça é negociado a R$207,0/@, preço a prazo e descontados os impostos. Diferencial de base de R$19,50/@ ou 9,4% a menos que em São Paulo, onde o boi segue comercializado a R$226,50/@, preço a prazo, descontados os impostos.

A oferta de fêmeas tem aumentado no estado, pressionando negativamente os preços da arroba destas categorias. Para a próxima semana, a expectativa é de cotações ainda pressionadas, à medida que a estação de monta finalizou-se e as fêmeas vazias estão sendo destinadas ao abate.

Patrocinadores

Figura 1.
Preços mensais do boi gordo, em R$/@, a prazo, descontados os impostos, na região Sudeste do Mato Grosso.
240317 estatistica1
*até 14/3.
Fonte: Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

Figura 2.
Cotação do boi gordo, em 14/3, em R$/@, a prazo, livre de Funrural.
240317 estatistica2
*Inclui a região de Rondonópolis.
Fonte: Scot Consultoria – www.scotconsultoria.com.br

Pressão de oferta leva novilha gorda a queda de preço no Mato Grosso

A oferta de fêmeas no estado tem aumentado, pressionando negativamente os preços da novilha gorda. Com a finalização da estação de monta, as fêmeas vazias estão sendo destinadas ao abate, o que deve manter as cotações pressionadas para a próxima semana. É importante ficar atento a essas variações de mercado para tomar as melhores decisões em relação aos investimentos no setor pecuário.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Patrocinadores

Novilha gorda tem queda de preço na região Sudeste do Mato Grosso

A cotação da novilha gorda caiu na região Sudeste do Mato Grosso, enquanto os preços do boi e vaca gordos mantiveram-se estáveis ao longo da semana. As escalas de abate continuaram, em média, com 10 dias.

Novilha gorda em queda

Na comparação semanal, segundo levantamento da Scot Consultoria, a arroba da novilha caiu R$5,00, queda de 2,5%, estando negociada a R$192,00, preço a prazo, descontados os impostos (Senar e Funrural).

Vaca e boi mantêm estabilidade

Já para a vaca, a cotação ficou estável em R$187,00/@, preço a prazo e livre de impostos (Senar e Funrural).

Boi gordo estável, mas com diferencial de base

O boi gordo na praça é negociado a R$207,0/@, preço a prazo e descontados os impostos. Diferencial de base de R$19,50/@ ou 9,4% a menos que em São Paulo, onde o boi segue comercializado a R$226,50/@, preço a prazo, descontados os impostos.

Patrocinadores

Expectativa de cotações pressionadas

A oferta de fêmeas tem aumentado no estado, pressionando negativamente os preços da arroba destas categorias. Para a próxima semana, a expectativa é de cotações ainda pressionadas, à medida que a estação de monta finalizou-se e as fêmeas vazias estão sendo destinadas ao abate.

Queda misteriosa na cotacao da novilha gorda

FAQs

1. Por que a cotação da novilha gorda caiu na região Sudeste do Mato Grosso?

A cotação da novilha gorda caiu devido ao aumento da oferta de fêmeas no estado, pressionando os preços dessa categoria.

2. Qual o preço atual da arroba da novilha na região?

O preço atual da arroba da novilha na região é de R$192,00, preço a prazo e descontados os impostos.

3. Como estão os preços do boi e vaca gordos na região?

Os preços do boi e vaca gordos mantiveram-se estáveis, com o boi sendo negociado a R$207,0/@ e a vaca a R$187,00/@.

Patrocinadores

4. Qual a expectativa para as cotações na próxima semana?

A expectativa é de cotações ainda pressionadas, devido ao aumento da oferta de fêmeas destinadas ao abate após o fim da estação de monta.

5. O que é diferencial de base nos preços do boi gordo?

O diferencial de base nos preços do boi gordo é de R$19,50/@ ou 9,4% a menos na região Sudeste do Mato Grosso em comparação com São Paulo.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores
Patrocinadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here