Pular para o conteúdo

El Bak surpreende e conquista prêmio exclusivo.

RG El Bak vence o Prêmio Versaddo Rach no Jockey Club de São Paulo

O sucesso da criação nacional de Cavalo Árabe no cenário internacional

O Brasil segue mantendo o seu lugar de destaque no cenário internacional do Cavalo Árabe, com recentes vitórias de animais de origem brasileira, em duas prestigiadas exposições realizadas em Doha, no Qatar. De acordo com Luiz Antonio Rocco, criador e juiz da raça, já são mais de duas décadas de sucesso da criação nacional do Cavalo Árabe no exterior.

Uma presença consistente no cenário internacional

Rocco destaca que, embora o volume anual de exportações não seja muito alto, a qualidade dos animais brasileiros da raça Árabe garante uma presença consistente no cenário internacional. “É compreensível que os compradores busquem incessantemente o que há de melhor aqui, então estamos sempre bem representados”, afirma Rocco.

Destaque nos resultados das competições

Além disso, ele ressalta o crescimento competitivo internacional e o aprimoramento constante na qualidade dos animais. O que confere ao Brasil, através dos resultados dos cavalos nacionais nas competições, destaque no cenário global da raça. “Tenho julgado extensivamente no exterior e percebo um aumento na qualidade dos equinos, tornando a competição cada vez mais acirrada”.

———————————————————————————————-

Desenvolvimento

Os resultados da criação nacional do Cavalo Árabe em exposições internacionais estão evidenciando a qualidade e competitividade dos animais brasileiros. A presença constante de equinos de origem brasileira em eventos renomados, como a Doha International Arabian Horse Show e a Souq Waqif International Arabian Horse Show, ressalta o impacto positivo da genética e do manejo dos criadores do país.

Competitividade e Reconhecimento Internacional

A conquista de títulos importantes, como o de Campeã Júnior Fêmea Prata por Aysha EV e os primeiros lugares de TM Ipanema e Lady Lolita SPO, demonstra a excelência da criação nacional. Além disso, a presença de descendentes de cavalos brasileiros, como RFI Farid, Parys K e Laman HVP, entre os premiados, ressalta o reconhecimento global da qualidade genética dos equinos criados no Brasil.

Impacto na Competição Global

O desempenho dos cavalos brasileiros em competições internacionais tem impactado a reputação do país no cenário global da raça Árabe. Dessa forma, a constante busca pela excelência genética e pelo aprimoramento dos animais garante ao Brasil uma posição de destaque e respeito entre os criadores e juízes internacionais.

Crescimento Sustentável e Vantagem Competitiva

O crescimento sustentável da criação de Cavalos Árabes no Brasil, aliado à vantagem competitiva baseada na qualidade dos animais e no legado genético, reforça a posição do país como um polo de excelência na produção equina. A estratégia de manter um padrão de qualidade elevado e participar ativamente de competições internacionais tem garantido o reconhecimento e a valorização dos cavalos brasileiros em todo o mundo.

————————————————————————————————–

Legado Genético: Destaque da Criação Nacional de Cavalo Árabe

A qualidade dos animais brasileiros da raça Árabe garante uma presença consistente no cenário internacional, com vitórias recentes em exposições de prestígio. A competitividade e aprimoramento na qualidade dos equinos são evidenciados pelos resultados expressivos nas competições, mostrando o legado genético incomparável do Cavalo Árabe brasileiro.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

Brasil mantém destaque internacional na criação de Cavalos Árabes

O Brasil continua se destacando no cenário internacional da criação de Cavalos Árabes, com recentes vitórias de animais brasileiros em exposições de prestígio no Qatar. Segundo Luiz Antonio Rocco, criador e juiz da raça, o país vem se destacando há mais de duas décadas no exterior, conquistando reconhecimento e sucesso em diversas competições ao redor do mundo.

Vantagens competitivas do Brasil na criação de Cavalos Árabes

Apesar do volume moderado de exportações anuais, a qualidade dos animais brasileiros da raça Árabe garante uma presença consistente no cenário internacional. Com um número relativamente moderado de nascimentos, o Brasil se destaca pela excelência e pela busca incessante pela qualidade, o que atrai compradores de todo o mundo.

Resultados da criação nacional do Cavalo Árabe em Doha

Em exposições recentes, como a Doha International Arabian Horse Show e a Souq Waqif International Arabian Horse Show, éguas brasileiras conquistaram títulos e reconhecimento, demonstrando a qualidade e o potencial da criação nacional. Estes resultados evidenciam o legado genético incomparável do Cavalo Árabe brasileiro, reconhecido por sua elegância e força.

Perguntas Frequentes sobre a criação de Cavalos Árabes no Brasil:

1. Qual é o destaque do Brasil na criação de Cavalos Árabes?

O Brasil se destaca internacionalmente na criação de Cavalos Árabes, conquistando vitórias e reconhecimento em exposições prestigiadas ao redor do mundo.

2. Por que a qualidade dos animais brasileiros é tão elogiada?

A qualidade dos Cavalos Árabes brasileiros é reconhecida devido ao foco na excelência, na elegância e na força genética desses animais, atraindo compradores globais em busca do melhor.

3. Quantos nascimentos anuais o Brasil possui em comparação a outros países?

Apesar de não ter um volume expressivo de nascimentos anuais, o Brasil registra mais animais do que a maioria dos países, o que confere uma vantagem competitiva na apresentação da criação aos criadores estrangeiros.

4. Quais foram os títulos conquistados pelos Cavalos Árabes brasileiros em exposições recentes?

Éguas brasileiras conquistaram títulos como Campeã Júnior Fêmea Prata, Campeonato Égua e outras premiações em exposições internacionais, evidenciando a excelência da criação nacional.

5. Como a criação brasileira contribui para o cenário global da raça de Cavalos Árabes?

A criação brasileira destaca-se por sua qualidade, competitividade e aprimoramento constante, contribuindo para elevar o padrão e a reputação global da raça de Cavalos Árabes, com resultados expressivos em competições internacionais.

Com tantas conquistas e reconhecimento internacional, a criação de Cavalos Árabes no Brasil continua a se destacar como uma referência de excelência e qualidade genética, atraindo os olhares e a admiração de criadores e entusiastas em todo o mundo.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jornal Do Campo

O Brasil segue mantendo o seu lugar de destaque no cenário internacional do Cavalo Árabe, com recentes vitórias de animais de origem brasileira, em duas prestigiadas exposições realizadas em Doha, no Qatar. De acordo com Luiz Antonio Rocco, criador e juiz da raça, já são mais de duas décadas de sucesso da criação nacional do Cavalo Árabe no exterior. “Inicialmente, nas exposições norte-americanas. Depois, a partir da virada do século, nas mostras da Europa e, na sequência, nos países do Oriente Médio”.

Rocco destaca que, embora o volume anual de exportações não seja muito alto, a qualidade dos animais brasileiros da raça Árabe garante uma presença consistente no cenário internacional. “É compreensível que os compradores busquem incessantemente o que há de melhor aqui, então estamos sempre bem representados”, afirma Rocco.

O criador e juiz reforça ainda a vantagem competitiva do Brasil, mesmo com um número anual de nascimentos relativamente moderado. “Apesar de não termos uma quantidade expressiva de nascimentos anuais, ainda assim registramos mais animais do que a maioria dos países, o que nos confere essa vantagem ao apresentarmos nossa criação aos criadores de fora”, pontua.

Além disso, ele ressalta o crescimento competitivo internacional e o aprimoramento constante na qualidade dos animais. O que confere ao Brasil, através dos resultados dos cavalos nacionais nas competições, destaque no cenário global da raça. “Tenho julgado extensivamente no exterior e percebo um aumento na qualidade dos equinos, tornando a competição cada vez mais acirrada”.

Resultados da criação nacional do Cavalo Árabe em Doha

Entre os dias 05 e 07 de janeiro, na Doha International Arabian Horse Show, a égua Aysha EV, de criação do Haras Estância do Vale, de Cuiabá (MT), conquistou o cobiçado título de Campeã Júnior Fêmea Prata, enfrentando a concorrência de 70 potras

apresenção de Aysha EV

Na mesma exposição, TM Galileah, de criação do Haras Trindade de Minas, de Nova Serrana (MG), assegurou o segundo lugar na categoria de éguas de 7 a 10 anos, enquanto o título do Campeonato Égua foi conquistado por D Fala, neta de Clio Fiera Branca, criada pelo Haras Clio, de Limeira (SP).

apresentação de TM Galileah

Posteriormente, entre 13 e 15 de janeiro, na Souq Waqif International Arabian Horse Show, TM Ipanema, também de criação do Haras Trindade de Minas, e Lady Lolita SPO, de criação do Haras Sete Flores, de Pilar do Sul (SP), conquistaram, respectivamente, Ouro e Prata entre mais de 50 potrancas.

apresentação de TM Ipanema

O pódio da Souq Waqif International Arabian Horse Show ficou ainda mais completo com uma filha do cavalo brasileiro Jyar Meia Lua, de criação do extinto Haras Meia Lua, de Sorocaba (SP), arrematando a medalha de bronze.

apresentação de Lady Lolita SPO

A impressionante performance da criação brasileira na exposição se estendeu à progênie premiada de outros equinos nascidos no Brasil, incluindo RFI Farid, Parys K, Laman HVP, Nirah Meia Lua e Jaipur El Perseus. Esses resultados evidenciam o legado genético incomparável, caracterizado pela elegância e força do Cavalo Árabe brasileiro.

Por Natália de Oliveira/Agência Cavalus
Fotos: Reprodução/ArabianEssence

Leia mais notícias aqui.

Verifique a Fonte Aqui

Patrocinadores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Patrocinadores
MC Mirella dança funk com 8 meses de gestação! Famosos curtem primeira noite de Farofa da GKay em Fortaleza Cláudia Leitte agita a Farofa da Gkay em Fortaleza ao dançar até o Chão! Thiaguinho apresenta Tardezinha para 20 mil pessoas em Ribeirão Preto Sabrina Sato faz piada sobre relação com João Vicente de Castro Andressa Urach anuncia ‘pausa’ na carreira e faz desabafo na web Rio Carnaval lança álbum com os sambas-enredo de 2024 5 liberdades: bem-estar dos bovinos de corte Beija-Flor de Nilópolis homenageia colaboradores veteranos em ensaio emocionante Coccidiose: impactos na propriedade