MODELO DE SISTEMA DE PRODUÇÃO DE LEITE COM PASTEJO INTENSIVO ROTACIONADO E IRRIGADO.

Bovinocultura Bovinos Silagem

 Planejamento Agrícola.
Sistema de Produção de Leite com Pastejo Intensivo, Rotacionado e Irrigado.
Alvo de 600 Litros de Leite/dia e Implementação da Cultura de Milho (sequeiro para silagem)
 Descrição da Propriedade


Descrição do Projeto
O projeto foi desenvolvido em área total de aproximadamente 113.250,44m² que foram divididos em onze lotes, sendo:
Lote 1 (Vacas Lactantes) – Área = 10.239,43m²
Lote 2 (Vacas Lactantes) – Área = 11.116,25m²
Lote 3 (Vacas Secas) – Área = 5.472,86m²
Lote 4 (Recrias – Lactentes de 0 à 60~90 dias) – Área = 852,67m²
Lote 5 (Recrias – de 91 à 180 dias) – Área = 11.369,91m²
Lote 6 (Recrias – de 181 à 240 dias) – Área = 1.850,17m²
Lote 7 (Recrias – de 241 à 420 dias) – Área = 1.463,79m²
Lote 8 (Recrias – Aptos a Inseminar) – Área = 1.708,83m²
Lote 9 (Pré Parto) – Área = 2.319,06m²
Área 10 (Silos) – Área = 2.902,84m²
Área 11 (Cultura de Milho) – Área = 63.954,63m²
Detalhamento do Planejamento Agrícola.
A) Dessecação
Será dessecada apenas a área determinada para a cultura, por tanto, 110.347,6m², aproximadamente. Esta operação deve ser realizada com equipamento adequado (Tanque de Pulverização, acoplado a Trator) e dessecante do tipo Glifosato (Roundup) com ou sem aditivos (Ureia, redutores de pH) para melhor desempenho, conforme indicação agronômica.
Para a execução desta operação é necessário que haja umidade presente no solo e no microclima (início das chuvas) e deve ser executada preferencialmente nas horas mais frescas do dia (amanhecer) e em seu preparo, para a diluição deve ser utilizada água com PH adequado, conforme recomendações do fabricante.
O tempo estimado para toda a operação de dessecamento é de aproximadamente 3 horas.
B) Subsolagem
A subsolagem é realizada com o implemento sub-solador de uma ou mais hastes e tem por objetivo a eliminação de impedimentos físicos que comprometam o desenvolvimento da cultura.
Esta operação deve ser realizada com o solo pós “Ponto de Murcha”, com pouca umidade, pois as hastes do sub-solador necessitam estrondar as estruturas do solo em todo o perfil até a profundidade alcançada pelas mesmas (60 a 70 cm aproximadamente). Sua realização em terreno úmido apenas promove fissuras no trajeto das hastes.
A subsolagem deve ser promovida em toda área da cultura, ou seja, 110.347,6m², aproximadamente.
O tempo desta operação será de aproximadamente 23 horas.
C) Correção de Acidez do Solo-PH
A correção de acidez do solo será feita com a utilização de Calcário Dolomítico e Gesso agrícola segundo recomendação agronômica, mediante análise de solo e visa a neutralização de elementos tóxicos e para posterior favorecimento à disponibilidade dos elementos contidos nos adubos aos vegetais da cultura.
Essa operação é realizada por equipamentos apropriados (Esparramadeira de Calcário e Pá Hidráulica para recarga da Esparramadeira) acoplado a Trator.
O tempo para a realização desta operação será de aproximadamente 3 horas por cada uma de 2 etapas, totalizando 6 horas com recargas.
A primeira etapa consiste na distribuição de 50% da carga de insumos indicada por sobre o solo. E a segunda, a distribuição dos restantes 50% da carga, após a aração de tombamento da área.
D) Aração
A aração consiste no processo de inversão, por tombamento, da camada superior do solo (40 cm aproximadamente), visando a disponibilização de nutrientes e a aeração desta camada de solo.
Promovida após a “calagem” promove também a incorporação deste insumo levando-o à camadas inferiores do solo, que seriam atingidos apenas ao decorrer do tempo por percolação, agilizando assim o processo de “tamponamento” (Neutralização / Alteração de PH).
O tempo estimado para execução da Aração é de 15 horas em toda a área da cultura.
E) Gradagem
A gradagem promove o nivelamento e a incorporação de nutrientes ao solo e pode ser executada em 2 fases, a exemplo da aração.
A primeira fase visa o nivelamento do terreno arado e pode ser executada em seguida à aplicação da segunda etapa de aplicação dos insumos de correção do solo (Calcário e Gesso).
A segunda fase deve ser executada cerca de 30 dias após a primeira fase e em seguida à aplicação de adubos orgânicos visando a incorporação da matéria orgânica ao solo (O prazo de 30 dias decorre da necessidade de tempo para a reação do calcário/gesso com os íons do solo e se antecipada pode causar a indisponibilidade de nutrientes que reagirão com os insumos mencionados reduzindo seu potencial e adubação).
O tempo estimado para esta operação é de 10 horas por etapa, totalizando 20 horas.
F) Conservação de Solo: Obs.: apenas correção – opcional
A conservação de solo visa reduzir os efeitos da erosão e a manutenção da água proveniente da chuva no corpo do solo, facilitando sua infiltração.
F.1) Demarcação de Curvas de Nível
Com a utilização de equipamentos apropriados (Teodolito / Nível Óptico / Estação Total de Georreferenciamento ou Mangueira com Hastes Graduadas para Transferência de Nível) serão demarcadas as curvas de nível necessárias à conservação.
Por se tratar de cultura permanente, em solo predominantemente “médio” (teor de areia) e de topografia em desnível de aproximadamente 7 %, as curvas distanciar-se-ão 18,60 m uma da outra. Sendo que a primeira será demarcada à metade desta distância, à partir da divisa da gleba, no seu nível mais alto (seringueira) e deverão estender-se por toda a área de 110.347,6m², incluindo assim a área de plantio.
O tempo para a demarcação será de aproximadamente 24 horas.
F.2) Levantamento de Curvas de Nível
As curvas indicadas são as tipo “passante” ou de base larga, constituídas com cerca de 5 a 6 m em sua base (Jusante + Montante),”levantadas” (construídas) com equipamento apropriado (Terraceador, Arado Aiveca ou Arado de Bacia, acoplados a um Trator).
A construção deste tipo de curva de nível requer 18 movimentos, cumpridos com o equipamento.
O tempo médio para esta execução é de aproximadamente 100 m de curva por hora, totalizando 71 horas de serviço (Tempo estimado com o uso de Arado de Bacia acoplado em Trator de 75 Hp, podendo ser reduzido com o uso de outros equipamentos.)
G) Adubação de Correção
Os solos muitas vezes encontram-se em estado de menor favorecimento ao desenvolvimento das culturas por ter sua capacidade de sustentação à vida exauridos pelo uso sem reposição de nutrientes.
A adubação corretiva visa a recuperação do solo e de sua capacidade de mantença.
G.1) Adubação Orgânica
A adubação corretiva orgânica tem por objetivo a reposição de estruturas carbônicas/orgânicas no perfil do solo. Essas estruturas são responsáveis pelo melhor desempenho vegetal no aproveitamento de água e nutrientes, refazendo também a flora microbiota do solo. Além de fornecer quantidades de nutrientes que atendem parte das necessidades das plantas.
A adubação orgânica se faz necessária em toda a área de pasto, pois a necessidade deste vegetal por matéria orgânica é alta.
A recomendação é de inserção de 1 kg/m² de esterco de galinha poedeira antes da segunda gradagem, totalizando 46.392,97kg.
O tempo estimado para essa operação é de 3 horas e se faz necessário o uso do equipamento “esparramadeira de leque” (Esparramadeira de Calcário de Leque), acoplada ao trator.
G.2) Adubação Química
A adubação química de correção complementa a reposição de nutrientes e da adubação orgânica, disponibilizando no solo os nutrientes necessários às plantas.
A aplicação dos adubos químicos devem seguir a recomendação agronômica, de acordo com o resultado das análises de solo.
O tempo de aplicação estimado é de 2 horas, utilizando a esparramadeira de calcário.
H) Irrigação
Localização da Área de Projeto de Irrigação
Descrição do Projeto de Irrigação.
 O projeto é constituído de 24.859,09m², em que quatro lotes estão contidos, (Lote 1; Lote 2; Lote 7 e Lote 8), sendo que a área efetiva a ser irrigada é de 19.353,49m², em que foi dividida em 17 linhas de aspersão com variação no números de aspersores, dispostas com uma distância de 16m entre as linhas e 12m entre os aspersores.
Turno de Rega
A vazão total do sistema é de 68,2m³/h, dividida em 4 turnos de rega.
Tempo médio do turno será de 10h, e a lâmina aplicada de 2,86mm/h.
Os turnos de regas estão nominados de Turno 1 à Turno 4. Suas vazões são: Turno 1 de 18,7m³/h; Turno 2 de 18,7m³/h; Turno 3 de 14,3m³/h e Turno 4 de 16,5m³/h.
Projeto de Bebedouro.
Descrição do Projeto de Piqueteamento.
 O projeto é dividido por quatro módulos, sendo cada módulo em um Lote.
O módulo 1, localizado no Lote 1, é constituído por 17 piquetes com área de aproximadamente 384m²; o módulo 2, localizado no Lote 2, é constituído por 16 piquetes com área de aproximadamente 480m²; o módulo 3, localizado no Lote 7, é constituído por 4 piquetes com área que variam de 224m² à 268m² ; e o módulo 4, localizado no Lote 8, é constituído por 3 piquete com área de 336m².
I) Plantio
Serão plantados 03 espécies de vegetais sendo:
O tempo estimado para o plantio é de 58 horas.
I.1) Milho
A área total para o plantio de milho é de 63.954,63m, dividida em linhas de 0,9m, com 5 à 7 sementes por metro linear plantadas, totalizando aproximadamente 66.666 plantas/hectare e 419.995 plantas no total.
Objetivando uma produção de 40 toneladas de matéria original por hectare, totalizando 255,8 toneladas, ou 89.535,6 kg de matéria seca.
Deverá ser aplicada adubação de plantio conformo recomendação agronômica.
Deverão ser aplicadas adubações de cobertura conformo recomendação agronômica.
O tempo estimado para o plantio é de 9 horas.
I.2) Grama Jiggs
A área total para o plantio de milho é de 38.601,05m², dividida em 7 módulos com medidas variadas.
O plantio será feito após a montagem da irrigação, nas áreas irrigadas e segundo previsão meteorológicas de precipitação pluviométrica, com espalhamento de mudas e posterior gradagem para enterramento.
Deverá ser aplicada adubação de plantio conformo recomendação agronômica.
O tempo estimado para o plantio é de aproximadamente 8 horas.
I.3) Mombaça
A área total para o plantio de milho é de 7.792,92m², dividida em 2 módulos com medidas variadas.
O plantio será feito segundo previsão meteorológicas de precipitação pluviométrica, com espalhamento de sementes.
Deverá ser aplicada adubação de plantio conformo recomendação agronômica.
O tempo estimado para o plantio é de aproximadamente 2 horas. 
Projetos Complementares
Planta da Ordenha
Planta do Curral de Manejo
DADOS RETIRADOS DO:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *